Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 10/04/2020


    15.04.2020 15h03m
    Recomendar

    Sobe - O presidente do Tribunal Regional Federal 2ª Região (TRF-2), desembargador federal Reis Friede que cassou a liminar inapropriada do juíz Gata Preta suspendendo o fundo partidário, consignado no orçamento da união.


    Desce - O Juíz Marcelo Gata Preta que desrespeitando o orçamento da união, concedeu liminar transferindo o recurso partidário para outras ações do governo.


    Malandragem


    Diversas empresas de Feira de Santana que se dirigiram aos bancos do Brasil e Bradesco, para tomarem o empréstimo disponibilizado pelo Governo Federal para fazer face ao pagamento dos dois meses de salários dos seus empregados, teve como resposta que: só fariam o empréstimo se essas empresas mudassem o pagamento da folha dos seus funcionários para essas empresas. Temos que denunciar esses abusos!


    Gata


    É inadimissivel que um juíz federal entenda que é da sua competência subverter o orçamento aprovado pelo congresso nacional. Invasão de poderes é desrespeitosa para o Estado democrático de direito, e só o juíz Gata Preta que já postou fotos nas suas redes sociais reclamando que estava ficando deprimido na beira da praia, por estar ganhando sem trabalhar é que poderia pensar que teria força para bagunçar o orçamento. O presidente do Tribunal o enquadrou, cassando a aberração.


    Furdunço


    As contas do PSDB em Feira de Santana estão movimentando o meio político local, é que em uma das contas do partido foram sacados recursos sem a devida contra-prestação de contas através de comprovantes. A direção atual do partido está entrando na justiça contra o diretor que fez o saque sem a assinatura do presidente da época. O caso além de estar na esfera do TRE local, que rejeitou as contas, agora o processo corre na justiça federal, não apenas por desvio de dinheiro, mas também for falsidade ideológica uma vez que precisava de duas assinaturas para os saques. A direção local corre contra o relógio para fazer prevalecer a prestação de contas. Tá difícil.


    Recursos


    O prefeito Colbert Martins Filho recebeu na manhã de quinta-feira (9), em seu gabibete, um ofício do deputado federal Alex Santana informando a destinação de R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais) para o enfrentamento ao coronavírus, no município de Feira de Santana. O recurso é referente a cota parlamentar individual de emenda impositiva da Bancada do Estado da Bahia para o Orçamento Geral da União de 2020.


    Processos


    Cinco meses após retirar uma queixa-crime movida contra o vereador Roberto Tourinho (PSB) por calúnia e difamação, o prefeito de Feira de Santana Colbert Martins Filho (MDB) decidiu processá-lo novamente. De maneira ‘irresponsável’ e ‘inverídica’, segundo ele, Tourinho lhe acusou de ter prorrogado o contrato de uma empresa prestadora de serviços de saúde de forma irregular.


    Bons resultados


    O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, avalia positivamente o reflexo das medidas tomadas até o momento pelo estado no combate à disseminação do novo coronavírus. Ele destacou que a Bahia está entre os estados que primeiro adotaram medidas de distanciamento social, uso irrestrito de máscara e medidas de restrição de deslocamento intermunicipal.


    Bons resultados II


    A partir disso, a avaliação que o secretário faz é de “todo esforço está trazendo resultados”, mas não se pode “relaxar”. “Estamos conseguindo fazer com que os casos novos ao longo das semanas estejam diminuindo, mas isso não pode ser traduzido em relaxamento, não podemos voltar a frequentar a rua, o bar, a feira, o comércio, achando que a doença está controlada”, argumentou. “A partir de agora a tendência é que o número de casos novos cresça dia após dia, com mais casos novos em números absolutos, mais pessoa vão se contaminar em todo estado”, alertou Fábio Vilas-Boas.



  • 09/04/2020


    09.04.2020 19h40m
    Recomendar

    Sobe - Situação e oposição em Feira por dialogarem sobre medidas de combate à covid-19.


    Desce - Consumidores que ignoram a covid-19 e fazem aglomeração no Centro de Abastecimento.


    Zerados


    Dos vinte e sete partidos que estarão presentes na disputa eleitoral de 2020, no que se refere a chapas de vereador, certamente treze destes, pela composição conhecida até ontem (8), não terão a mínima possibilidade de eleger um vereador. Na outra ponta, catorze poderão fazer pelo menos um.


    Protagonismo


    Dos catorze partidos que poderão eleger vereador, dois deles poderão chegar a quatro eleitos. MDB e DEM constituíram chapas mais competitivas do que qualquer outro partido, dificilmente um deles, apenas um, poderá fazer três. Dos doze restantes, apenas dois (dificilmente três), poderão eleger dois edis. Os dez restantes, estarão na faixa do um, e é possível que um ou dois desses, não faça nem um.


    Único


    Em plena efervescência política, o deputado Tom não está filiado a nenhum partido. Ele até que tentou se filiar a um partido e ter o controle do mesmo aqui no município, não logrou êxito, apesar de ter batido nas portas do Patriota, Solidariedade, e PDT. O parlamentar tem de sua ligação para candidatura a vereador neste ano, o pastor Ismael da Quadrangular.


    Calamidade pública


    Um grupo de decretos de calamidade pública em 158 municípios baianos foi aprovado na manhã de quarta-feira (8), na Assembleia Legislativa. A Bahia possui 181 cidades em estado de calamidade pública aprovados, além do próprio estado. Outros 60 projetos com igual medida estão em tramitação e devem ser votados na próxima sessão, prevista inicialmente para a quarta-feira da próxima semana, dia 16, também de forma remota.


    Operação Faroeste


    A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou ontem à Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ), uma desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), seu filho e outras três pessoas envolvidas. Investigados na 5ª fase da Operação Faroeste, eles são acusados de corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro, por envolvimento na negociação e venda de decisões judiciais proferidas pela magistrada. A vantagem indevida negociada chegou a R$ 4 milhões, dos quais, R$ 2,4 milhões teriam sido efetivamente pagos à desembargadora por intermédio de seu filho.


    Bom internauta


    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse na manhã de terça-feira, 7, que tinha certeza que o presidente Jair Bolsonaro não iria demitir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Na segunda, o ministro foi novamente alvo dos ataques do mandatário e circularam informações de que ele estaria fora do governo. “Bolsonaro não vai demitir um ministro popular como ele. A decisão de manter Mandetta não foi política, Bolsonaro ouve mais as redes sociais do que o Congresso”, disse Maia.


    Microempresas


    O Senado aprovou na última terça-feira (7), o Projeto de Lei (PL) 1.282/2020, que pretende socorrer as microempresas durante o período de duração da pandemia do novo coronavírus. O projeto autoriza a concessão de crédito para microempreendedores individuais (MEI) e microempresas com risco assumido pelo Tesouro Nacional. O texto vai à Câmara dos Deputados. Se aprovado sem alterações de mérito, seguirá para sanção presidencial.


    Notícia-crime


    O deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) protocolou na quarta-feira (8), um pedido de aditamento da notícia-crime apresentada contra o presidente Jair Bolsonaro e que teve parecer pelo arquivamento proferido pelo vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros. Segundo o deputado, a PGR não abordou todos os fatos narrados na notícia-crime. Reginaldo ressalta que Humberto Jacques não citou nenhum dos 20 pronunciamentos públicos do presidente, que constam na peça, menosprezando os efeitos do coronavírus.



  • 08/04/2020


    09.04.2020 19h36m
    Recomendar

    Sobe - A Justiça Federal por determinar o bloqueio dos fundos Eleitoral e Partidário e só autorizar o uso da verba para ações do Executivo contra a pandemia.


    Desce - Oportunistas que querem se aproveitar do auxílio emergencial para ocupar o lugar de quem realmente precisa do benefício.


    Bloqueio


    A Justiça Federal determinou, na tarde de ontem (7), o bloqueio dos fundos Eleitoral e Partidário. A decisão juiz Itagiba Catta Preta Neto, da 4ª Vara Federal do Distrito Federal, bloqueia os repasses ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelo Tesouro Nacional. O magistrado, no entanto, autoriza o uso da verba para ações do Executivo contra a pandemia do coronavírus.


    DEM


    O presidente nacional do DEM, ACM Neto, afirmou na terça-feira (7), que o partido não integra a base do governo Jair Bolsonaro (sem partido) e nunca interferiu para que seus quadros integrassem a equipe ministerial do Planalto. “Desde 2018, pós-eleição, quando o presidente escolheu os três ministros para integrar o seu governo, essa foi uma escolha do presidente da República. Ele não me deve, e nem ao meu partido, nenhum tipo de satisfação. Ele mantém ou não até o dia que ele quiser. O Democratas não integra a base do governo. Nós somos um partido independente, que foi fundamental, e será, para a agenda econômica do país”, disse.


    Rui Costa


    Por meio de videoconferência, o governador Rui Costa se reuniu com os prefeitos presidentes dos Consórcios Interfederativos de Saúde da Bahia para discutir ações de combate ao novo Coronavírus. Ao todo, 26 prefeitos participaram da reunião, que também contou com a participação do Secretário de Saúde do Estado (SESAB), Fábio Vilas-Boas. “Foram quatro horas de conversa em que discutimos estratégias para enfrentarmos juntos esta guerra contra o vírus. Um dos pontos de destaque foi a implantação e funcionamento das unidades regionais específicas para atender a pacientes que testaram positivo”, afirmou o gestor estadual.


    UPB


    O pedido de apoio ao enfrentamento do Coronavírus para as regiões do estado foi feito por prefeitos presidentes de consórcios intermunicipais ao governador Rui Costa, no fim da tarde de segunda-feira (6), durante vídeoconferência. Entre as demandas, estão a estruturação regional de combate à COVID-19, o repasse de insumos de saúde e a fiscalização do transporte de passageiros intermunicipais.


    Venda de decisões


    A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou a desembargadora Sandra Inês Moraes Rusciolelli Azevedo, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), por corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro, num dos desdobramentos da Operação Faroeste, que apura a venda de sentenças no judiciário baiano.


    Produção Agrícola


    O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) instituiu o Comitê de Crise (CC AGRO-COVID19) para monitorar e propor estratégias a fim de minimizar os impactos da pandemia do Coronavírus na produção agrícola e no abastecimento de alimentos à população. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), por meio da Portaria nº123, assinada pela ministra Tereza Cristina.


    Onyx


    Os R$ 600 pagos pelo governo federal como auxílio emergencial para trabalhadores informais não poderão ser usados pelos bancos para cobrir débitos na conta dos beneficiários. O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, informou na terça-feira (7), que um acordo feito com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) proíbe o débito automático dos recursos.


    Bolsonaro X Mandetta


    De acordo com informações do blog do jornalista Gerson Camarotti, do site G1, a conversa entre Bolsonaro e os ministros na última segunda-feira (6), teve momentos de tensão. No encontro, chefe do Ministério da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, reafirmou a sua postura em combate ao coronavírus e entrou em rota de colisão com o chefe. “O senhor quer tocar de outro jeito. Pode tocar. Qual a marcha que o senhor quer, pois vamos passar num desfiladeiro. Como o senhor quer passar: acelerado ou devagar?”, disse Mandetta.


    Trump


    Na terça-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou a Organização Mundial de Saúde (OMS) de administrar mal a nova pandemia de coronavírus e de se concentrar demais na China. “A OMS realmente estragou tudo”, tuitou o presidente em um momento em que os Estados Unidos excedem 11.000 mortes, no COVID-19, e completou: “Por alguma razão, embora seja amplamente financiada pelos Estados Unidos, estão muito focada na China. Vamos dar uma olhada mais de perto”.



  • 07/04/2020


    07.04.2020 10h25m
    Recomendar

    Sobe - Projeto idealizado por médicos do Hospital Clériston Andrade, por motivar a fé e esperança, entre os profissionais de saúde.


    Desce - O coordenador da chapa do PROS em Feira de Santana por quebrar o compromisso de não botar vereador de mandato no partido e, com isso, quebrou a regra e “enfiou” nos outros Luiz da Feira.


    Os gigantes


    O DEM com novo quadro de filiados é o partido com maior número de vereadores na Câmara (7), anteriormente, o partido tinha quatro vereadores. Colado no DEM, está o MDB, que até a última quinta-feira (2), não contava com nenhum vereador. E agora, conta com seis edis: o presidente da Câmara, José Carneiro Rocha, Isaias de Diogo, Edvaldo lima, Fabiano da Van, Ron do Povo e Gilmar Amorim. Os dois partidos, pela configuração dos pré-candidatos, farão quatro vereadores cada um. Chegar ao quinto para os dois é uma possibilidade, num grau de 50%.

     

    O infiltrado


    Eu já desconfiava desde o mês de janeiro que o vereador Luiz da Feira seria infiltrado no PROS no último dia de filiações. Pois é, não é que ele entrou mesmo no último dia á noite, sem nenhum dos outros postulantes saberem que ele seria candidato. O coordenador da chapa jurava de pé junto, pela honra dele, de que não entraria nenhum vereador de mandato.


    Pulverizado


    Possivelmente, dentre todos os candidatos para eleição de Feira de Santana, existe a possibilidade de apenas dois desses partidos chegarem a eleger dois vereadores. Os outros, para completar as cadeiras, elegerão apenas um, ou nenhum. Dificilmente, qualquer dos partidos terá três vereadores.


    Rui Costa


    O governador do estado da Bahia, Rui Costa (PT) criticou as falas do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), que falou usar o “poder da caneta” contra ministros de seu governo que, de acordo com ele, “viraram estrelas”. Rui escreveu em suas redes sociais, na noite do último domingo (5), que este não é o momento de fazer política partidária, já que estamos em uma situação ruim diante da pandemia do novo coronavírus.


    Wagner


    Uma das principais lideranças da oposição no Senado, Jaques Wagner (PT) não acredita que um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) avance no Congresso, neste momento. Mas, o senador acha que o chefe do Palácio do Planalto está cada vez mais isolado.


    Feriados


    O governo decidiu adiantar feriados que ocorreriam ao longo deste ano para o período de quarentena. A informação foi revelada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, durante uma videoconferência com empresários do setor varejista. De acordo com Guedes, a alteração já havia sido autorizada há algumas semanas e a medida tem o objetivo de compensar pelo período em que o comércio não funcionou, em razão da pandemia do novo coronavírus. O ministro, no entanto, não deu mais detalhes da mudança.


    Rodrigo Maia


    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), usou sua conta oficial no Twitter para denunciar uma perfil falso que criaram na rede social em seu nome. Com o nome de usuário “@RobrigoMaia”, a conta teria publicado uma mensagem sobre desvio de recursos do Fundo Eleitoral. O perfil já foi suspenso pelo Twitter.


    Toffoli


    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, disse hoje (06), ser contra qualquer tipo de punição às pessoas que descumpram medidas de isolamento social impostas pelas autoridades públicas em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Para o ministro, no lugar de alguma sanção, o mais correto no momento é promover a conscientização do público, como tem sido feito pelo poder público e pela imprensa.



  • 04/03/2020


    07.04.2020 10h20m
    Recomendar

    Sobe - Barreiras sanitárias construídas pelos governos para evitarem propagação do coronavírus.


    Desce - Partido dos Trabalhadores - PT - por ter R$ 18 milhões bloqueados pela Justiça devido a prática criminosa de atos que geraram enriquecimento ilícito.


    Dança


    Apenas seis vereadores continuam no mesmo partido para disputar a reeleição. Nery (PT), Eremita Mota (PSDB), Eli Ribeiro (Republicanos), Carlito do Peixe, Gerusa e Lulinha (DEM). Enquanto os outros quinze edis procuraram outras legendas para se abrigarem na disputa de vaga em outubro próximo.


    DEM


    São pré-candidatos pelo Democratas em Feira de Santana: vereador Lulinha; vereador Marcos Lima; Graça Pimenta; vereadora Gerusa Sampaio; vereador Luiz da Feira; vereadora Neinha Bastos; ex-vereador e suplente Carlito do Peixe; vereador Cadmiel Pereira; vereador Zé Curuca; Nilce Alves.


    Os grandes


    Em face a composição, conhecida até ontem, DEM e MDB devem eleger quatro vereadores cada um, se tornando os dois maiores partidos para o próximo pleito. Na outra ponta, cerca de dezessete partidos não terão a mínima chance de eleger vereadores.


    Geraldo Junior


    O presidente da Câmara de Salvador, vereador Geraldo Júnior, filiou-se hoje (3), ao MDB. Após reuniões com dirigentes do partido, ele bateu o martelo. Sua ficha de filiação está sendo abonada pelo deputado federal Baleia Rossi (SP), presidente nacional da sigla. Geraldo Júnior vai participar do comando do partido na Bahia, ao lado do presidente estadual da legenda, Alex Futuca.


    MP da Grilagem


    Presidentes de oito partidos assinaram uma nota conjunta afirmando que “não se pode admitir a votação da MP da Grilagem e do Desmatamento (MP 910/2019) em meio à crise do covid-19”. O documento foi divulgado na noite de quinta-feira (2), pelos representantes da Rede, PSB, PV, PSol, PDT, PT, PCdoB e PCB.


    Conceição do Jacuípe


    O Ministério Público estadual recomendou que o Município de Conceição do Jacuípe adote as providências necessárias para assegurar o cumprimento do calendário escolar, obedecendo as determinações da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) quanto aos 200 dias de efetivo trabalho escolar, bem como da carga horária mínima anual de 800 horas.


    Dória


    O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) disse a um interlocutor que toparia uma frente ampla contra o presidente Jair Bolsonaro, mesmo que estivesse ao lado da esquerda. A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época. Segundo a publicação, ao mesmo interlocutor, ele admitiu que, se a eleição de 2018 fosse hoje, não votaria em Bolsonaro.


    Publicações fake


    Um estudo feito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Fundação Escola de Sociologia Política de São Paulo (FespSP) mostrou que os robôs foram os responsáveis por 55% das publicações favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro. Segundo o site Valor, a pesquisa apontou as publicações que estavam no twitter.


    Toffoli


    Em resposta à pandemia do novo coronavírus, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, defendeu hoje (3), que seja considerada uma saída “diagonal” do isolamento social, com o retorno gradual de trabalhadores ao setor produtivo. Ele reafirmou, contudo, acreditar que o isolamento máximo, ou “horizontal”, é a medida mais adequada no presente.



  • 03/04/2020


    07.04.2020 10h17m
    Recomendar

    Sobe - As medidas que vão assistir as pessoas carentes em momentos de pandemia.


    Desce - As pessoas que estão ignorando as medidas protetivas contra o combate ao convid-19.


    Tourinho


    Na sessão extraordinária de ontem (2) , o vereador Roberto Tourinho (PSB) ressaltou em seu discurso a “fragilidade de medidas práticas no combate ao coronavírus” por parte do Governo Municipal. De acordo com o parlamentar, o prefeito Colbert Martins sempre afirma que esta “tudo conversado”, mas nada está sendo resolvido. Tourinho também declarou que fez uma visita ao Hospital Mater Dei, e “ao contrário do que Colbert havia afirmado, na unidade de saúde não existem leitos nem UTI’s”. Finalizou seu discurso afirmando “O governo precisa sair do palanque, e ir á prática”.


    Progressista e PT


    De acordo com o site Bahia na Política, o do empresário Roque Eudes Souza dos Santos é o mais cotado para indicação do Partido Progressista a vice do PT. De acordo com o site, o Progressista ganha o poder de indicação graças ao apoio que dará ao deputado federal Zé Neto (PT) a prefeito. Roque do Atacadão São Roque, é presidente da Associação de Distribuidores da Bahia. Com trânsito no setor produtivo, Roque aproximaria Zé Neto à classe empresarial.


    MDB


    O ex-vice-prefeito de Feira de Santana, professor Luciano Ribeiro anunciou que será candidato a vereador pelo MDB. “Quero voltar à política para poder dar uma contribuição de experiência a Feira de Santana”, declarou. Luciano se apresenta como um candidato de peso, pois já exerceu praticamente todos os cargos públicos no Município, fortalecento assim o MDB de Colbert Martins.


    Disputa eleitoral


    Termina sábado, o período para filiação partidária. Desta forma, firmando nos partidos quem irá disputar as eleições que acontecem em outubro. A base é que 397.590 mil eleitores irão as urnas decidir quem irá compor o poder executivo, e legislativo na cidade. Serão 28 partidos que disputarão o pleito, podendo ter chapa de prefeito e vice, além de vereadores, os partidos a pleitear são: Avante, Cidadania, DC, DEM, MDB, Novo, Patriota, PC do B, PCO, PDT, PL, PODE, PP, PROS, PRTB, PSB, PSD, PSC, PSDB, PSL, PSOL, PT, PTB, PTC, PV, REDE, Republicanos e Solidariedade.


    Vai recorrer


    O Governo da Bahia vai recorrer da decisão liminar proferida pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que obriga o Executivo a fornecer alimentação para todos os alunos da rede pública estadual que tiveram as aulas suspensas como medida para impedir a propagação do coronavírus. De acordo com o governador Rui Costa (PT), a decisão é por conta dos custos. “O custo de logística, de transporte, de fazer chegar essa alimentação a 800 mil residências, no Estado, boa parte delas, na zona rural, só o custo disso é 10, 50 ou 100 vezes o custo da cesta básica. Essa é uma decisão que não tem a mínima possibilidade de ser aplicada, até porque seria um desperdício absurdo de recursos, em um momento em que estamos vivendo um drama, uma verdadeira guerra. Então teria que gastar uma fortuna, milhões de reais para entregar um alimento a 50 quilômetros na zona rural. Então estamos preferindo adotar essas duas medidas de pagamento das contas de luz e de água”, explicou.


    Renan Calheiros


    O ex-presidente do Senado, Renan Calheiros, criticou na quinta-feira (2), a forma como o governo federal tem conduzido a crise sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus. Em seu perfil nas redes sociais, o senador alagoano chegou a chamar de “MP da morte” a medida provisória que autoriza corte de salários e jornadas de trabalho em até 100% durante o estado de calamidade pública. “A sociedade quer soluções, orientações científicas, socorro financeiro e sensatez. Na Inglaterra está garantido 80% do salário. Nos EUA, renda mínima de $ 1 mil. Aqui, uma nova #MPdaMorte quer abolir salário? Desumano e inaceitável”, escreveu o parlamentar, que entende ser uma “temeridade”, disse.


    Adiantamento de FPE


    O secretário de Planejamento da Bahia, Walter Pinheiro, espera suporte mais expressivo a estados e municípios diante da pandemia do novo coronavírus. A garantia de repasses iguais aos de 2019 do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) não são suficientes. O ex-senador quer, na verdade, medidas como antecipação por pelo menos três meses nas cotas do fundo. “Com o repasse do FPE e FPM ocorrendo nos meses de abril, maio e junho, os estados teriam acesso a duas parcelas nestes meses, a parcela normal e mais uma do adiantamento. No último trimestre do ano, seria pactuado como ficaria esse adiantamento, se a fundo perdido, com apoio para enfrentar a crise, ou outro encaminhamento e ajuste”, sugere, em nota à imprensa.



  • 02/04/2020


    02.04.2020 18h39m
    Recomendar

    Sobe - Entendimento entre Colbert e Zé Neto sobre verba de combate ao coronavírus.


    Desce - Disseminadores de fake news sobre o covid-19 o que pode levar à morte.


    Recursos


    O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), defendeu na quarta-feira (1º), que todos os recursos que seriam usados na eleição deste ano sejam destinados para combater o coronavírus no país. Em nota enviada à imprensa, o emedebista disse que todo o dinheiro do fundo eleitoral, fundo partidário e os recursos enviados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que totalizam mais de R$ 4 bilhões, devem ser destinados às medidas contra a pandemia.

     

    Marcus Carvalhal


    O presidente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Feira de Santana, Marcus Carvalhal, apresentou sua carta de renúncia cumprindo o prazo eleitoral, uma vez que ele será candidato à vereador no município. Na carta, ele diz: “acredito no Brasil e nos brasileiros. Por esta razão, aceitei o desafio de disputar uma vaga de vereador nas eleições deste ano. Servi a minha entidade e aos meus colegas advogados. Com a permissão de Deus servirei a minha cidade, ao meu Estado, ao meu país e ao povo de Feira de Santana”, escreveu Carvalhal.


    Saúde ou Economia?


    O governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a usar vídeo para reforçar o pedido à população baiana que permaneça, se possível, em suas casas. A recomendação de isolamento social é considerada por especialistas como a única forma de diminuir a contaminação pelo coronavírus. Para Rui, é falsa a ideia de que é preciso escolher entre salvar a economia ou cuidar da saúde pública. “A vida ou a economia? A ideia de que temos que escolher é falsa”. O vídeo faz parte de uma campanha lançada pelos estados do Nordeste para conscientizar a população da importância de se manter em casa.


    Vilas-boas


    O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, reafirmou na terça-feira (31), o comprometimento do governador Rui Costa (PT) no combate à pandemia do coronavírus no estado. “O governador Rui Costa segue comprometido em combater o avanço do Coronavírus na Bahia”, escreveu o chefe da Sesab, em seu perfil no Twitter. De acordo com boletim divulgado na terça-feira, a Bahia já registrou 217 casos de coronavírus. Destes, 132 estão em Salvador.


    Em Valente


    Vereador do município de Valente, cidade no interior da Bahia, Romilson Cedraz Mascarenhas (DEM) entrou com Mandado de Segurança solicitando o aumento de seus vencimentos no cargo. O parlamentar alega que “o pagamento está ocorrendo aquém do devido”. A liminar foi negada, no último dia 26, pela juíza Renata Furtado Foligno, da Vara dos Feitos de Relações de Consumo, Cíveis e Comerciais, da Comarca de Valente. A magistrada justificou que a “a medida liminar esgota, no todo ou em qualquer parte, o objeto da ação”.


    Mandetta


    O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou na terça-feira, que não serão tomadas medidas arriscadas para afrouxar o isolamento social do coronavírus e ressaltou que trabalhadores informais receberão ajuda do governo para que possam cumprir as recomendações, apesar de o presidente Jair Bolsonaro defender que as pessoas retornem ao trabalho.



  • 01/04/2020


    01.04.2020 19h59m
    Recomendar

    Sobe - Políticas de isolamento social por conter a proliferação do coronavírus.


    Desce - Pessoas, sobretudo, idosos que ignoram o isolamento social colocando a vida em risco.


    Centro comercial Popular


    A retirada e relocação dos vendedores ambulantes cadastrados no Centro Comercial Popular, que deveria acontecer até o último domingo, 29, foram suspensas por tempo indeterminado. A medida, adotada pelo prefeito Colbert Martins Filho, está sendo divulgada pela Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec). O secretário da pasta, Antônio Carlos Borges Junior, explica que a situação nesse momento requer cuidados com a saúde pública e está de acordo com os decretos de Calamidade Pública e do fechamento do comércio.


    Bancos privados


    O prefeito ACM Neto (DEM) cobrou hoje (31), que o poder Legislativo em Brasília tomem medidas mais severas contra bancos privados neste período de pandemia do coronavírus. O gestor municipal disse ter debatido o assunto com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. “Conversei com Rodrigo Maia sobre a necessidade de tomar medidas mais duras contra os bancos privados. Esses caras só ganham dinheiro, inclusive na crise. Enquanto está todo o país ‘se lascando’, esses caras estão ganhando dinheiro. Isso não é possível”, criticou o também presidente nacional do DEM


    Pacotão social


    O Senado Federal adiou a votação do projeto que ampliaria o número de trabalhadores beneficiados pelo auxílio do governo federal decorrente da pandemia do novo coronavírus. A matéria seria apreciada no plenário na terça-feira (31), mas o governo pediu tempo para conhecer a proposta e avaliar seus impactos. O “coronavoucher”, como foi apelidado, deve ser votado na quarta-feira (1º). Projeto passa a beneficiar categorias como caminhoneiros, taxistas, motoristas de aplicativos, pescadores e índios.


    Isolamento


    A prefeitura de Camaçari prorrogou por mais 15 dias o decreto que suspende as atividades comerciais, educacionais e reuniões. Dessa forma, as escolas públicas e privadas, assim como faculdades e universidades, permanecem sem atividades. O Executivo também definiu que o comércio não poderá funcionar, exceto as lojas de materiais de construção, os estabelecimentos que comercializam alimentos, as farmácias e oficinas de automóveis. A Prefeitura de Lauro de Freitas também decidiu manter por mais quinze dias a suspensão de estabelecimentos comerciais, entre eles: academias, cinemas, teatros, auditórios e demais casas de espetáculos, parques infantis privados, clubes sociais, clubes de natação, estúdios, clubes de lutas e artes marciais.


    Afastamento de Bolsonaro


    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, encaminhou à Procuradoria-Geral da República (PGR) um pedido de afastamento do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido). A informação foi confirmada pelo próprio magistrado. A medida tem como base as ações de Bolsonaro na condução do país na crise do coronavírus, que já matou mais de 159 pessoas no Brasil.


    Genocida


    O jornalista e comentarista político Kennedy Alencar afirmou, em entrevista que o presidente da República, Jair Bolsonaro, tem um comportamento “genocida” diante da pandemia do novo coronavírus, ao desautorizar as recomendações do próprio Ministério da Saúde. “O presidente Jair Bolsonaro está em um estado de negação inacreditável. Não há palavra amena para descrever o comportamento do presidente, um comportamento de genocida. A forma como ele se comporta, desautorizando o ministro da Saúde, coloca a saúde de brasileiros em risco”, declarou.


    Oposição


    O ministro da Justiça, Sérgio Moro, se juntou a Paulo Guedes, ministro da Economia, em apoio ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, na defesa das ações contra a pandemia de coronavírus e a proliferação do vírus. Medidas como o distanciamento social e isolamento da população no combate à Covid-19 estão entre as bandeiras defendidas pela pasta da Saúde. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o bloco de ministros recebeu o apoio de militares e criou um movimento oposto ao comportamento do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), que tem sido contrário ao confinamento das pessoas, incluindo o fechamento do comércio.


    Imprensa X Bolsonaro


    Jornalistas que acompanhavam o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada, na manhã de hoje (31), abandonaram o local da entrevista após Bolsonaro estimular novamente manifestações hostis e xingamentos direcionados à imprensa. Após ser questionado sobre a postura do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que tem dado orientações contrárias às de Bolsonaro durante a crise do coronavírus, um dos apoiadores começou a gritar que a imprensa “colocava o povo contra o presidente”. Foi então que o chefe do Executivo passou a incentivar o apoiador a falar e mandou que os jornalistas ficassem quietos. “É ele que vai falar, não é vocês não”, afirmou Bolsonaro.



  • 31/03/2020


    01.04.2020 11h05m
    Recomendar

    Sobe - Prefeito ACM Neto, por programa de auxílio de R$ 270 para população carente.


    Desce - Feira de Santana, por registrar 5 homicídios no último final de semana.


    Geddel


    A Justiça acatou mais uma denúncia contra o ex-ministro Geddel Vieira Lima, desta vez a acusação é por integrar esquema criminoso e fraudar balanços contábeis da Caixa Econômica Federal entre os anos de 2010 e 2012. A denúncia foi feita junto ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Segundo o juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara, em Brasília, cadernetas de poupança foram encerradas de forma fraudulenta, gerando um desvio de R$718 milhões. Atualmente Geddel cumpre pena atualmente em um presídio, em Salvador. Ele está preso desde 2017 após a Polícia Federal encontrar R$51 milhões em um apartamento atribuído a ele.


    Geraldo Junior


    O presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Jr. (SD), afirmou que o atual momento de crise em razão do novo coronavírus não é propício para se discutir um possível adiamento das eleições deste ano. “Não é o momento para nós pensarmos nisso. Eu lhe confesso que não estou pensando nisso. A Câmara toda esta mobilizada para que a gente possa atender a cidade”, declarou ao bahia.ba, em um evento no qual o prefeito ACM Neto (DEM) anunciou o pagamento de um auxílio emergencial a ser destinado a trabalhadores ambulantes economicamente afetados pela Covid-19.


    Calamidade pública


    A Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) vota na terça-feira (31), três decretos de calamidade pública, decorrentes da pandemia de coronavírus. Os projetos se referem à situação em Feira de Santana, Camaçari e Lauro de Freitas. Os pedidos foram feitos pelos respectivos prefeitos na semana passada. Entre os municípios, a situação de Lauro de Freitas é mais alarmante, com a confirmação de 10 casos de coronavírus. Dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) na sexta (27), indicava que Feira de Santana tinha 09 casos confirmados. Já Camaçari está numa situação menos alarmante, com 1 caso diagnosticado.


    Paulo Guedes


    O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse no domingo (29), durante uma videoconferência com representantes da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), que “como cidadão” quer “ficar em casa e fazer o isolamento” diante da pandemia do coronavírus. Ele ressaltou que, como economista, gostaria de ver a atividade econômica se mantendo ativa no país. Guedes lembrou que a recomendação das autoridades de Saúde, do governo e da sociedade civil, é seguir com o isolamento social para retardar o alastramento do vírus.


    Contrariando


    Na contramão do que vem sendo pregado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), líderes do próprio governo e dos partidos representados no Senado Federal emitiram nota, na segunda-feira (30), reforçando as orientações de isolamento por causa da pandemia do novo coronavírus. Assinado por 15 senadores, o documento ressalta que o posicionamento segue recomendações do Organização Mundial da Saúde (OMS). “A experiência dos países que estão em estágios mais avançados de disseminação da doença deixa claro que, diante da inexistência de vacina ou de tratamento médico plenamente comprovado, a medida mais eficaz de minimização dos efeitos da pandemia é o isolamento social”, afirmam.


    Máscaras cirúrgicas


    O Ministério da Saúde divulgou ontem (30), balanço dos equipamentos de proteção individual (EPIs) destinados aos profissionais de saúde enviados aos estados. No total, foram direcionadas 14,2 milhões de máscaras cirúrgicas, recurso fundamental para evitar o contágio de profissionais por pacientes infectados. Além disso, o Executivo Federal encaminhou 24 milhões de luvas para procedimento não cirúrgico, 742 mil aventais, 290 mil toucas hospitalares, 168 mil frascos de álcool etílico 100 mil sapatilhas e 60 mil óculos de proteção.


    Representação criminal


    O Cidadania vai entrar com representação criminal na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por infração de medida sanitária preventiva. De acordo com o presidente do partido, Roberto Freire, Bolsonaro está cometendo crimes em série contra a saúde pública. “Quebra a quarentena, sai às ruas, incentiva aglomerações e cumprimenta as pessoas mesmo sob suspeita de ter Covid-19. Precisa ser parado”, disse. Na peça, a legenda pede que o procurador-geral da República, Augusto Aras, abra ação contra Bolsonaro por “infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”, no país.



  • 28/03/2020


    01.04.2020 10h59m
    Recomendar

    Sobe - Empresas que estão servindo gratuitamente refeições para pessoas que trabalham em serviços essenciais.


    Desce - Oportunistas que se aproveitam da situação pandêmica para fazerem politicagem com o assunto.


    Teatro Margarida Ribeiro


    Todas as licitações públicas realizadas pela Prefeitura de Feira de Santana, a partir de 1º de abril, ocorrerão no Teatro Municipal Margarida Ribeiro. A mudança é por conta das orientações das organizações de saúde no que se refere a prevenção e combate ao novo coronavírus (Covid-19). “O ambiente também está sendo totalmente higienizado frequentemente, atendendo as orientações das autoridades de saúde”, informa a diretora do Departamento de Licitações, Ticiana Sampaio. Ela acrescenta os pregões eletrônicos, que acontecem online, continuam normalmente.


    MDB


    O ex-deputado federal e cacique do MDB baiano, Lúcio Vieira Lima, afirmou ao site bahia.ba, ontem (27), que está terminando o período de transição para passar o comando do partido na Bahia para o atual presidente da sigla, Alex Futuca, e para o presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Jr. (SD). “Depois que eu passar o comando do MDB para Futuca e Geraldinho, me aposento de vez. Eles representam a renovação da política e do partido. Claro que estamos esperando a vinda de Geraldo para o MDB. É uma vontade minha e da cúpula nacional do partido, do presidente Baleia Rossi”, disse.


    Assistência Estudantil


    Com um investimento de R$ 4,7 milhões, o Governado do Estado autorizou a antecipação do pagamento do auxílio-permanência do programa Mais Futuro, que contempla mais de 12 mil estudantes das universidades estaduais (Uneb, Uefs, Uesc e Uesc). O valor, que é referente ao mês de março, seria pago entre 5 e 10 de abril, mas estará disponível para saque na próxima segunda-feira (30). A iniciativa segue as ações realizadas pelo governador Rui Costa para minimizar os efeitos causados pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).


    Call Center


    A Prefeitura de Salvador disponibilizou, na manhã de ontem (27), um canal exclusivo para que a população possa tirar dúvidas e prestar informações sobre o coronavírus: o Disque Salvador 160. O serviço vai funcionar 24 horas por dia e deverá suprir a grande demanda por informações que vem sendo direcionada diariamente à Ouvidoria Geral do Município (OGM). O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto, durante a inauguração da Unidade de Acolhimento de Permanência Breve, ocorrida pela manhã, na Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô).


    Esconder Fracasso


    O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), disse que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem usado a crise do novo coronavírus como “muleta” para esconder o fracasso na economia. “Acho que, como ele sabe que a política do Guedes deu água, agora a muleta dele é o coronavírus. Seria muito mais bonito ele falar as coisas como elas são. Dizer que a política econômica do governo não deu certo. Dizer: ‘Olha, não tenho como repassar o colapso da economia para os governadores. Todos temos de estar juntos’. Ele não pode nos desautorizar”, criticou o governador, um dos primeiros a determinar o fechamento de indústrias, estabelecimentos comerciais no estado goiano.


    B.O


    O governador de São Paulo, João Dória (PSDB), registrou um boletim de ocorrência policial após sofrer ameaças de morte na quinta-feira (26). A Polícia Civil vai abrir uma investigação para investigar o caso. De acordo com a publicação, a Casa Militar do Palácio dos Bandeirantes decidiu cercar a residência do governador na última noite. A equipe do governador diz ter indícios de que as ameaças partem de um movimento bolsonarista e suspeita que os ataques são feitos por “um movimento articulado pelo gabinete do ódio, liderado pelo filho do presidente, Carlos Bolsonaro”, no momento em que Dória mostraria liderança no combate ao coronavírus.


    STF


    O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu na sexta-feira (27), a pedido da Câmara dos Deputados e do Senado para que as medidas provisórias sejam analisadas diretamente em plenário, sem a necessidade de passar por uma comissão mista. Ao fazer o pedido, o objetivo das duas casas foi acelerar a tramitação das MPs em razão da crise do coronavírus. Conforme a decisão, o rito de análise das medidas provisórias poderá ser diferenciado durante a emergência de saúde pública e o estado de calamidade decorrente do coronavírus.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia