Em cima da hora:
Projeto contra corrupção do MPF já coletou mais 31 mil assinaturas na PB
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 21/05/2020


    24.05.2020 20h30m
    Recomendar

    Sobe - CPRL por realizar campanha do agasalho para distribuir cobertores e roupas a famílias carentes de Feira de Santana.


    Desce - Presidente Bolsonaro ao prescrever o medicamento Cloroquina para o pessoal de direita, e indicando Tubaína para os da esquerda. Lamentável.


    Luto


    O ex-prefeito José Ronaldo (DEM) lamenta morte de Caboquinho. “Lamento profundamente a morte do amigo e grande repentista baiano Caboquinho. Este ilustre cidadão serrinhense, que escolheu a nossa cidade pra viver, deixa um grande legado para à arte popular do nosso estado. Meus sentimentos aos familiares e amigos, em especial aos artistas feirenses e baianos, que estão de luto neste momento”.


    Denúncia


    O vereador Isaías de Diogo (MDB) teceu críticas ao trabalho do colega Marcos Lima (DEM) como líder do governo na Casa. “Estamos cansados de sermos escanteados por Vossa Excelência, que representa a liderança do governo na Casa. Temos um bom tempo que não temos uma audiência com o prefeito”, reclamou Isaías.


    Defesa


    Para Marcos Lima, o ataque não é para ele. “Compreendo a reação dos vereadores. A Casa Legislativa merece e exige respeito, mas Vossa Excelência está tentando usar minha liderança para atingir o prefeito. Direcione ao prefeito, que é do mesmo partido do senhor, porque não lhe atendeu e não está atendendo aos vereadores. Mando a lista dos vereadores toda semana, se o prefeito não pode atender, aí já não cabe mais a liderança do governo”.


    Confirmaram


    Cadmiel Pereira (DEM) e Ron do Povo (MDB) confirmaram a dificuldade dos vereadores despacharem com prefeito Colbert Martins e destacaram a importância do Poder Legislativo e dos vereadores para boa administração de um município.


    Medição


    A Câmara Municipal de Feira de Santana começou a realizar, ontem (20), a medição de temperatura de todas as pessoas que adentram suas instalações. O objetivo é controlar a propagação do novo coronavírus, já que a febre é um dos sintomas apresentados pela covid-19.


    Zé Neto


    Em entrevista ao programa de rádio Pressão Total, na Rádio Geral, apresentado pelo radialista Amaury Junior, o deputado federal Zé Neto afirmou que “o prefeito precisa estar a disposição para alinhar ideias acerca do combate ao coronavírus. Maior que qualquer eleição, é cuidar das pessoas”.


    Zé Neto II


    Ainda no programa de rádio, Zé Neto comentou sobre os ataques que vem recebendo dos vereadores da bancada governista em Feira de Santana. “Eles estão me perguntando o que foi que eu fiz, mas eu pergunto, e eles, como legislativo, o que estão fazendo? Nós [ele e governador Rui Costa] estamos fazendo nossa parte. Está aí para todos verem”, disse.


    Cultura


    O presidente Jair Bolsonaro anunciou ontem (20), a saída da atriz Regina Duarte do cargo de secretária especial de Cultura. Em publicação em uma rede social, o presidente afirmou que ela assumirá a Cinemateca Brasileira, em São Paulo.



  • 20/05/2020


    24.05.2020 20h27m
    Recomendar

    Sobe - O presidente Jair Bolsonaro que sancionou lei que cria o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequena Porte.


    Desce - Bares de Feira de Santana, que de forma irresponsável têm realizado festas enquanto casos de coronavírus na cidade só aumentam. Pessoas que estão frequentando os bares ainda publicam fotos e vídeos em suas redes sociais.


    Feira Tênis Club


    No último dia 13, a vereadora Gerusa Sampaio fez uma indicação ao prefeito Colbert Martins que dê ao novo complexo educacional que está sendo construído no antigo Feira Tênis Club o nome do Dr. Adessil Fernandes Guimarães, que faleceu no último dia 9, aos 72 anos.


    Feira Tênis Club II


    Outra solicitação para nomeação do centro foi feita pelo vereador Rom do Povo, que solicitou ao prefeito que desse o nome do ex-secretário de desenvolvimento social, Ildes Ferreira, que faleceu em maio do ano passado. Ildes também era professor da Universidade Estadual de Feira de Santana.


    Guarda Municipal


    Cássia Dias de Jesus Santos é a primeira mulher a assumir o comando da Guarda Municipal de Feira de Santana de forma efetiva. A nova comandante espera seguir as diretrizes de seu antecessor e fazer um bom trabalho nessa missão, principalmente em tempos de pandemia que vive o município. A sua nomeação foi publicada na edição da última terça-feira, 19, no Diário Oficial Eletrônico.


    Respiradores


    Uma carga de 190 respiradores deve desembarcar na Bahia ainda nesta semana. É o que espera Fábio Vilas Boas, secretário de Saúde do Estado. A expectativa é que o primeiro lote chegue hoje (20).


    Ataque


    O Sindicato dos Policiais Federais da Bahia (Sindipol-BA) ingressou na segunda-feira (18), com uma ação de reparação pelo dano moral coletivo, a título indenizatório, contra o ministro da Economia Paulo Guedes, após ataque aos servidores públicos.


    Sem alarde


    Enquanto se repete a ladainha de que a ciência ainda não aprovou o uso da cloroquina contra Covid-19, políticos que acusavam o presidente Jair Bolsonaro de “irresponsabilidade” pela discussão pública do assunto, já adotam o uso do medicamento, mas sem anunciar, como faz o presidente.


    Heleno


    Jair Bolsonaro não foi o único integrante do Palácio do Planalto que teve um falso pedido de auxílio emergencial feito em seu nome: a Dataprev também detectou um requerimento fraudulento usando os dados de Augusto Heleno.


    Lula


    O Ministério Público Federal (MPF) sugeriu o arquivamento de um inquérito que pedia a investigação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com base na Lei de Segurança Nacional. A ação havia sido apresentada pelo ex-ministro Sergio Moro, quando estava à frente do Ministério da Justiça e Segurança Pública.



  • 19/05/2020


    19.05.2020 12h15m
    Recomendar

    Sobe - Colbert e Rui Costa pela avaliação positiva na pesquisa feita pelo Jornal Folha do Estado/Site Bahia na Política.


    Desce - A demora dos agentes financeiros para chegar a empresariado de micro, pequeno e médio porte, dos programas de financiamento do governo federal.


    Mais médicos


    Um grupo de médicos cubanos será reincorporado ao programa Mais Médicos para o Brasil. A lista com os nomes e cidades de destino foi publicada no Diário Oficial da União de ontem (18), pelo Ministério da Saúde, Feira de Santana faz parte da lista.


    Negou


    A ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, opôs embargos de declaração contra decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que negou pedido de prisão domiciliar à magistrada.


    Collor


    O ex-presidente Fernando Collor pediu desculpas aos brasileiros pela medida econômica do seu governo em que confiscou as cadernetas de poupança por 18 meses, em 16 de março de 1990, como parte do Plano Collor. O pedido de “perdão” aconteceu através das redes sociais, na manhã de ontem (18), após 30 anos do ocorrido.


    Novo Ministro


    Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) sinalizou a aliados durante o final de semana que deve demorar a indicar o novo ministro da Saúde, depois do pedido de demissão do oncologista Nelson Teich, na última sexta-feira (15).


    Recesso parlamentar


    Diferente dos últimos anos, o Legislativo brasileiro não terá recesso parlamentar no mês de julho de 2020. A decisão foi tomada em reunião de líderes ontem (18), e anunciada pelo presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM) através de publicação no Twitter.

     

    PT


    Apesar de Lula não enxergar possibilidade de pedido de impeachment avançar no Congresso neste momento, o ex-presidente quer que o PT endosse um pedido de afastamento de Jair Bolsonaro.


    TSE


    Às vésperas de assumir a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Luís Roberto Barroso requisitou informações sobre como outros países têm lidado com as eleições durante a pandemia. O pedido foi feito ao futuro assessor internacional do Supremo Tribunal Federal (STF), José Gilberto Scandiucci.


    Provas


    O empresário e suplente ao Senado, Paulo Marinho, afirmou que tem provas das acusações que fez ao jornal Folha de S.Paulo. De acordo com entrevista publicada no último domingo (17), o senador Flávio Bolsonaro soube com antecedência da Operação Furna de Onça, deflagrada em dezembro de 2018 pela Polícia Federal, e tinha como alvo o assessor parlamentar Fabrício Queiroz.



  • 16/05/2020


    19.05.2020 12h11m
    Recomendar

    Sobe - Ministro Teich, que não submeteu a sua história à imposição do presidente que queria que ele indicasse um remédio para malária, na tentativa de debelar a COVID-19.


    Desce - Entes públicos ligados a saúde que teimam em desviar o dinheiro público nas compras sem licitação, amparados pela emergência, mesmo num momento crucial para a saúde dos brasileiros.


    Vereadores


    Pesquisa para consumo interno do Jornal Folha do Estado/Bahia na Política indica que sessenta e sete, nove por cento (67,9%) de uma entrevista com mil eleitores, ainda não tem o nome do seu candidato a vereador. Pode parecer que o tempo restrito por imposição da pandemia pode estar influindo com essa diminuta escolha dos candidatos, não é verdade. Na eleição de quatro anos atrás, nesse período, apenas quarenta por cento, aproximadamente dos eleitores já tinham definido o seu candidato. Isso indica que não precisa se desesperar, o período de decisão é mesmo á partir de meados do mês de julho.


    Doutor Bolsonaro


    Em menos de um mês o Brasil tem seu segundo ministro da saúde antes do pico da pandemia. O médico Nelson Teich com vasto currículo na área médica pediu demissão do cargo por não aceitar que o presidente da república, Jair Bolsonaro prescrevesse para ele o remédio dos sonhos do presidente, a cloroquina, para que ele, Teich “indicasse” para todos os pacientes com COVID-19, mesmo no início dos sintomas.


    ACM Neto


    O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) se pronunciou após o pedido de demissão do ministro da saúde, Nelson Teich. “A política não pode prevalecer sobre a ciência quando se trata da vida dos brasileiros”, afirmou Neto. Segundo ele, ficou evidente que a saída do ministro aconteceu por falta de condições para que ele pudesse conduzir o seu trabalho de forma técnica, priorizando a ciência ao invés de política.


    Rui Costa


    O governador da Bahia Rui Costa se pronunciou sobre a saída do ministro da saúde, Nelson Teich. Em uma publicação em sua rede social no Twitter, Rui pediu “respeito à vida, à medicina e à ciência”. Rui disse que é inaceitável a saída do segundo ministro em menos de um mês de nomeação. “Inaceitável”.


    Vilas-Boas


    O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, se pronunciou sobre a exoneração de Nelson Teich do Ministério da Saúde, no início da tarde de sexta-feira (15). Vilas-Boas está no interior da Bahia em missão de combate à pandemia do coronavírus. “Estamos trocando generais no meio da batalha”, escreveu Vilas-Boas ao lamentar sobre mais uma mudança no governo de Bolsonaro. Ele foi informado pela equipe sobre a demissão do ministro.


    Psiquiatra


    O senador Otto Alencar, líder do PSD no Senado, criticou o presidente Jair Bolsonaro por causa da saída de Nelson Teich do Ministério da Saúde. “Um homem de bem, honrado, digno, com altivez não aceita ter a fraqueza de ser ministro de Bolsonaro. Quem aceita ser ministro de Bolsonaro é fraco”, disse Otto, acrescentando que Bolsonaro “não respeita ninguém”. O senador ainda recomendou um tratamento psiquiátrico a Bolsonaro, o chamando de “despreparado” e “psicótico”.


    Mandetta


    Poucos minutos após surgir a informação da saída de Nelson Teich do Ministério da Saúde, o ex-ministro da pasta, Luiz Henrique Mandetta, usou o Twitter para se manifestar. Ele pediu orações, ciência e paciência. “Oremos. Força SUS. Ciência. Paciência. Fé! #FicaEmCasa”, escreveu.


    Turismo


    O Ministério do Turismo decidiu liberar linha de crédito de empréstimo fácil para bares e restaurantes com juros de menos de 1% ao mês e até 12 meses de carência para pagar. Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o anúncio feito pelo chefe da pasta, Marcelo Álvaro Antônio, levou novo alento para o setor, que foi pego em cheio pela crise do novo coronavírus (Covid-19).



  • 15/05/2020


    19.05.2020 12h09m
    Recomendar

    Sobe - Grandes empresas brasileiras pelo ato voluntário de solidariedade contribuindo com recursos para hospitais, e distribuição de alimentos e materiais de limpeza, em todo país, nesse momento de crise com a COVID-19.


    Desce - Presidente Bolsonaro que decretou o fim das reuniões coletivas com ministros para que não apareçam os palavrões que são dados durante essas reuniões.


    Sintonia


    Os prefeitos de Feira de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), e de Salvador, ACM Neto (DEM), estiveram juntos na última terça-feira, pela manhã, na capital baiana. E pela manifestação de ACM Neto, na entrega de um espaço para atendimento ao COVID -19 demonstrou que os dois estão em sintonia no combate ao novo Coronavírus. E parece que a sintonia é na política também.


    Dinheiro


    Está previsto para ser apreciado segunda-feira (19), na Câmara Municipal de Feira de Santana, requerimento de iniciativa do vereador Roberto Tourinho (PSB), que pede informações de como está sendo gasto o dinheiro do combate ao novo Coronavírus.


    Previsão


    O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), em entrevista dia 4 passado, anunciou que entre hoje e amanhã, o Município entraria em colapso no sistema de saúde, com a saturação dos leitos clínicos destinados a atender pacientes infectados pelo novo Coronavírus. Os últimos números do Governo do Estado dão conta que nas UTIs menos de 60% e 40% dos leitos clínicos estão ocupados. Ou seja, bem distante do alarde feito pelo prefeito.


    Bahia


    O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, lamentou o uso da camisa do Tricolor baiano feito pelo presidente Jair Bolsonaro, durante um passeio de jet ski, no último final de semana. O dirigente afirmou que apesar de não ter sido um momento bom para “expressar o amor pelo time”, não pode condenar o militar nem impedir que ele vista a camisa.


    Cédulas


    O Banco Central (BC) antecipou para este mês pedido de produção de cédulas, no valor de R$ 9 bilhões, para a Casa da Moeda. Essa produção já estava prevista na programação anual, mas a antecipação foi necessária para evitar a falta de cédulas. Desde o início da pandemia de covid-19, o BC observou que há “entesouramento” do dinheiro no país.


    Ciro Gomes


    O ex-ministro Ciro Gomes atacou o ex-ministro da Justiça Sergio Moro ao comentar as recentes declarações sobre conversas particulares com Bolsonaro em supostas indicações para cargos de chefia na Polícia Federal.


    Peladão


    O presidente Jair Bolsonaro realizou uma videoconferência com empresários ontem (14), para tratar sobre o rumo da economia no país. Contudo, uma situação muito inusitada aconteceu durante o encontro online. O presidente teve que interromper a reunião para comunicar que um dos participantes estava aparecendo sem roupa, enquanto tomava banho.


    Mal


    O vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, afirmou que vê o país a caminho do caos e que não enxerga outro lugar no mundo que esteja “causando tanto mal a si mesmo como o Brasil”.



  • 14/05/2020


    14.05.2020 10h43m
    Recomendar

    Sobe - Coelba por dar isenção total de pagamento a 136 mil famílias carentes.


    Desce - A indecisão do Clériston Andrade e polícia técnica sobre conduta para liberação de corpos com suspeita de COVID-19.


    Animais


    Em discussão na manhã de ontem (13), da Câmara Municipal, o projeto foi de autoria do vereador Isaías de Diogo (MDB) para tornar obrigatória a permissão de animais domésticos nos shoppings e afins. O projeto foi aprovado, mas antes, virou polêmica. Isso, porque alguns edis da casa, como o vereador Lulinha (DEM) e Marcos Lima (MDB) afirmaram ser desnecessária a matéria em tempos de pandemia, e que era inviável, já que coloca em risco a segurança da sociedade.


    ENEM


    A vereadora Eremita Mota (PSDB) refletiu sobre a data de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e concluiu que os estudantes da rede pública podem ser prejudicados. Ela lembrou que o Ministério da Educação decidiu manter o calendário do exame, que terá as provas impressas aplicadas em 1º e 8 de novembro e as provas digitais em 22 e 29 do mesmo mês.


    Impeachment


    O senador Angelo Coronel (PSD) afirmou ontem (13), que o Senado não tem clima para votar um eventual processo de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Para o parlamentar, a Casa precisa estar voltada para enfrentar a pandemia do novo coronavírus, doença que já deixou mais de 12 mil mortos no país.


    Reuniões ministeriais


    O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), anunciou ontem (13), o fim das reuniões ministeriais. A decisão de Bolsonaro acontece após o uso da gravação de um encontro em inquérito de investigação. Na última reunião, feita na última terça (12), Bolsonaro não permitiu nenhuma gravação e adiantou que não faria mais os encontros.


    Isolamento


    O presidente Jair Bolsonaro, voltou a se pronunciar a respeito do isolamento social. Mesmo com mais de 12 mil mortes pela doença, o presidente, em tom irritado, voltou a insistir que a população volte a trabalhar normalmente. “Quando ele chega em casa e vê o filho chorando de fome porque não tem como vender um churrasquinho na praça, vender um biscoito na praia, ele se desespera, porra. É uma pessoa que tá perdendo a razão... Vamos esperar chegar nesse ponto para reagir? O povo tem que voltar a trabalhar. Quem não quiser trabalhar, fica em casa, p*. Ponto final”, disse.


    Reunião


    O presidente Jair Bolsonaro, ministros, assessores e até a Advocacia-Geral da União (AGU) assistiram muitas vezes ao vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril antes dele ser entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo a colunista Bela Megale, do jornal O Globo, a intenção era “garantir” que o presidente não falou nada que pudesse incriminá-lo.


    Cloroquina


    O presidente Jair Bolsonaro disse ontem (13), que vai conversar com o ministro da Saúde, Nelson Teich, para incluir o uso da cloroquina, e seu derivado hidroxicloroquina, no protocolo de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de pacientes com sintomas leves de covid-19.


    Exonerada


    A esposa do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, Rosangela Moro, foi dispensada do cargo de representante titular da sociedade civil que ocupava no programa Pátria Voluntária, do governo federal. O posto não era remunerado e a portaria que a dispensou foi publicada na quarta-feira (13), pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, no Diário Oficial da União (DOU).



  • 13/05/2020


    14.05.2020 10h39m
    Recomendar

    Sobe - O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que afirmou na manhã, de ontem, que vai anunciar “muito em breve” reduções na taxa de juros do banco público.


    Desce - A secretaria de saúde do governo do estado que comprou respiradores chineses, nos Estados Unidos, cuja sede é um boteco pintado de preto, roxo e amarelo. Ainda não chegou no Brasil.


    Astronauta


    O vereador Isaías de Diogo (MDB) se apresentou ontem, na Câmara, todo paramentado para o enfrentamento a COVID-19. O rigor foi tanto que ele parecia mais um astronauta preparado para uma viagem espacial. Ficou bonitinho.


    Radar


    Tem um pessoal em um grupo de Whatsapp que a moda agora é subtrair os pronunciamentos de vereadores, descobrir as mancadas, e de forma engraçada fazer circular na rede. Tem alguns imperdíveis, que certamente ficarão no anedotário da política da cidade por uma eternidade. Se policia, pessoal.


    Candidata


    A deputada federal Dayane Pimentel (PSL) depois de ter se elegido em 2018 no partido e sob mentoria de Jair Bolsonaro (Sem Partido), já está contra o presidente há algum tempo. Agora Dayane diz que o impeachment de Bolsonaro poderá acontecer por ele estar intelectualmente e emocionalmente incapacitado para governar. Disse também que ainda é candidata a prefeitura de Feira.


    Trânsito


    O Governo do prefeito Colbert Martins (MDB) vai desviar o trânsito da Rua Pedro Américo de Brito para a Rua São João, no bairro do Tomba, no trecho da feira livre, nos fins de semana. A iniciativa é mais uma das ações da administração municipal para o combate e prevenção contra o coronavírus (Covid-19) e visa viabilizar o reordenamento do local, possibilitando maior distanciamento entre as barracas dos feirantes.


    Não vale


    O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), afirmou que o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ampliando os serviços considerados essenciais, ou seja, que não podem ser fechados durante a pandemia de novo coronavírus, “não vale nada”. “Salvador não irá acatar esse decreto. Nós, não vamos acatar”, disse o democrata.


    Autoritarismo


    O presidente Jair Bolsonaro, ameaçou os governadores que anunciaram a manutenção de medidas restritivas sobre academias, barbearias e salões de beleza. “Afrontar o estado democrático de direito é o pior caminho, aflora o indesejável autoritarismo no Brasil”, escreveu em seu Twitter.


    Fundo de reservas


    A Câmara dos Deputados aprovou ontem (12), por unanimidade em votação simbólica, a extinção do Fundo de Reservas Monetárias (FRM) administrado pelo Banco Central (BC) e o repasse de seus recursos, cujo valor é estimado em R$ 8,6 bilhões, para a Conta Única da União para se usado no combate à pandemia do coronavírus.


    Desaprovação


    A desaprovação ao desempenho pessoal do presidente Jair Bolsonaro e a avaliação negativa do governo registraram um salto em maio, mostrou pesquisa do instituto MDA para a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) divulgada ontem (12). De acordo com o levantamento, a avaliação ruim ou péssima do governo subiu para 43,4%, ante 31% registrados em janeiro deste ano.



  • 12/05/2020


    12.05.2020 12h40m
    Recomendar

    Sobe - A organização na campanha de vacina contra a gripe.


    Desce - Pessoas que fizeram jogo de futebol em tempo de pandemia da covid-19.


    Descaso


    Com quadro de 11.253 mortes provocadas pela Covid-19 e 164.384 casos confirmados até ontem (11), o vereador Edvaldo Lima (MDB) subiu à tribuna da Casa da Cidadania para dizer que a imprensa está causando terrorismo no caso, e as pessoas devem voltar às suas rotinas. “Vá trabalhar”, disse o edil, que ao realizar o pronunciamento, não usava a máscara, como recomendado pela Organização Mundial de Saúde. Feira de Santana também já decretou uso obrigatório de máscara.


    Churrasco e Jetski


    O vereador Isaías de Diogo (MDB) não ficou calado ao ouvir o pronunciamento de Edvaldo, e rebateu o vereador. “A imprensa não está fazendo terrorismo, está divulgando os casos que estão acontecendo. As pessoas estão morrendo, são eles que estão andando de jetski e fazendo churrasco?”, questionou Isaías.


    Responsabilidade


    Isaías pediu de Edvaldo responsabilidade, “A COVID-19 não é brincadeira, me economize, vereador Edvaldo Lima. Vamos ser responsáveis, porque não são nossos entes queridos, mas muitas pessoas estão chorando e sofrendo por causa do coronavírus”, clamou o edil.


    Exoneração


    O secretário Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Vladimir Passos de Freitas, foi exonerado pelo governo federal. A mudança foi assinada pelo ministro chefe da Casa Civil, Braga Netto, e publicado no “Diário Oficial da União”, de ontem (11). A publicação não diz quem deverá substituir Freitas.


    Leilões


    A agenda dos leilões de concessão de ativos no setor de infraestrutura para 2020 será mantida, apesar da crise causada pelo novo coronavírus, informou ontem (11), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, durante reunião de videoconferência online com investidores.


    Dólar


    O dólar operou em alta concentração contra o real ontem (11), o menor apetite por risco no exterior em um cenário agravado pela permanência de incertezas no campo político brasileiro. Às 10h08, o dólar avançava 0,87%, uma venda de 5.7898 reais. Na B3, o dólar futuro tinha alta de 0,69%, a 5.790 reais.


    Livro


    A advogada Rosangela Moro, esposa do ex-ministro Sergio Moro, planeja terminar em dois meses, o livro no qual conta a história do ex-juiz federal, no governo de Jair Bolsonaro. Moro deixou o Ministério da Justiça, em 24 de abril, após alegar pressão para trocar, sem justificativa, o diretor-geral da Polícia Federal.



  • 09/05/2020


    10.05.2020 20h54m
    Recomendar

    Sobe - Filhos que se reinventam para homenagear as mães mesmo estando distantes e isolados por conta da pandemia.


    Desce - Presidente Jair Bolsonaro por fazer festa em plena pandemia da Covid-19 quando as recomendações das autoridades de saúde é de isolamento social.


    IPTU


    Com informações do secretário da fazenda, Expedido Eloi, o site Bahia na Política apurou que a Prefeitura Municipal de Feira de Santana já tem os números financeiros do IPTU entre os meses de março e abril, período de maior arrecadação do tesouro municipal, com o advento da pandemia da Covid-19. Foram arrecadados R$ 453.757.99 em março R$ 27.007.716,53, em abril, um total de R$ 27.461.474,52. Em 2019, no mesmo período, a arrecadação total foi R$ 39.207.125,00.


    Rui Costa


    O governador Rui Costa (PT) afirmou ontem (8), que o pior mês no combate ao coronavírus será maio. Para o petista, após o começo de junho, o país já deve começar a voltar a planejar a volta à normalidade. “O pior mês vai ser o mês de maio e a primeira semana de junho. Se ultrapassarmos esse momento, vamos começar o planejamento da volta à normalidade, a geração de empregos. Vamos evitar o contato social, esse é o remédio agora”, disse.


    Fake News


    O Governo do Estado esclarece que um vídeo compartilhado em redes sociais e no qual aparece o governador Rui Costa, acompanhado por uma comitiva de empresários chineses, sendo cumprimentado pelo cantor Bell Marques, foi gravado no carnaval de 2017. Nas imagens, registradas em um dos circuitos da festa, o cantor faz menção sobre o Estado estar preparado para combater o zika vírus e não o novo coronavírus, como dizem as postagens que estão circulando no whatsapp, twitter e outras redes sociais. Cabe também ressaltar que o vírus da Zika é transmitido pela picada do mosquito Aedes Aegypti, por isso a festa popular foi mantida naquele ano.


    Centrão


    O pedido de aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para que o Supremo Tribunal Federal (STF) determine a deposição do senador Angelo Coronel (PSD) da presidência da CPMI das fake news escolheu hora e local. Na avaliação de fontes de Brasília, a recente aproximação do centrão com o Planalto dará condições para que o grupo a favor do presidente forme maioria na eventual escolha de um novo presidente da comissão, caso a Justiça determine o afastamento de Coronel.


    Moro


    Ex-juiz e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro foi convidado para dar aulas em universidades no Brasil e no exterior. Um dos convites surgiu do Centro Universitário de Brasília, o UniCeub, que planeja início das aulas para quando a pandemia do novo coronavírus passar. Nos EUA e na Argentina, instituições também querem o ex-magistrado ministrando aula.


    AGU


    A Advocacia-Geral da União (AGU) pediu hoje (8), que o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), reconsidere a decisão que suspendeu o decreto de nomeação e a posse do delegado Alexandre Ramagem como novo diretor-geral da Polícia Federal (PF) no mês passado. Ao suspender a nomeação, Moraes atendeu a um pedido feito pelo PDT por meio de um mandado de segurança.


    Saúde


    O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu, ontem (8), que academias fossem reabertas “porque o exercício físico melhora a saúde das pessoas”. Bolsonaro ouviu o pedido de um apoiador, professor de educação física, e concordou com o apelo feito. “Saúde não é vida? Porque as academias estão fechadas?”, questionou.


    Habeas corpus


    O superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou pedido de habeas corpus preventivo de um servidor público para derrubar a obrigação de uso de máscaras no Distrito Federal. No entendimento do autor da ação, a obrigação do uso de máscara causaria interferência no direito de ir e vir da população, estabelecido pela Constituição.



  • 08/05/2020


    10.05.2020 20h45m
    Recomendar

    Sobe - Campanha que estimula a compra em pequenos comércios em Feira de Santana.


    Desce - A população que ainda não entendeu a gravidade de contrair o vírus e permanece em locomoção permanente.


    Credenciamento


    O prefeito Colbert Martins (MDB) cobrou do Governo do Estado o credenciamento de laboratórios do Município para fazer testes da Covid-19. Colbert ressaltou que a gestão feirense tem feito o controle de todos os exames.


    Reabertura


    O vereador Luiz da Feira (Pros) defendeu na Câmara Municipal de Feira de Santana a abertura dos shoppings e galerias no Município. Alega que só no shopping Boulevard são 3 mil funcionários parados e o que é mês das mães, período em que o comércio está aquecido.


    Clériston II


    O vereador e líder do DEM na Câmara Municipal, Lulinha (DEM) cobrou do deputado federal Zé Neto (PT) quando o Governo do Estado vai entregar à população o Hospital Clériston Andrade II. Lulinha alega que o povo está precisando.


    Wagner


    O senador Jaques Wagner (PT) voltou a afirmar que não descarta se lançar numa candidatura ao governo do Estado em 2022, embora defenda uma renovação nos quadros políticos da base petista, com nomes “da idade” de Rui Costa, seu sucessor após oito anos, no Palácio de Ondina, entre 2006 e 2014.


    Transparência


    O governador Rui Costa (PT) anunciou a criação e instalação de um Comitê da Transparência para fiscalizar os atos estaduais relacionados a compra de equipamentos, contratação de profissionais e outras ações relacionada ao combate da Covid-19 na Bahia. Fazem parte do comitê a Procuradoria Geral de Justiça do Estado e o Tribunal de Contas.


    Dossiê


    Ainda na Secretaria de Cultura do governo bolsonaro, a atriz Regina Duarte deve ganhar uma oposição forte nas próximas semanas. Isso porque aliados do presidente prepararam um dossiê contra a artista.


    Cobrança


    Acompanhando de ministros e empresários, o presidente Jair Bolsonaro fez ontem (7), uma visita ao Supremo Tribunal Federal. Na corte, foi pedir ajuda para que restrições determinadas no combate ao novo coronavírus fossem diminuídas. Segundo o G1, Toffoli destacou que as medidas foram recomendadas por autoridades sanitárias e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).


    Auxílio


    O pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 deve começar a ser pago na próxima semana. A informação foi anunciada ontem (7), pelo ministro Onyx Lorenzoni (Cidadania). O cronograma deve ser publicado até esta sexta (8).



  • 07/05/2020


    07.05.2020 10h09m
    Recomendar

    Sobe - A imprensa brasileira que desobedece o presidente Jair Bolsonaro na ordem que ele tentou impor: “Cala a boca!”. Ninguém calou.


    Desce - A prefeitura de Feira ao tentar contratar através de licitação engenheiros e arquitetos, por nove milhões/ano, apesar de ter nos quadros, 41 desses profissionais.


    MDB na Câmara


    O vereador Edvaldo Lima (MDB), ainda reclama da indicação do seu colega Gilmar Amorim para vice-liderança do MDB na Câmara, Amorim nada diz, e Edvaldo insiste. Para dar suporte a sua intenção, Edvaldo diz “Eu sou vereador de dois mandatos”.


    Ataque


    Depois de dez dias calado, o deputado estadual Targino Machado (DEM), postou mais um vídeo atacando o prefeito Colbert Martins (MDB). Usou como tema a saúde de Feira de Santana e o coronavírus.


    Silêncio


    O ex-prefeito José Ronaldo (DEM) se recolheu de forma mais profunda, o silêncio que sempre o acompanhou, quando se trata de tomar decisões. ACM Neto, líder do partido na Bahia, e do Brasil, já declarou desde dezembro que o seu candidato em Salvador é Bruno Reis. Em Feira de Santana, Ronaldo deixa Colbert e Targino Machado angustiados pelo resultado da decisão do líder local do DEM.


    Adivinhando


    Os vereadores da Câmara que fazem parte do grupo apenas exclamam “Até quando, meu Senhor, até quando?”. E sem terem respostas, ficam fazendo jogo de adivinhação. Uns dão como certo apenas a candidatura de Justiniano como vice de qualquer um. O difícil é acreditar, que a Secretaria de Serviços Públicos, que cuida do lixo, podas de árvore e coleta de entulhos, esteja vaga para ser cedida a algum partido político hostil.


    Tertius


    Ainda tem gente que fica torcendo para que o vice seja o ex-deputado Fernando de Fabinho, e ainda outros, que apostam que Fernando de Fabinho está guardado por Ronaldo como o tertius que servirá como o terceiro nome na tentativa de afastar Colbert e Targino. Fernando já chegou a dar entrevista, dizendo que está a disposição do partido.


    Chateada


    Incomodada, a vereadora Neinha Bastos subiu a tribuna ontem, para criticar o novo superintendente de Transportes e Trânsito, Euclides Arthur. “Como é que a pessoa assume um cargo tão importante e não nos procura, não vem à Câmara de Vereadores para se apresentar e se colocar à disposição? Quando as pessoas querem reclamar sobre algo relacionado à pasta, vem aqui, atrás de nós. É preciso ter parceria”, disse.


    Adiamento


    O governador Rui Costa (PT) declarou que seria prudente o adiamento das eleições municipais por 30 dias, por conta da pandemia de coronavírus. Rui condenou a prorrogação do mandato, mas defendeu o adiamento dentro do próprio período eleitoral. Pela sua proposta, seria o primeiro turno em novembro e o segundo em dezembro.


    Lealdade


    O grupo petista poderia não ter o senador Otto Alencar (PSD) em seus quadros, da forma que foi em 2010, quando saiu candidato a vice do então governador Jaques Wagner. Em entrevista, o parlamentar explicou que, àquela altura, devia lealdade a Antônio Carlos Magalhães. Como ACM já não estava mais vivo, Otto aceitou a disputa.


    Caminhos


    Ainda segundo Otto: “Se em 2010, quando Wagner me convidou para ser convidado a vice com ele, e Antônio Carlos estivesse vivo, eu não aceitaria, porque eu só devia satisfações a Antônio Carlos”, disse. Depois de 20 anos, ao lado de ACM, Otto fechou seu ciclo no carlismo para atuar no Tribunal de Contas dos Municípios, em 2004. Três anos depois, em 2007, ACM faleceu. Naquela época, ele lembrou que todos os seguidores do político seguiram um caminho, e não seria diferente com ele.



  • 06/05/2020


    07.05.2020 10h07m
    Recomendar

    Sobe - Voluntários que servem lanches para pessoas que estão nas filas da Caixa Econômica em busca do auxílio emergencial.


    Desce - O alto índice de homicídios em Feira de Santana, mesmo em tempo de isolamento social.


    Ônibus


    O vereador Zé Filé (PSD) criticou a redução da frota de ônibus nos bairros da cidade. “Tinha um micro-ônibus rodando na Gabriela, tiraram e agora tem só o ônibus do Jardim Cruzeiro para atender aos dois bairros. Secretário, o senhor está abusando da autoridade e ainda quer perseguir o ligeirinho. Como querem conter o ligeirinho se não tem ônibus suficiente e eficiente para atender à população?”, disse.


    Wagner


    O senador Jaques Wagner (PT) voltou a criticar o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). Em seu perfil no Instagram, o petista afirmou que “ao produzir crises institucionais diárias e acenar constantemente para o autoritarismo, o presidente fragiliza cada vez mais a nossa democracia”.


    Fraude


    O juiz José Vidal Silva Neto deu 5 dias para que o presidente Jair Bolsonaro apresente as supostas provas de eventual fraude nas eleições de 2018. O despacho foi feito nessa segunda-feira (4).


    Repercussão

     

    O presidente Jair Bolsonaro é o terceiro líder mais citado do G7 na cobertura sobre o coronavírus na mídia internacional, segundo análise do Sistema Analítico Bites. No período de 1º de março a 4 de maio de 2020, o mandatário brasileiro ficou atrás apenas de Donald Trump (Estados Unidos) e Boris Johnson (Reino Unido).


    PSOL


    Sempre que possível o Psol tentará nacionalizar as discussões nas eleições municipais de 2020 e “criar uma clivagem muito clara e evidente entre quem apoia e quem é contra o governo Bolsonaro”. As declaração foram feitas pelo o presidente do partido, Juliano Medeiros.


    Ajuda


    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) defendeu a aprovação da proposta de ajuda aos entes federados durante a pandemia do novo coronavírus, como veio do Senado com apenas duas emendas de redação. “Se ficarmos nesse ping-pong os prejudicados serão os brasileiros que precisam do atendimento de estados e municípios”, disse.


    Louças


    O Senado pretende gastar R$ 355 mil com pratos, xícaras e bandejas refinados, segundo a coluna de Guilherme Amado, da revista Época. O pregão eletrônico será hoje (6). O contrato valerá por um ano. De acordo com a publicação, as louças, de porcelana fina e cor branco esmaltado, devem ter a marca do Senado em “dourado e alto brilho”.


    Regina Duarte


    Secretária da Cultura do governo Bolsonaro desde o início de março, a atriz Regina Duarte mostrou preocupação quanto a sua permanência no cargo em conversa com uma assessora. A revista Crusoé teve acesso ao diálogo. Nele, Regina diz que o presidente Jair Bolsonaro está lhe dispensando após reconduzir Dante Mantovani à Presidência da Funarte.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia