Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 18/03/2020


    Sobe - Instituições e governos que estão tomando medidas de prevenção em relação ao coronavírus.


    Desce - Homem diagnosticado com coronavírus que não respeitou o isoloamento social colocando população em risco iminente.


    Republicanos


    O vereador Eli Ribeiro (Republicanos) repercutiu a mobilização para a filiação de novos candidatos do partido. “No sábado (14), fizemos uma grande filiação na cidade de Feira de Santana. O nosso partido está de portas abertas para os vereadores que estão sem partido e preocupados com a sua candidatura e reeleição. Todo mundo está correndo para as suas filiações e nós sabemos que não é uma tarefa fácil voltar à esta Casa”, afirmou. Isaías de Diogo (sem partido) lamentou que não pôde comparecer no ato de filiação do partido, mas parabenizou a coragem e o posicionamento dos Republicanos.


    Virou música


    O vereador Zé Filé falou sobre o desespero da população em relação a coronavírus, e comparou a quarentena com a música de Raul Seixas “O dia em que a Terra Parou”. No pronunciamento, o edil citou uma parte da música em que diz: “E o aluno não saiu para estudar, pois sabia que o professor também não tava lá. E o professor não saiu pra lecionar, pois sabia que não tinha mais nada pra ensinar”, e solicitou ao prefeito Colbert Martins que forneça cestas básicas aos alunos de menor condição, jusificando que muitas dessas crianças só se alimentam nas escolas, e podem ficar desamparadas, já que desde ontem (17), escolas da rede municipal e estadual estão com funcionamento suspenso para evitar a propagação do vírus.


    Tourinho


    Roberto Tourinho (PV) falou sobre o manifesto dos conselheiros da sociedade civil eleitos para o biênio 2020-2022, em que constam irregularidades que estariam sendo praticadas pelo Município, descumprindo a Constituição Federal. Tourinho analisou que nos últimos anos os conselhos municipais, que deveriam atuar como fiscalizadores, passaram a atuar conforme desejo do Município. “Transformaram-se em apêndices da administração municipal”, disse, citando os conselhos de Saúde, Educação e Assistência Social e destacando que a eleição citada aconteceu no gabinete do prefeito, tendo à frente o secretário e Desenvolvimento Social, Pablo Roberto. Os conselheiros vão levar a questão ao Ministério Público Estadual (MPE).


    Cadmiel Pereira


    O vereador Cadmiel Pereira (PSC) informou que as convocações para a cirurgia de gigantismo mamário foram adiadas por conta da prevenção de proliferação do coronavírus, porém retomadas assim que for viável. “Chegou a informação para campanha da cirurgia da redução de mama, foi um pedido nosso ao prefeito e o Hospital da Mulher fez a convocação das interessadas. O pedido foi para que atendesse à mulheres que sofrem com o gigantismo mamário. O vereador é base, é quem fala em nome do povo e atendem as ordens aqueles que são subordinados ao prefeito. Parabéns prefeito, sei que foi o senhor quem disponibilizou os procedimentos; parabéns secretária de Saúde e Fundação Hospitalar”, afirmou.


    Rui Costa


    O governador Rui Costa (PT) publicou, na edição de terça-feira (17), do Diário Oficial do Estado (DOE), os decretos com medidas restritivas anunciadas ontem, pelo Governo, para tentar coibir a disseminação do novo coronavírus. Em função dos casos confirmados da doença em Salvador, Feira de Santana e Porto Seguro, estão suspensos nas três cidades, pelo período de 30 dias, “eventos e atividades com a presença de público superior a 50 pessoas, ainda que previamente autorizados, que envolvem aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos, religiosos, shows, feiras, circos, eventos científicos, passeatas e afins”.


    Sem pânico


    A deputada estadual Olívia Santana (PCdoB) disse que é preciso agir em relação ao novo coronavírus. A legisladora disse que é preciso pensar menos em eleições e observar a evolução da enfermidade. Olívia também frisou a preocupação em não gerar pânico. “Nós estamos no começo. Não sabemos ainda como será a evolução. Nós temos que observar o desenvolvimento da situação, até para não entrar numa situação de alarmismo e histeria, que é o pior que pode acontecer. Temos que ter segurança, equilíbrio, agir pela prevenção sim, para não chorar o leite derramado”, disse. A deputada acredita que os políticos têm o papel crucial no enfrentamento da doença que avança no mundo.


    Desinformação


    O governador Rui Costa criticou de forma dura a desinformação espalhada diante da crise causada pela pandemia de coronavírus e destacou a necessidade de frear ações irresponsáveis para conter a disseminação do vírus. “Só há um jeito de conter atitudes como essa. É criar o constrangimento social”, afirmou. Rui destacou o papel da imprensa para recolocar a verdade e vencer o “vírus da mentira” e da “irresponsabilidade”.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia