Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 26/07/2017


    Sobe - Polícia por prender três criminosos e elucidar crime, no bairro Tomba.


    Desce - Motoristas que fazem da ultrapassagem proibida companheira diária.


    Repercussão/Pesquisa


    A pesquisa do Jornal Folha do Estado e do site Bahia na Política repercutiu no dia de ontem (25), até às 18h, em 48 sites, de todas as regiões do estado da Bahia e também na capital. A pesquisa foi a que tratou de dados sobre a eleição de 2018, para governo do Estado, senado federal e avaliação do perfil que o eleitorado estabelece para votar ou não, em candidatos na próxima eleição. A pesquisa foi divulgada exclusivamente, pelo jornal Folha do Estado (versão impressa), site Bahia na Política e também no site: jornalfolhadoestado.com.

     

    Bolsonaro


    O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) sugeriu sair do Brasil, caso o PT, PSDB ou PMDB assumirem a Presidência do país. Bolsonaro já é considerado um dos nomes a concorrer ao pleito. "Se tivermos um governo do PSDB, PT ou PMDB em 2019, eu acho que vai ficar difícil eu pensar em permanecer no Brasil. A questão ideológica é tão ou mais grave do que a corrupção", opinou Bolsonaro, em entrevista à Veja. O deputado justificou seu posicionamento alegando que o PT criou uma relativização da propriedade privada, dos valores familiares e da cultura brasileira.

     

    Demissão voluntária


    O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão tem preparado uma proposta que define regras para um Programa de Desligamento Voluntário (PDV) de funcionários públicos federais. Como divulgado na segunda (24), o plano inclui a redução da jornada de trabalho com remuneração proporcional para servidores públicos do Poder Executivo Federal. Segundo informações da Agência Brasil, a pasta quer oferecer uma indenização de 125% da remuneração do servidor na data de desligamento. A porcentagem seria multiplicada pelo número de anos de exercício.

     

    Denúncia contra Temer


    Na véspera da votação da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), a oposição planeja se reunir para decidir um posicionamento em conjunto. Os partidos, que estão divididos quanto à posição que devem tomar, querem definir isso na próxima terça-feira (1º) - a votação no plenário da Câmara foi agendada para a quarta (2). Segundo informações do blog Painel, da Folha de S. Paulo, integrantes do PCdoB defendem que a sigla marque presença na Casa para votar a favor do prosseguimento da investigação por corrupção passiva. Integrantes do PT, no entanto, defendem a obstrução da sessão já que ambos os partidos acreditam não haver os 342 votos necessários para aceitar a denúncia.

     

    Governo da Bahia


    O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) terá candidato próprio na disputa ao governo da Bahia em 2018. O nome que encabeçará a chapa majoritária será decidido em novembro deste ano, durante realização do congresso estadual do partido. A disputa está entre Marcos Mendes, Hamilton Assis, Fábio Nogueira, Ronaldo Santos, Cleide Coutinho e Zilmar Alverita. "No congresso teremos cerca de 100 municípios do estado presentes. A base do partido é que vai definir as nossas candidaturas. Temos bons nomes", destacou Ronaldo, presidente do diretório estadual do partido - e um dos candidatos.

     

    Lula 2018


    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode recorrer a cortes superiores para garantir sua candidatura nas eleições do próximo ano, caso seja condenado por órgão colegiado (composto por grupos), conforme determina a Lei da Ficha Limpa. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, os tribunais superiores podem, a pedido dos réus, suspender a inelegibilidade de candidatos já condenados na Justiça, como uma espécie de liminar concedida em meio à campanha.

     

    Bloqueio continua


    O juiz federal Sérgio Moro, determinou, na terça-feira (25), que os R$ 9 milhões em previdência privada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva permaneçam bloqueados. O dinheiro está dividido em dois planos de previdência privada, um de R$ 7.190.963,75 e o outro de R$ 1.848.331,34. Lula foi condenado por Moro a 9 anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

     

    Desempenho histórico


    O presidente Michel Temer (PMDB) está longe de colocar o país nos trilhos como costuma afirmar em todas as oportunidades. Ao menos esta é a avaliação feita por 95% dos entrevistados pelo Instituto Ipsos Public Affairs que fazem a pesquisa Pulso Brasil mensalmente desde 2005. O levantamento divulgado pelo UOL na terça-feira (25), realizado entre os dias 1º e 14 de julho, aponta ainda que 94% das 1.200 pessoas ouvidas em 72 municípios brasileiros desaprovam a forma como o presidente atua no País.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia