SECOM - BAHIA AQUI É TRABALHO
Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 16/01/2014

    Sobe - A economia global que apresenta sinais de crescimento este ano. Desce - O grande número de queixas no Banco Central por débito não autorizados.


    Novo endereço 
     
    Depois de cerca de 10 anos sendo transmitido pela rádio Povo de Feira de Santana, o programa radiojornalistico Sem Nome vai ter novo endereço. A partir de hoje, 16, o Sem Nome será transmitido pela Rádio Subaé AM, 1080. A equipe formada pelos jornalistas Danilo Guerra, Franklin Dórea e Kamylla Medeiros, comandada pelo titular desta coluna, Humberto Cedraz, apresentou a última edição na noite de ontem. Na nova sintonia, o programa será transmitido no mesmo horário, às 20h, e, por conta de mudanças no formato, terá duração de duas horas diárias. 
     
    Gratidão 
     
    A equipe que ancora o programa Sem Nome externa sua gratidão a Roberto Pazzi e a sua digníssima esposa, dona Cinira, pela acolhida, apoio e também pela confiança depositada ao longo desses anos todos de Sem Nome pela rádio Povo. Muito obrigado por nos proporcionar momentos importantes nos quais a equipe levava informação política, entretenimento, cultura e de utilidade pública. Agradecemos também a todos os parceiros, anunciantes, ouvintes e amigos que todos os dias nos acompanhavam durante o programa. A todos vocês, o nosso muito obrigado! 
     
    Impeachment
     
    Um grupo de advogados que atuam na defesa dos direitos humanos protocolou na terça-feira (14) na Assembleia Legislativa do Maranhão um pedido de impeachment da governadora do Estado, Roseana Sarney (PMDB), a quem acusam de omissão na crise que afetou o sistema prisional maranhense. O Estado ganhou as manchetes nas primeiras semanas de 2014 por causa da crise vivida no presídio de Pedrinhas, onde presos têm sido assassinados e decapitados, e pela onda de violência que chegou a matar uma criança na capital, São Luís, depois que o ônibus em que ela estava foi incendiado por bandidos.
     
    Moralidade
     
    Famosa por indicar projetos polêmicos na Assembleia Legislativa da Bahia, Luiza Maia (PT) não iniciou 2014 diferente. Depois de conseguir a aprovação da Lei Antibaixaria, que proíbe o governo de usar recursos públicos com bandas que desvalorizam as mulheres em suas letras, agora, ela quer proibir peças publicitárias com mensagens sexualizadas e que atingem as mulheres. Para ela, quem é adulto e tem a opção de seguir o caminho que quiser, não há problema em consumir conteúdo para maiores de 18 anos. No entanto, este não deve ser público nem aceitável pela Lei.
     


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia