Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 12/02/2014


    Sobe - A Polícia do Rio por encontrar tão rápido o suposto assassino do cinegrafista da Band.
    Desce - Profissional de Direito que orquestrou retaliação à imprensa em Feira de Santana.
     

    Caminhando

    O secretário de Comunicação do Estado, Robinson Almeida, estará hoje em Feira de Santana, às 19 horas, no auditório do Palace Hotel, para encontro com profissionais da imprensa. Robinson se afastará do cargo no final de março para concorrer a uma vaga de deputado federal. A dobradinha preferencial do secretário para a disputa eleitoral é o diretor de Rádio da Secretaria, Edmundo Filho, que é pré-candidato a deputado estadual.
     

    Visitando

    Quem esteve visitando Feira de Santana foi a pré-candidata a deputada estadual Eliana Boaventura. Morando em Salvador, onde é chefe de gabinete em uma das secretarias do Estado, ela esteve acompanhando a comitiva do governador Jaques Wagner para inauguração do Complexo Policial do Sobradinho.
     
    Queixa

    Na entrevista do governador Jaques Wagner na Rádio Subaé, na manhã de ontem (12), me queixei do governador da má vontade do secretário James Correia na instalação de indústrias no Centro Industrial de Feira de Santana. O governador garantiu que falará com seu secretário. E é bom porque é voz corrente da má vontade do secretário de Indústria e Comércio do Estado com o município de Feira de Santana. Os deputados ligados à Feira de Santana, de todas as correntes, devem levantar a voz contra a posição de James.
     
    Comissão Saúde

    Os membros das Comissões da Assembleia Legislativa da Bahia decidiram por unanimidade na manhã, da última terça-feira (11), que o deputado estadual, José de Arimatéia (PRB), continua como presidente da Comissão de Saúde e Saneamento do Parlamento Baiano. O parlamentar demonstrou o quanto se sente gratificado em poder continuar à frente da Comissão e informou, que este ano de 2014 também estará focado em trabalhar com o Saneamento Básico da Bahia.
     
    Veto

    A primeira retaliação do PMDB na Câmara à decisão da presidente Dilma Rousseff de não indicar nenhum deputado do partido para o Ministério já tem data marcada. Na próxima semana, a bancada do PMDB está disposta a derrubar o veto de Dilma ao projeto que permite a criação de pelo menos mais 200 municípios no País. Dilma alega que o governo não pode arcar com aumento de despesas dessa ordem, sem fonte de recursos para bancá-las. Diz, ainda, que o crescimento dos gastos com a manutenção de novas estruturas administrativas provocaria impacto na sustentabilidade fiscal e na estabilidade macroeconômica.
     
    Quem será?

    A escolha do nome que vai compor a última vaga na chapa majoritária do pré-candidato ao governo Rui Costa (PT) pode não ter ligação com a formação da chapa da oposição, mas tem levantado inúmeras especulações de que sim. A decisão do nome cabe ao governador, mas se será uma mulher ou homem, negro ou não, é assunto que os políticos continuam opinando e a imprensa especulando. Para o governador Jaques Wagner (PT), essa demora da escolha da vice não tem a ver com a escolha da oposição.
     
    Louos

    O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) retomou o julgamento da modulação da Lei do Ordenamento e Uso do Solo de Salvador (Louos) e do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) na sessão plenária de ontem (12). O desembargador Jatahy Júnior, que havia pedido vista dos autos, liberou o seu voto ontem. O desembargador acompanhou o voto do relator da modulação, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano. Jatahy afirmou que a modulação proposta atende ao princípio da segurança jurídica e do interesse social.
     

    Arranjo

    Um edital lançado pelo Itamaraty prevê a compra de até 660 arranjos de flores, no prazo de um ano, com o gasto equivalente a R$461,1 mil. Conforme o texto do edital, “as flores contribuem para que seja transmitida às autoridades estrangeiras uma melhor impressão do país anfitrião, o que se traduz por ganhos institucionais para o governo brasileiro”. A quantidade tem como base os eventos ocorridos em 2013 – pelo menos 138 recepções – mais um acréscimo de 30% como margem de segurança, segundo o ministério. De acordo com o edital publicado na última segunda-feira (10), o arranjo mais carro foi orçado em R$ 2.350 com base em pesquisa de mercado realizada com quatro empresas.


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia