Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 22/11/2016


    Sobe - Congresso realizado por jovens cristãos no Tomba por espalhar mensagem de paz e esperança para Feira e região


    Desce - Fechamento de agências bancárias na cidade por reduzir número de atendimento a clientes


    Consciência


    O vereador Welligton Andrade (PSDB) em seu discurso na sessão desta segunda (21) falou sobre respeito às religiões, fez uma breve reflexão sobre o dia da consciência negra, comemorado no domingo (20) e aproveitou para pedir mais respeito ao vereador Edvaldo Lima (PP), afirmando que não está na Câmara para discutir religião. “Denunciemos na barra da justiça aqueles que são preconceituosos. Fiquei feliz em ver Feira comemorando este dia importante, abaixo qualquer tipo de preconceito e intolerância”, concluiu.


    Crítica


    Em parte, durante o discurso do vereador Welligton Andrade (PSDB), o vereador Edvaldo Lima (PP) mais uma vez criticou a classe homossexual. Ele afirmou que temas referentes a sexualidade, como Parada Gay e ideologia de gênero não podem ser ligados a religião. “Não venham me dizer que Parada Gay é religião, pois não é, ideologia também não. E não me digam que uma criança nasce sem sexo, pois é mentira do diabo”, esbravejou.


    Centrão


    Os partidos contrários à reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara dos Deputados discutem nesta terça-feira (22) quais nomes serão lançados para o pleito de fevereiro. Membros do chamado centrão devem se reunir na casa de Jovair Arantes (PTB-GO), um dos postulantes ao cargo. Já o PT e o PCdoB também devem se reunir para definir um candidato. De acordo com a coluna Painel, da Folha, há uma ala do PSDB disposta a retirar o apoio a Maia e também lançar um candidato próprio. O PMDB, por sua vez, mantém o apoio à candidatura do democrata.


    Omissão


    O governador Rui Costa preferiu não se posicionar sobre as denúncias contra o ministro baiano Geddel Vieira Lima, acusado de interferir no andamento de licenciamento da construção do empreendimento La Vue, na Ladeira da Barra. “Eu prefiro não entrar nessa polêmica. Isso aí é debate entre dois ministros e os órgãos competentes vão atuar. Eu prefiro continuar trabalhando.


    Aprendiz


    Após ter seu nome cogitado para a corrida presidencial em 2018, o empresário Roberto Justus admitiu ontem (21) que pode sim vir a se candidatar. “Depois do Donald Trump e do João Doria todo mundo que fez o reality show Aprendiz virou candidato. Eu não admitia nem a possibilidade, porque eu não sou político. Mas já não descarto. Se for bom para o País, eu posso sim ser candidato”, afirmou, em entrevista à Coluna do Estadão, do jornal O Estado de São Paulo.


    Adiamento


    A Comissão de Ética Pública da Presidência da República adiou a decisão sobre se irá abrir processo para investigar a conduta do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB), no episódio que culminou na demissão de Marcelo Calero do comando do Ministério da Cultura. O adiamento ocorreu em razão de um pedido de vista (mais tempo para analisar o caso) de um dos integrantes da comissão.


    Geddel


    O presidente Michel Temer decidiu manter no cargo o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, informou ontem (21) o porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola. Nesta segunda-feira, a Comissão de Ética Pública da Presidência adiou a decisão sobre a abertura de processo para apurar se Geddel violou o código de conduta federal ou a Lei de Conflito de Interesses (Lei nº 12813) ao procurar o então ministro da Cultura, Marcelo Calero, para tratar de um assunto de seu interesse pessoal. A maioria dos membros da comissão já havia votado a favor da abertura do processo.


    Casa Branca


    O presidente eleito americano, Donald Trump, assumirá o cargo no dia 20 janeiro, mas sua esposa Melania Trump e seu filho Barron, de 10 anos, se mudarão para a Casa Branca apenas no fim do primeiro semestre, quando se encerra o ano escolar nos Estados Unidos. A informação foi confirmada pela equipe de transição de Trump no domingo (20), no clube de golfe do presidente eleito, durante um dia de reuniões com potenciais membros do novo governo.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia