Em cima da hora:
Projeto contra corrupção do MPF já coletou mais 31 mil assinaturas na PB
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 17/11/2020


    Sobe - A brilhante atuação da Polícia Federal nas eleições deste ano.


    Desce - TSE por demora assustadora na divulgação do resultado da eleição.


    Compra de voto e boca de urna


    A boca de urna, grandes estruturas com altos investimentos, e até compra de voto, foram artifícios utilizados por candidatos na eleição para vereador em Feira de Santana, afirmou Cadmiel Pereira (DEM). Com 2.689 votos e não reeleito para o que seria o seu segundo mandato, ele discursou na Câmara na manhã de ontem, 16, criticando “algumas estratégias, até mesmo a prática de crimes eleitorais”, que teriam ofuscado candidatos honestos e deixaram a concorrência desleal.


    Compra de voto e boca de urna II


    De acordo com Cadmiel Pereira estes candidatos fizeram a população trocar quatro anos de trabalho por pessoas apadrinhadas e cheia de recursos que usam o sistema, a fome do povo e as necessidades sociais para conseguir voto.


    Dever cumprido


    Convicto de ter cumprido o dever na atual legislatura, Cadmiel observa que, em uma democracia, “não existem perdedores e ganhadores, mas números, para quem vai atingir ou não assentos na Câmara Municipal”. Garante que permanecerá defendendo pautas importantes para a população, como melhorias na mobilidade urbana, segurança pública e políticas públicas para crianças com necessidades especiais.


    Falcão


    O exemplo do seu próprio pai, o ex-prefeito José Falcão, está sendo lembrado pelo vereador Roberto Tourinho (PSB), neste momento em que encerra, sem alcançar o objetivo, uma campanha para chegar ao cargo máximo do Poder Executivo em Feira de Santana.


    Falcão II


    “(Falcão) Era vereador e disputou a Prefeitura sem a menor possibilidade de vitória. Perdeu. Anos depois seu grupo venceu. Então, temos que partir pra frente, lutando, acreditando e defendendo aquilo que temos convicção”, disse.


    É PT, mas é meu amigo


    “É o companheiro com quem eu mais me identifiquei nesta Casa”, disse o vereador Zé Carneiro (MDB), nessa segunda-feira, 16, em sessão da Câmara Municipal, ao lamentar que vários dos seus colegas da atual legislatura não tenham obtido a reeleição, entre eles o líder rodoviário, Alberto Nery, a quem se referiu logo no início do seu pronunciamento.


    Foi bom, mas nem tanto


    Um dos 10 vereadores não reeleitos para a próxima legislatura, Zé Filé (PSD) demonstrou resignação com o resultado negativo, na segunda-feira, 16, em pronunciamento na Câmara após o pleito. Afirmando estar tranquilo e com a consciência do dever cumprido, ele agradeceu aos 1.184 votos obtidos, mesmo que tenha sido uma quantidade insuficiente para lhe garantir a renovação do mandato.


    Repensar a vida


    Aproveitar para “repensar a vida” e dedicar mais tempo à família, é o propósito do vereador Lulinha (DEM), que embora tenha obtido quase 4 mil votos (foram 3.920) não conseguiu a renovação do mandato na Câmara de Feira de Santana, na eleição deste ano. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia