Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 09/07/2013

    Sobe - O garoto Givanslei, que ganhou R$ 20 mil imitando moto no Domingão do Faustão. Desce - A UPA da Mangabeira, que até hoje não funciona.


    No Bando
     
    O vereador Pablo Roberto (PT) participou, no último domingo (07), do Bando Anunciador, que anuncia o início dos festejos em homenagem à Nossa Senhora Santana. Para o vereador, “esse evento é muito rico em cultura e arte, envolvendo a todos pela sua originalidade. Sinto-me honrando em participar por mais um ano dessa manifestação folclórica da nossa Feira de Santana, manifestação esta que merece ter destaque e atenção no calendário cultural da nossa terra”, disse. 
     
    Desmotivado 
     
    O deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB) vai disputar a reeleição no ano que vem. A confirmação foi feita ontem (08), durante entrevista. O tucano afirmou que vai trabalhar para unir as oposições para o próximo pleito e criticou a gestão do governador Jaques Wagner (PT). “É um governo que cuida de política e é desmotivado. A Bahia perdeu prestígio político, só se cuida de eleição e só se pensa em quem vai ser o candidato do governador”, disparou em referência aos quatro pré-candidatos petistas e outros da base, que disputam anuência de Wagner. 
     
    Protagonismo 
     
    A ex-senadora Marina Silva disse no programa “É Notícia”, da RedeTV, que o fator agregador das diferentes bandeiras e pessoas nas manifestações ocorridas recentemente pelo Brasil é a necessidade de interromper o processo de separação entre sociedade e sistema político.”As pessoas já não encontram nenhum tipo de elo ou de eco nas suas representações”, afirmou. Segundo Marina Silva, a sociedade foi colocada em uma posição de “meros espectadores” e quer mostrar através das manifestações que é “protagonista”.
     
    No aguardo 
     
    Presidente nacional interino do PTB, o ex-carlista Benito Gama assumiu importante cargo no Banco do Brasil, numa articulação política do governador Jaques Wagner (PT) - um dos coordenadores da campanha de reeleição da presidente Dilma. Por ora, o acordo só garante apoio à aliança de Wagner na Bahia, mas aproxima o PTB do Palácio.
     


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia