Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 16/02/2016


    Sobe - a Força-Tarefa para combater o Aedes Aegypti no Brasil inteiro.

     

    Desce - a lentidão na emissão do cartão Via Feira para os estudantes.

     

    O retorno


    O Secretário de Agricultura Wellington Andrade deve se afastar da secretaria para retornar à Câmara de Vereadores de Feira. O edil não disputaria a reeleição, mas ontem (15) entrevistado por Framário Mendes, no programa Primeira Página, anunciou que poderia disputar a eleição em 2016. O retorno do vereador enseja a saída de Lulinha (PEN), que é segundo suplente da Câmara. 

     

    Candidatos

     

    É bom que se explique que os partidos que estão compondo as suas chapas, com pré- candidatos a vereadores em Feira de Santana, que já obtiveram ou tem perspectiva de terem menos de 800 votos na próxima eleição, não conseguirão fazer quociente eleitoral. Qualquer candidato de qualquer partido só poderão se eleger, mesmo nos partidos de pouca votação, se obtiverem mais de 1500 votos, que corresponde a cerca de 10% dos votos do quociente. Quem falar algo diferente disto é enganação. 

     

    Tempo quente


    Hoje (16) começam as sessões ordinárias na Câmara de Vereadores. Sendo ano eleitoral, não se espera tempo frio nas sessões. Os oposicionistas vão se agigantar nas queixas e os governistas, como canibais, vão partir para cima dos próprios correligionários, nesse segundo caso, na conquista de cabos eleitorais. Até os que não têm pressão alta, terão.

     

    Rede


    Um membro do diretório local do Rede, partido da ex-senadora Marina Silva, me confidenciou que em Feira de Santana o partido marchará coligado de forma majoritária e na proporcional com o PSB, que terá como candidato a prefeito, o suplente de deputado Ângelo Almeida. O Rede conta até o momento com nove pré-candidatos a vereador e pretendem chegar a 15.

     

    Encontro com o presidente


    Acontecerá amanhã (17), às 7h30, na sala de reuniões do Prédio Anexo da Câmara Municipal de Feira de Santana, a primeira edição do Encontro com o Presidente do exercício de 2016. O objetivo do Encontro é uma aproximação maior entre o presidente do Poder Legislativo, Reinaldo Miranda - Ronny (PSDB) e a imprensa feirense, especialmente os profissionais de comunicação que cobrem as atividades legislativas. Em edições anteriores, o encontro contou com ampla participação de profissionais da imprensa, que promoveram debates, apresentaram sugestões e tiraram dúvidas a respeito dos mais diversos assuntos pertinentes ao Legislativo feirense.

     

    Retomando os trabalhos


    O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, Vereador Reinaldo Miranda - Ronny (PSDB), presidiu os trabalhos na primeira sessão do ano, dando abertura oficial aos trabalhos Legislativos de 2016. A sessão ordinária de hoje foi suspensa por conta do falecimento do ex-secretário municipal e ex-vereador Hosannah de Oliveira Leite Figueiredo, falecido neste domingo (14).

     

    Retomando os trabalhos I


    A Câmara dos Deputados retoma os trabalhos nesta semana após o feriado de Carnaval, com duas medidas provisórias na pauta de votações, entre as quais a que reduziu o número de ministérios do Governo Dilma Rousseff de 39 para 31. Outro foco de atenções será a reunião do Conselho de Ética, marcada para a próxima terça-feira (16), com o objetivo de discutir os próximos passos do processo que investiga o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

     

    Wagner


    O Ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, disse ontem (15) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é alvo de “ataque sistemático” e de uma “caça constante”. Ele fez a declaração ao ser perguntado sobre a reunião entre a Presidenta Dilma Rousseff e Lula na sexta-feira (12), em um hotel em São Paulo. Segundo Wagner, as conversas são constantes entre a Presidenta Dilma e o ex-presidente Lula. “Evidentemente se falou desse ataque sistemático, que está sendo feito em torno do ex-presidente. É uma coisa clara. É uma caça a uma liderança nacional. Nesse caso, é uma caça praticamente constante. E foram conversas mais gerais, tangenciando todas as questões, inclusive sobre a mobilização que ia acontecer no dia seguinte [sábado] sobre o Vírus Zika”, afirmou o ministro. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia