BAHIA AQUI É TRABALHO 0919
Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 24/06/2017


    Sobe - A diversidade gastronômica presente nos festejos juninos


    Desce - Segurança deficiente no campus da Uefs por colocar pessoas em risco iminente de assaltos


    Sessão itinerante


    Na próxima terça (27), vai acontecer a terceira sessão itinerante da nova legislatura da Câmara Municipal de Feira de Santana. Desta vez, os trabalhos serão realizados no bairro Jardim Acácia, que além de receber toda a estrutura da Casa da Cidadania, receberá também outras autoridades e representantes de diversas comunidades, que explanarão anseios e necessidades dos moradores.


    Parcelamento do FGTS


    O governo federal avalia reter parte do FGTS dos trabalhadores demitidos sem justa causa para economizar no pagamento do seguro-desemprego. Segundo informações do jornal O Globo, a medida está em debate no Ministério do Planejamento. A ideia é parcelar o saque da conta vinculada ao FGTS e a multa de 40% em três meses - os valores mensais corresponderiam ao último salário recebido pelo trabalhador na empresa. Na proposta, se passados três meses sem conseguir outro emprego, o trabalhador pode dar entrada no pedido de seguro-desemprego. Se o trabalhador conseguir um novo emprego no segundo mês após a demissão, ele pode antecipar o saque e receber o restante de uma só vez.


    Aconselharam a demitir


    A derrota da reforma na trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, na última terça (20), abalou a relação entre o governo de Michel Temer (PMDB) e o PSDB. Partidos que apoiam o Palácio do Planalto têm pressionado o presidente a desalojar o PSDB dos ministérios a fim de evitar que a sigla decida abandonar a base aliada. Alguns dos ministros tucanos são Antônio Imbassahy (PSDB-BA), Luislinda Valois (PSDB-BA) e Bruno Araújo (PSDB-PE). Segundo informações do blog Painel, da Folha de S. Paulo, o argumento dessas legendas é de que a debandada do PSDB é apenas uma questão de tempo.


    Lula nunca interferiu


    Em depoimento à Justiça Federal, a ex-presidente Dilma Rousseff afirmou na quinta-feira (22), que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva "jamais interferiu" no seu governo, nem mesmo em suas atribuições como ministra-chefe da Casa Civil. Ela disse ainda que "não tem conhecimento" de que Lula tenha solicitado vantagens indevidas. "Ele é absolutamente respeitoso", defendeu. Por meio de videoconferência, Dilma foi ouvida como testemunha na ação que investiga negociações irregulares que levaram à compra de 36 caças suecos do modelo Gripen pelo governo brasileiro.


    Punição extinguida


    O Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) declarou extinta a punibilidade do promotor de Justiça Dioneles Leone Santana Filho. Ele foi acusado de vazar informações sigilosas de um processo contra o ex-secretário de comunicação de Porto Seguro, Edésio Ferreira Lima Dantas. A ação penal contra o promotor, proposta pela Procuradoria-Geral Adjunta, foi relatada pelo desembargador Osvaldo Bomfim. O processo contra Dioneles havia sido suspenso por dois anos em dezembro de 2014, a pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA).


    Cogitam entrega de cargos


    Após o deputado estadual Marcelo Nilo (PSL), foi a vez de seu desafeto declarado, o deputado federal Félix Mendonça Júnior (PDT), desferir na quinta-feira (22), críticas à articulação política do governador Rui Costa, do qual integra a base aliada. Em entrevista ao Bahia Notícias, o pedetista, presidente do partido na Bahia, disse que avalia reunir a executiva estadual do partido para discutir a entrega de cargos que possui atualmente na gestão do petista.


    Festas provocam quedas


    As atividades da Câmara, em Brasília, foram reduzidas por conta das festas juninas. De acordo com a Agência Brasil, muitos parlamentares deixaram a capital mais cedo para viajar às suas bases eleitorais. Os dias de terça e quarta-feira normalmente são os mais movimentados na casa legislativa, mas tiveram menor movimento nesta semana. Dos 513 deputados, somente 17 registraram presença na Câmara até o início da tarde da quinta (22), e apenas duas comissões realizaram audiências. Nesta semana, o plenário abriu sessão de votação apenas na última terça-feira (20).


    Janot pediu depoimentos


    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu, em ofício enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), que a ex-presidente Dilma Rousseff e o seu padrinho político, Luiz Inácio Lula da Silva, prestem depoimentos no inquérito aberto que apura a suposta compra de apoio de partidos políticos à campanha de reeleição da petista em 2014. Janot também pediu que outras 11 pessoas, de quatro partidos, sejam investigadas formalmente no inquérito, que foi instaurado originalmente contra o atual ministro da Indústria e Comércio Exterior, Marcos Pereira (PRB), com base na delação premiada de executivos da Odebrecht. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia