Em cima da hora:
Família em Barbacena tem casa furtada enquanto viajava
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 24/09/2020


    Sobe - Festival Literário de Feira de Santana – Flifs - que mesmo em formato virtual não perdeu o brilhantismo literário.


    Desce - Prefeitura de Coração de Maria por ter contas de 2017 rejeitadas pelo TCM.


    Pegou fogo


    A entrevista da sindicalista Marlede Oliveira ao radialista Dilton Coutinho foi um verdadeiro pinga fogo. De um lado a chefe da APLB, acusada de criticar o trabalho da imprensa, chegou afirmar que Dilton Coutinho parece ter pensamento burguês, o radialista retrucou afirmando ser trabalhador que acorda às 4h da manhã e a sindicalista vive patrulhamento ideológico e deveria pedir desculpas à sociedade feirense. Os ânimos estavam inflamados.


    Arcar com as cinzas I


    A Prefeitura de Feira de Santana deve notificar a professora Marlede Oliveira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Educação (APLB), para que ela arque com os custos do conserto de trecho da pavimentação da Avenida Senhor dos Passos, danificado ontem, por incêndio provocado, durante manifestação.


    Arcar com as cinzas II


    A cobrança está sendo feita pelo vereador Lulinha (DEM), que falou ontem (23), na Câmara, sobre o protesto, segundo ele organizado pela dirigente sindical. Ele reprova a forma como a ação foi realizada, sob queima de pneus e madeiras em uma das principais avenidas da cidade, bloqueando o trânsito e prejudicando a saúde das pessoas que trabalham na região, devido a densa fumaça originada pelo fogo.


    Fiquem de olho I


    Os vereadores devem estar presentes na “licitação milionária” da ordem de mais de R$ 77 milhões, que a Prefeitura de Feira de Santana vai realizar visando contratar empresa especializada em apoio administrativo e técnico operacional para atuar na Secretaria Municipal de Educação, prevista para o dia 13 de outubro. A recomendação é do vereador Alberto Nery (PT).


    Fiquem de olho II


    Em pronunciamento na Câmara, na quarta-feira (23), ele disse que licitação no município é “sinônimo de corrupção” e por isso, os vereadores precisam ficar “de orelha em pé”, principalmente quando diz respeito a esta pasta, “constantemente alvo de denúncias pela quantidade de afilhados políticos contratados”.


    Não convenceu I


    O vereador Roberto Tourinho (PSB) não se convenceu com a justificativa dada pela Secretaria Municipal de Educação para contratar, via licitação, no valor de R$ 77.411.980,80, uma empresa terceirizadora de mão de obra destinada a atuar na Rede
    Municipal de Ensino.


    Não convenceu II

     

    O oposicionista disse não aceitar o argumento de que a Secretaria “não dispõe de recursos e materiais humanos efetivos e detentores de conhecimento especializado” e em razão dessas supostas carências irá fazer “mais uma licitação milionária”.


    Obras I


    Obras da Prefeitura de Feira de Santana que estão sendo paralisadas, ou realizadas lentamente, em Humildes, causam prejuízos para a população, protesta o vereador Zé Curuca (DEM). Ele falou sobre o assunto em pronunciamento na Câmara, na sessão de quarta-feira (23).


    Obras II


    Apresentou situações que estão ocorrendo na sede do distrito e também no povoado de Tanquinho. Nesta comunidade, as pessoas se encontram com o acesso à igreja católica local interditado, mais especificamente na Rua Senhor do Bonfim, devido a obra inacabada. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia