Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 01/12/2020


    Sobe - Prefeito Colbert Martins por conseguir a reeleição e continuar no comando de Feira de Santana.


    Desce - Produtores de fake news por mancharem a honra das pessoas colocando-as em perigo iminente.


    Migração de verba


    Com a aprovação de uma emenda determinando a migração de verba da ordem de R$ 4 milhões e 880 mil da Secretaria de Serviços Públicos (SESP) para a Secretaria de Governo, foi aprovado, ontem, em primeira votação pela Câmara, a Lei Orçamentária Anual, projeto de iniciativa do Poder Executivo que estima receita e despesa da Prefeitura de Feira de Santana para 2021. A emenda de autoria do vereador Marcos Lima (DEM) diz respeito a verba destinada ao Fundo Municipal de Saneamento Básico, que deixa de ser vinculado à SESP.


    Migração de verba II


    Já uma outra emenda, do vereador Edvaldo Lima (MDB), que pretendia relocar R$ 3 milhões da Secretaria Municipal de Administração e valor idêntico da Secom, foi retirada de pauta pelo autor. O vereador Justiniano França (DEM) o alertou para um erro no texto, que falava em transferência dos recursos para a Secretaria de Meio Ambiente, em vez de Agricultura, que seria o alvo do colega. O emedebista disse que retira a emenda, mas vai apresentar uma indicação ao Executivo com o mesmo propósito.


    Os evangélicos


    Foram os cristãos evangélicos que “carregaram a campanha nas costas”, os responsáveis pela vitória do candidato Colbert Martins Filho (MDB), reeleito para comandar os destinos de Feira de Santana pelos próximos quatro anos. O entendimento é do vereador Edvaldo Lima (MDB), manifestado em pronunciamento na segunda, 30, na Câmara.


    E Kannário?


    Sobre uma possível presença de Kannário como atração nas futuras micaretas de Feira, anunciadas pelo cantor em sua participação no último dia da campanha eleitoral, o vereador disse que não terá o seu aval: “Pare com isso, com essa pequenez, nem existe previsão para realização de Micareta em nossa cidade, diante dessa pandemia”.


    “Fiel da balança”


    O Republicanos funcionou como “fiel da balança” na vitória do prefeito Colbert Martins Filho (MDB), avalia o vereador que representa o partido na Câmara, Eli Ribeiro. Ele disse que a legenda “escolheu o lado certo para apoiar” no 2º turno.


    “Fiel da balança” II


    O vereador do Republicanos recordou dos diálogos entre o candidato da sigla, José de Arimateia, o deputado federal Márcio Marinho e o prefeito, para definir a aliança. “Ninguém consegue transferir 100%, mas nosso grupo vai conseguir 80%”, teria previsto Marinho.


    “Fiel da balança” III


    Observa, ele também, que alguns teriam minimizado o apoio do eleitorado de Arimateia, que não pontuava em várias pesquisas de intenção de votos, mas ficou em terceiro lugar na disputa contra vários candidatos pela Prefeitura. Para o vereador, o Republicanos deve ser “visto com bons olhos, pois demonstrou sua lealdade e força nas urnas”, tendo ajudado também a reeleição do prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão.


    Semáforo


    O viaduto que liga a Avenida Senador Quintino, aos bairros 35º BI e Aviário está necessitando, com urgência, de uma sinaleira, para melhor disciplinar o tráfego de veículos ali, adverte o vereador Edvaldo Lima (MDB). Segundo ele, em pronunciamento na Câmara Municipal, a instalação de barreiras de contenção para impedir o retorno embaixo do equipamento está provocando grandes engarrafamentos.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia