Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 12/05/2016


    12.05.2016 11h17m
    Recomendar

    Sobe - Processo de tombamento do Casarão dos Olhos D’àgua.


    Desce - Imprudência na BR 324, que resultou na morte de 4 pessoas em grave acidente.


    Repercussão


    A possibilidade do PHS ter um candidato a prefeito nas eleições em Feira de Santana teve repercussão na Câmara de Vereadores. Para o líder do Governo, José Carneiro (PSDB), uma candidatura do partido seria algo normal. Já Wellington Andrade (PSDB), acha que o Vereador Ronny (PHS) seria o melhor nome para a disputa. O Vereador Marcos Lima (PRP) se mostrou surpreso e questionou como fica a situação anterior de apoio declarado da legenda ao Prefeito José Ronaldo.


    Confirmação


    Como já era de se esperar, o PC do B vai marchar junto com o PT nas próximas eleições municipais. O apoio foi formalizado depois de um encontro ocorrido no último final de semana, entre o deputado e pré-candidato a prefeito, Zé Neto, e o presidente municipal da legenda, Messias Gonzaga. Uma situação esperada, pois, mesmo com a crise política a nível nacional PT e PC do B continuam no caminho da fraternidade.


    O problema


    É manter o apoio de outras legendas, como é o caso do PP, que está naquela do “vai ou não vai”, mantendo assim a cobiça por parte de outros partidos. Quem está de olho neste apoio é o PSD do Deputado Fernando Torres, que também é pré-candidato a prefeito de Feira de Santana. Neto, Neto, abre o olho.


    Correndo atrás


    Quem também continua correndo atrás é o pré-candidato a prefeito pelo PSB, Ângelo Almeida. No último final de semana, ele participou em Brasília/DF de um seminário preparatório para as eleições. O evento teve como tema “Cidades Inclusivas” e foi promovido pela Fundação João Mangabeira, instituição socialista voltada à formação política.


    Calado


    Enquanto os outros estão correndo atrás de apoios para fortalecer suas candidaturas, o ex-deputado federal Colbert Filho tem preferido manter o silêncio, quando questionado sobre os rumos do PMDB nas eleições municipais. Ele tem falado sobre qualquer outro assunto, menos a política local. Na verdade, ele só se posicionará depois que o imbróglio sobre o impeachment for resolvido.


    Criticou


    Os protestos realizados pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) na terça-feira (10), gerou engarrafamentos e vários transtornos na Região Metropolitana de Salvador e Feira de Santana. O Deputado Estadual Carlos Geilson (PSDB), no mesmo dia à tarde, usou a tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia para criticar a forma como foram conduzidas as manifestações e os transtornos e prejuízos causados à população. “Por que a CUT não protesta pelos milhões de trabalhadores desempregados? Por que não protesta quando trabalhadores - muitos pais de famílias - realizam concurso público, estão habilitados e não são nomeados pelo governador? Porque a CUT é pelega! E depois vem falar que defende o trabalhador… me faça uma garapa”, disparou Geilson.


    Cerimônia


    A Presidente Dilma Rousseff pediu para auxiliares suspenderem a cerimônia de descida da rampa do Palácio do Planalto, depois que o plenário do Senado aprovar o impeachment contra ela. A avaliação é que a imagem de descer a rampa é muito forte e pode ser interpretada como “capitulação” e “entrega” do governo para o vice-presidente Michel Temer. Dilma, ao contrário, quer passar a ideia de que a gestão Temer é ilegítima. 



  • 11/05/2016


    12.05.2016 11h13m
    Recomendar

    Sobe - O fato raro de sensatez do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ao desprezar o requerimento do presidente da Câmara.


    Desce - A qualidade de grande parte dos deputados federais simbolizados por Waldir Maranhão (PP-MA).


    Cobrança


    O Vereador Edvaldo Lima (PP) afirma ter ido pela quinta vez à escola do Rio do Peixe e mais uma vez encontrou uma situação deplorável, segundo ele, cerca de 63 crianças estão “amontoadas”, sem uma única sala, sem piso, sanitários e sem merenda escolar. Ele cobrou providências do Governo Municipal e disse que continuará lutando por uma solução.


    Debates


    Os debates nas sessões da Câmara de Feira de Santana nos últimos dias estão acalorados. Enquanto os três oposicionistas puxam os debates para as questões que envolvem o setor público do município, os governistas em resposta empurram as cobranças para os governos Estadual e Federal. Está valendo a pena assistir aos debates.


    Duelo


    Um capítulo à parte tem como protagonistas os vereadores Edvaldo Lima (PP), da oposição, e o líder governista José Carneiro Rocha (PSDB). Edvaldo (PP) todos os dias apresenta denúncias e faz cobranças ao Governo do Município e o líder José Carneiro (PSDB) se esforça para defender o governo. Existem momentos que estes debates servem de quebra de tensão na sessão. Todos os demais vereadores observam sorrindo o desembaraço do oposicionista nos ataques e a agonia do líder na defesa.


    Criticou


    O Vereador José Carneiro (PSDB) criticou a medida do presidente da Câmara de anular o processo de impeachment da Presidenta Dilma. “A turbulência causada por Waldir Maranhão (PP-MA), de forma irresponsável, deixou à população apavorada, pois, o povo quer o impeachment, lamentável, apenas para aparecer”, concluiu.


    Parecer


    O Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, divulgou um parecer que pede ao Supremo Tribunal Federal (STF) para derrubar a liminar que obriga o andamento do processo de impeachment de Michel Temer. Segundo a Folha de S. Paulo, ele defende que a decisão do Ministro Marco Aurélio Mello extrapolou o pedido feito pelo advogado Mariel Marley Marra. Segundo a Procuradoria-Geral da República (STF), o advogado pediu apenas que por conta da ligação com o caso de Temer, a tramitação do afastamento da Presidente Dilma Rousseff fosse interrompida até que o mérito da questão fosse analisado pelo Supremo.


    AGU


    A Advocacia-Geral da União (AGU) ingressará com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para anular o processo de impeachment da Presidente Dilma Rousseff (PT). De acordo com a Folha, o documento elaborado pela AGU questionará o “desvio de poder” de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que conduziu o processo como presidente da Câmara, argumentará que o ato foi “viciado”, desde a aceitação do pedido de impeachment. A medida vem após o presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA) revogar a anulação da sessão da Casa, que decidiu pela admissibilidade do impeachment, nesta segunda-feira (9). O processo está em tramitação no Senado, com a expectativa de os senadores decidirem em plenário, hoje (11), sobre a abertura do processo na Casa, comandada por Renan Calheiros (PMDB-AL) e o consequente afastamento da presidente por até 180 dias.


    Reunião


    Na véspera da votação do parecer favorável à continuidade do processo de impeachment da Presidenta Dilma Rousseff, o vice-presidente da República, Michel Temer, reúne-se com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). A assessoria do vice não deu informações sobre o motivo do encontro. O Senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, também participam da reunião.


    Romaria


    Desde a manhã de ontem (10), recebendo uma romaria de políticos no Palácio do Jaburu, o vice-presidente Michel Temer convidou para almoçar o “G8”, grupo formado por oito parlamentares, que desde o ano passado, patrocinou reuniões para discutir a viabilidade jurídica do impeachment da Presidente Dilma Rousseff. O grupo é integrado pelos Deputados Heráclito Fortes (PSB-PI), Marcus Pestana (PSD-MG), José Carlos Aleluia (DEM-BA), Roberto Freire (PPS-SP), Rubens Bueno (PPS-PR), Raul Jungmann (PPS-PE), Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) e Benito Gama (PTB-BA). 



  • 10/05/2016


    10.05.2016 12h16m
    Recomendar

    Sobe - A moradora de Feira de Santana, Graciete, por representar a cidade nas Olimpíadas do Rio de Janeiro.


    Desce - A reviravolta no caso do impeachment.


    Aumentou


    O Vereador José Carneiro (PSDB) criticou fortemente o aumento das prestações dos beneficiados do programa Minha Casa, Minha Vida, que custarão até R$ 270,00. Ele enfatiza que o reajuste foi de cerca de 220%. “A presidenta só fez isso, porque já vai sair, mais uma vez o povo foi enganado por este governo. Espero que quinta, 12, o Brasil se livre de vez dessa corja”, concluiu.


    Sem pauta


    Correia Zezito (PSL) criticou a paralisação dos professores das redes municipal e estadual, que acontece hoje, 10, em todo o país. Segundo ele, é um movimento sem pauta e extremamente político. “Se os professores de Feira pararem, quando precisarem de mim, não vou apoiar, vou ser contra. Professores não vão pela cabeça de sindicato, eles fazem trabalho político, não compareçam ao movimento”, convocou.


    Pegou e sumiu


    A Vereadora Neinha (PTB), em seu discurso, criticou o Governo Estadual. “O governador só veio em Feira pegar os votos e sumiu”. Ela ainda falou sobre a situação do Hospital Geral Clériston Andrade. “O Clériston está sucateado, cheio de bactérias, entregue, caindo aos pedaços e o governo não faz nada. Nosso povo está morrendo sem o oxigênio que é a saúde”, completou.


    Do contra


    José Carneiro (PSDB) disse ser contrário a realização de mais uma audiência pública para discutir as obras da Lagoa Grande. “Não existem motivos para depois de 4 anos se discutir novamente esta obra. Para mim é um ato politiqueiro”. O Vereador Alberto Nery (PT) disse que a audiência é para a discussão dos benefícios que estão sendo propostos e não sobre a revitalização.


    OAB


    A Ordem dos Advogados do Brasil informou ontem (9) que vai recorrer no Supremo Tribunal Federal da decisão do presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), de anular as sessões da Câmara que aprovaram a admissibilidade do processo de impeachment da Presidenta Dilma Rousseff.


    Absurda e irresponsável


    O Deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afastado da presidência da Câmara pelo STF (Supremo Tribunal Federal) na última semana, vai divulgar nota condenando a iniciativa de Waldir Maranhão (PP-MA), de anular as sessões que aprovaram o impeachment na Casa. No texto, Cunha dirá que a decisão do colega é “absurda, irresponsável, antirregimental e feita à revelia do corpo técnico”.


    Urgente


    O Presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), manteve a sessão no Senado ontem (9), para a leitura do parecer favorável ao impeachment da Presidente Dilma Rousseff. Mas, também convocou uma reunião de emergência após a decisão do presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), que anulou a admissibilidade do processo de impeachment na Casa e pede a Renan que devolva o processo que está no Senado.


    Cautela


    A Presidente Dilma Rousseff pediu cautela à aliados sobre a decisão do presidente em exercício da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), que anulou a sessão do impeachment na Casa. No dia 17 de abril, o plenário da Casa votou pela continuidade do processo de afastamento da presidente. Dilma comentou o ato de Maranhão durante um discurso no Palácio do Planalto, em evento no qual ela assinou a proposta para a criação de cinco novas universidades federais. 



  • 07/05/2016


    10.05.2016 12h12m
    Recomendar

    Sobe - Filhos que honram suas mães não apenas no segundo domingo de maio.


    Desce - O desequilíbrio familiar que tem feito muitas mães sofrerem.


    PMDB


    Peemedebistas feirenses sofreram um duro golpe com o afastamento de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Câmara e do mandato de Deputado Federal. Os liderados de Cunha no município estavam se preparando para candidatura própria a prefeito em Feira, com a formação de Temer (Presidente), Renan (Senado), Cunha (Câmara) e Geddel (Ministro) na condução do país e se sentiriam fortalecidos para reerguerem o velho PMDB feirense.


    PMDB e Ronaldo


    No jogo, a primeira pedra caiu. Cunha já foi afastado; Geddel está sendo questionado pelos partidos da base de apoio a Temer e Renan está na mira. Restará apenas Temer, preocupado com a situação do País. Tudo poderá voltar à estaca zero e os de Feira continuarão louvando José Ronaldo como o grande líder de todos, merecidamente.


    Vereadores


    Passada a Micareta, todos se voltam à questão política no município. Na reabertura dos trabalhos na Câmara, essa semana, o clima entre os vereadores foi de nervosismo. Incertezas sobre reeleição e composições partidárias tomaram conta dos edis. Os pequenos partidos, como fantasmas, metem medo nos que buscam à reeleição. Temem que eles possam tirar algumas vagas dos que estão no mandato. É bom se preocupar, mas não precisa exagerar. Alguns desses pequenos não farão quociente eleitoral.


    Fator Lázaro


    Nunca vi governador perder para um prefeito, mas Rui Costa perdeu para Ronaldo, que comprou o passe de Lazaro, talvez, o fiel da balança desta eleição, pois, certamente levaria de 20.000 a 30.000 votos, possibilidade real de segundo turno. Dizem que estava tudo certo, mas cumprir que é bom, nada. Lázaro então botou o burro na sombra com um pé na prefeitura de Neto, em Salvador, outro, no governo local. A avaliação é de Cesar Oliveira, na sua Bodega do Leegoza, publicada no jornal Tribuna Feirense.


    Ronaldo


    No outro lado, Ronaldo, fiel à máxima de que cacique não cria sombra, não fez um líder real capaz de manter a hegemonia que já teve e ainda tem, embora menor. Anulou, politicamente, as três famílias com herdeiros políticos na cidade, especialmente Colbert, que era o maior deles, colocando-os todos sob seu vasto guarda-chuva. No máximo, participarão da luta intensa pós Ronaldo. Após o próximo mandato, esclareço. Nota de Cesar Oliveira, na sua Bodega do Leegoza, publicada no jornal Tribuna Feirense.


    Manifesto


    Seis senadores de diversos partidos políticos, entre eles também Walter Pinheiro (sem partido-BA), divulgaram, ontem (06), um manifesto dirigido à nação, defendendo eleições antecipadas para presidente e vice. Eles apontam como caminho a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 20/2016, protocolada no Senado, que prevê que as eleições presidenciais sejam realizadas em 2 de outubro deste ano, junto com as eleições municipais.


    PSB


    Teve início quinta-feira (05) e segue até sábado (07), em Brasília, o seminário preparatório “Cidades Inclusivas”, que reúne cerca de 850 pré-candidatos a prefeito do Partido Socialista Brasileiro (PSB) de todo país. O suplente de deputado estadual e pré-candidato em Feira de Santana, Ângelo Almeida, participa do evento que faz parte do programa “Agenda 40”.


    PSB I


    Durante os três dias de curso, os pré-candidatos estão se aprofundando no estudo de programas inovadores desenvolvidos em administrações socialistas, além de participar de cursos sobre novas regras eleitorais e estratégias para realizar campanhas técnicas e criativas com baixo orçamento. 



  • 06/05/2016


    06.05.2016 17h59m
    Recomendar

    Sobe - O Ministro Teori Zavascki por determinar o afastamento de Eduardo Cunha (PMDB-RJ).


    Desce - Eduardo Cunha que insiste em desafiar a Justiça desse pais.


    Lagoa grande


    O Deputado Estadual e Líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia (Zé Neto) vêm através deste, convidar para a Audiência Pública que terá como tema as “Obras da Lagoa Grande e suas repercussões urbanas em Feira”, a ser realizada no Auditório do Centro Industrial do Subaé (CIS), dia 12 de maio, quinta-feira, a partir das 9h, em Feira de Santana.

     

    Lagoa grande I 

     

    Na ocasião serão discutidos junto à comunidade feirense, os últimos detalhes da obra da Lagoa Grande, com o intuito de dialogar sobre a implantação dos novos equipamentos na localidade, como a construção de uma base especial da Polícia Militar, de uma ampla praça de eventos, concretada e que sirva para a utilização permanente, tanto para shows, como para convenções e feiras, além da área de esportes, entre outros.


    Tânia Brito


    A Câmara de Vereadores de Jequié arquivou na sessão dessa terça-feira (3), o pedido para abertura de processo de impeachment da Prefeita Tânia Britto (PP), com base nas conclusões do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre supostos crimes praticados por ela, no âmbito do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Jequié (IPREJ).


    Polícia Federal


    A Polícia Federal realizou busca e apreensão no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio na manhã de ontem (5), em mais uma fase da Operação Acrônimo. Pelo menos duas pessoas foram alvo de condução coercitiva, quando são conduzidas a depor. Ninguém foi preso. Além das buscas, a PF requisitou ao ministério documentos que não foram identificados, porque estão sob segredo de Justiça.


    Polícia Federal I


    A Operação Acrônimo foi deflagrada em 2015 e apura irregularidades no financiamento e na prestação de contas da campanha de Fernando Pimentel, que foi indiciado pela PF sob suspeita de corrupção passiva, tráfico de influência, organização criminosa e lavagem de dinheiro.


    Impeachment


    A decisão do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, de afastar o presidente da Câmara, servirá de argumento para que a bancada contrária ao impeachment de Dilma Rousseff peça a anulação da votação feita no dia 17 de abril, que aprovou a admissibilidade do processo.


    Impeachment I


    Já na avaliação da bancada da liderança do DEM, há suspeitas de que o afastamento de Cunha, sem o julgamento pelo plenário do STF, represente uma interferência do Judiciário no Legislativo.


    Delcídio


    Para evitar possíveis questionamentos judiciais que podem anular uma decisão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, sobre o processo por quebra de decoro parlamentar contra o Senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), os senadores do colegiado recuaram na decisão de votar ontem (5) o relatório do senador, Ricardo Ferraço (PSDB-ES), que permite o prosseguimento do processo. 



  • 05/05/2016


    05.05.2016 18h07m
    Recomendar

    Sobe - SEPREV e forças por definirem esquema de segurança para passagem da Tocha Olímpica por Feira.


    Desce - Empresa que atua em Feira de Santana por ser investigada no escândalo da Lava Jato.


    Redução


    O Vereador Eli Ribeiro (PRB) comemorou a notícia sobre a queda de homicídios em Feira de Santana, no mês de abril, publicada no jornal FOLHA DO ESTADO, na edição de ontem, 4.


    PRB


    Indicado do PRB para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação de um eventual Governo Michel Temer (PMDB), o presidente nacional do partido, Marcos Pereira, rebateu ontem, 4, as críticas da comunidade científica à sua possível indicação ao cargo. Pastor licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, o dirigente disse que nunca misturou religião com trabalho ou com política.


    Fim


    Correia Zezito (PSL) critica o fim do prazo do TRE para que os eleitores resolvam as pendências com a justiça eleitoral ou tirem o primeiro título, ele diz que o TSE deveria dar mais um prazo para estas pessoas, que deixaram para a última hora e que têm madrugado nas filas, para não ficarem sem resolver os seus problemas.


    Servidores públicos


    O Vereador José Carneiro (PSDB) discursou sobre a manifestação dos servidores públicos do Estado, que estão reivindicando reajustes salariais. Ele disse que há muito tempo não existe um governo democrático, que tome posições radicais e anuncie aumento para os servidores. “Eles não têm culpa do país estar quebrado, trabalham com dignidade, não podem ser penalizados pelos atos do governo mais corrupto que este país já teve”.


    Servidores públicos I


    José Carneiro (PSDB) também criticou os representantes dos servidores públicos, que segundo ele, só se mobilizaram agora, sendo que o anúncio do aumento de 0% já havia sido feito pelo governador. Criticou também a presidente da APLB Feira, Marlede Oliveira, por não ter se posicionado a favor dos servidores do Estado.


    Duelo


    O líder do governo, Vereador José Carneiro (PSDB), criticou o Vereador Edvaldo Lima (PP) pela sua colocação contrária ao atendimento de travestis e transexuais no Centro de Referência da Mulher em Feira de Santana. “Edvaldo, você tem que entender que travestis e transexuais são humanos, esta é uma determinação da Secretaria de Políticas das Mulheres do Estado. O senhor deve juntar-se ao Bolsonaro, dá certinho os dois, são iguais. O senhor é homofóbico”, esbravejou.


    PGR


    O Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ontem (4) ao Supremo Tribunal Federal (STF) abertura de um novo inquérito para investigar o Senador Aécio Neves (PSDB-MG). No mesmo pedido, o procurador cita o Deputado Federal Carlos Sampaio (PSDB-SP) e o ex-deputado e atual Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB). O pedido será analisado pelo Ministro Teori Zavascki, relator dos processos da Operação Lava Jato.


    Norma


    A Deputada Estadual Beth Sahão (PT) esteve na tarde de ontem (4) no Fórum Hely Lopes Meirelles, no centro da capital paulista, reunida com o juiz Sergio Serrano Nunes, que deve decidir sobre o pedido de reintegração de posse da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP). Em entrevista à jornalistas após a reunião, a deputada disse temer que a reintegração de posse da ALESP seja feita de forma violenta. 



  • 04/05/2016


    04.05.2016 11h51m
    Recomendar

    Sobe - A Micareta de Feira por estar entre os assuntos mais comentados no Twitter.


    Desce - Viva Ambiental, Cavo Serviços e Saneamento e o próprio município por desrespeitarem decisão judicial no tocante ao aterro.


    Confetes


    O Vereador Ronny Miranda (PHS) parabenizou a imprensa feirense pela cobertura da Micareta de Feira de Santana e agradeceu pelo trabalho desempenhado por cada profissional, o que colaborou ainda mais para a divulgação do evento.


    Críticas


    Correia Zezito (PSL) criticou os atendimentos nas policlínicas e PSFs de Feira de Santana. Ele conta que por diversas vezes já foi mal atendido. “Os atendimentos são horríveis e só me calei até agora em consideração à Secretária Denise Mascarenhas, que precisa fazer uma reciclagem nesse povo, um bocado de funcionários preguiçosos, mal educados, e se for preciso, mostro quem é, de um por um”.


    Monopólio


    A comercialização de apenas uma marca de cerveja na Micareta de Feira de Santana foi alvo de críticas por parte do Vereador Alberto Nery (PT), ele disse que não sabe se trata-se de um monopólio ou cartel, mas que deve ser quebrado nos próximos anos, dando assim oportunidade para outras empresas e mais opções para o público.


    Monopólio I


    Já o Vereador Welligton Andrade (PSDB) esclareceu que o consumo de bebidas, de qualquer marca, foi permitido sim, dentro dos camarotes, pois, eram particulares, porém, existia um horário estipulado de abastecimento, sendo que quem descumprisse, tinha as bebidas apreendidas.


    Lula, ministros e deputados


    O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a inclusão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de três ministros do governo, do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e de parlamentares do PMDB, entre outros acusados, no principal inquérito da Operação Lava Jato.


    Conselho


    O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado aprovou ontem (3) o parecer do relator, Senador Telmário Mota (PDT-RR), que recomenda a cassação do mandato do Senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS). Foram 13 a favor do parecer, nenhum contrário e uma abstenção. Com a aprovação, o processo contra Delcídio segue para a Comissão de Constituição e Justiça do Senado.


    Conselho I


    De acordo com Telmário Mota, não há dúvida de que o Senador Delcídio do Amaral tenha abusado de suas prerrogativas constitucionais e maculou a imagem do Senado ao atuar, de acordo com o Ministério Público Federal (MPF), para atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato.


    Renúncia


    A presidenta Dilma Rousseff disse ontem (3) que recebeu pedidos para que renunciasse, mas que a “injustiça” que sofre com o processo de impeachment vai continuar visível. Ela voltou a dizer que está em curso um “golpe” no país, que é vítima de uma fraude e que não vai renunciar a seu mandato. Mais uma vez, a presidenta declarou estar “do lado certo da história”, que é a democracia. 



  • 03/05/2016


    03.05.2016 18h46m
    Recomendar

    Sobe – Prefeitura de Feira, imprensa, blocos e camarotes pelo sucesso da Micareta.


    Desce – Quem tenta agourar a importância da Micareta de Feira.


    Bloqueio total


    Os serviços de troca de mensagens pelo aplicativo WhatsApp já estão bloqueados em todo o país por determinação do juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto (SE). A medida vale inicialmente por 72 horas, mas, se houver uma liminar derrubando a decisão, o serviço pode ser retomado antes desse prazo.


    Bloqueio total I


    O assunto está repercutindo nas redes sociais como Twitter e Facebook. No Twitter, o bloqueio do WhatsApp está em primeiro lugar nos trending tops do país. Além de reclamar sobre a falta do serviço, os usuários fazem brincadeiras sobre como se comunicar sem o WhatsApp.


    Papa


    O Papa Francisco acompanha com atenção a situação na Venezuela e escreveu ao chefe de Estado, Nicolas Maduro, e disse ontem (2) o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi. Ele não divulgou o conteúdo da carta, mas afirmou que o Sumo Pontífice escreveu sobre a situação do país. A Venezuela é, há algum tempo, uma das preocupações do Vaticano e do Papa, que já se referiu ao país em várias ocasiões.


    Aécio e Cunha


    O Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) autorização para iniciar as investigações contra pessoas citadas no acordo de delação premiada do Senador Delcídio do Amaral (MS), na Operação Lava Jato. As petições chegaram ao Supremo na quinta-feira (28).


    Aécio e Cunha I


    Nos pedidos de abertura de inquérito, Janot pretende investigar o Senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG), o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o Ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva, o Deputado Federal Marco Maia (PT-RS) e o Ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Vital do Rêgo.


    Resposta


    Senadores e deputados divulgaram notas ontem (2) comentando o pedido da Procuradoria-Geral da República para abertura de inquérito contra eles, ou inclusão de novas informações em inquéritos em andamento. A petição tem como base a delação premiada do Senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), investigado na Operação Lava Jato.


    Preso político


    A tortura e a prisão nos porões da ditadura, que voltaram ao debate com a declaração polêmica do Deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), em homenagem ao general Carlos Alberto Brilhante Ustra, é tema do Galeria F. O documentário da diretora Emília Silveira, que estreou no festival É Tudo Verdade, volta ao passado para falar do presente. Em estilo road movie (filme de estrada), mostra com passagens bem-humoradas e poucas imagens de arquivo, a história de um preso político que sobreviveu à tortura e à prisão no Regime Militar, como a própria diretora, ex-presa política.


    Itambé


    O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu denúncia contra o Prefeito do Município de Itambé (BA), Ivan Fernandes Couto Moreira, por não prestar contas relativas a convênio de drenagem e pavimentação de vias públicas, referente ao período de janeiro de 2010 a dezembro de 2013, no valor de R$ 299.880,00.


    TCE


    Inspeção realizada pelos auditores do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) encontrou diversas carências na aplicação das determinações da Lei Estadual nº 12.618, de 28 de dezembro de 2012, que garante a todos os cidadãos o mais amplo acesso à informação pública.


    TCE I


    No relatório da auditoria, apresentado pelo conselheiro relator do processo, João Evilásio Bonfim, na sessão plenária da última quinta-feira (28.04), foram citadas, entre outras falhas, a falta de regulamentação e implementação do Conselho Gestor de Acesso à Informação (CGAI), a necessidade de conclusão do Projeto de Identidade Digital de Governo e a inexistência da regulamentação do procedimento de classificação e desclassificação de informações sigilosas. 



  • 30/03/2016


    03.05.2016 10h14m
    Recomendar

    Sobe - O bom comportamento dos foliões durante o primeiro dia oficial de Micareta, que refletiu em baixo índice de violência.


    Desce - O imbróglio envolvendo a marcação do jogo entre Fluminense e Juazeirense, que decide o terceiro lugar do Campeonato Baiano.

     

    Questionou

    A Ministra da Agricultura, Katia Abreu, questionou durante a Comissão especial do impeachment do Senado, realizada na manhã de ontem (29), “quem nunca atrasou o pagamento de suas contas, um percentual ínfimo”. Para a ministra, o atraso no pagamento de subsídios do Tesouro Nacional para os bancos públicos, processo conhecido como “pedaladas fiscais”, não representam operação de crédito.

    Explicou 

    Segundo Katia, a lei distingue “claramente” o que é uma subvenção ou subsídio de uma operação de crédito. “Crédito é o que o produtor faz com o banco. Nesse caso [pagamento de subsídios atrasados], não existe contrato mútuo, data de vencimento, isso não pode ser encarado como empréstimo”, argumentou. “Eu apoio a Presidente Dilma pela reciprocidade que ela deu à agricultura nos últimos cinco anos. Não adiantaria nada a presidente apoiar a agricultura se ela fosse desonesta. Também a apoio porque acredito na sua honestidade e no seu espírito público”, encerrou. 

    Nomeou

    A nomeação de Carlos Gabas para ocupar o cargo de Ministro da Secretaria de Aviação Civil foi publicada na manhã de ontem (29), no Diário Oficial. Gabas já havia sido ministro do Governo Dilma Rousseff. No ano passado, após reforma ministerial, a pasta que ele ocupava, a Previdência Social, virou secretaria e ele passou a ocupar o cargo de secretário. O ministro anterior da Aviação Civil era Mauro Lopes, do PMDB, que apesar do rompimento do partido, tinha permanecido no cargo. No entanto, há duas semanas, ele pediu licença do cargo para votar na sessão do impeachment na Câmara e votou contra a presidente.

    Determinou


    O Ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, aprovou com ressalvas as contas do Diretório Nacional do PT referentes ao ano de 2010. No entanto, ele determinou que o partido devolva R$ 7 milhões aos cofres públicos por conta das irregularidades detectadas. Na última terça-feira (26), o TSE também aprovou com ressalvas as contas do PSDB de 2010 e ordenou a devolução de R$ 1,1 milhão por problemas na apresentação de notas fiscais. 

    Justificativa


    Entre os problemas apontados pela Corte no uso dos recursos recebidos através do Fundo Partidário, está o pagamento de uma dívida de R$ 1,3 milhão com o extinto Banco Rural. No julgamento do Mensalão, em 2012, ficou provado para a Justiça que o empréstimo era fictício. Na terça, o TSE analisou as contas de 11 partidos. Foram aprovadas com ressalvas as contas referentes a 2010 do PCdoB, PSB, PSDC, PV, PR, PSDB, PTN e PMDB. O PRTB, PMN e PDT tiveram as contas desaprovadas.

    Acusou


    Negociando uma delação premiada, ex-vice presidente da Caixa Econômica Federal, Fábio Cleto, confirmou pagamentos de propina ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), considerado seu padrinho político. Indicado ao cargo por Cunha, Cleto negociou uma delação com a Procuradoria-Geral da República (PGR) após ter sido alvo de uma operação de busca e apreensão da Polícia Federal, em dezembro do ano passado. Caso seja confirmada a denúncia, será a sétima vez que Eduardo Cunha é citado em depoimentos da Lava Jato.

    Confirmou


    Nessas denúncias preliminares, o ex-vice da Caixa confirmou que houve os pagamentos de propina a Cunha já relatados pelos delatores da Carioca Engenharia, Ricardo Pernambuco e Ricardo Pernambuco Júnior. De acordo com os delatores, o presidente da Câmara cobrou R$ 52 milhões de propina em troca da liberação de verbas do fundo de investimentos do FGTS para o projeto do Porto Maravilha, do qual a Carioca Engenharia obteve a liberação da verba. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia