Corrida de Feira
Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 21/01/2017


    21.01.2017 12h40m
    Recomendar

    Sobe - O Ministro do STF, Teori Zavascki, pelo legado profissional que deixou.


    Desce - As redes sociais pela insistência na tese da conspiração envolvendo o acidente do ministro.


    Luto


    O Presidente da República, Michel Temer (PMDB), declarou seu sentimento de pesar pela morte do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki - que aconteceu nesta quinta-feira (19). O presidente decretou luto oficial de três dias. “Neste momento de dor manifesto, eu e minha equipe, o sentimento de pesar e associo-me a todos os brasileiros a lamentar a morte de um homem público, cujo a trajetória sempre o distinguiu”, disse.


    Início das investigações


    O Ministério Público Federal (MPF) em Angra dos Reis solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e ao Comando da Aeronáutica as gravações das conversas entre a torre de controle e o piloto do avião que caiu na quinta-feira (19), à tarde, no litoral Sul do Rio de Janeiro, matando o Ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), e mais quatro pessoas. A Polícia Federal (PF) e a Força Aérea Brasileira (FAB) também informaram ter aberto investigações para esclarecer os motivos da queda do avião.


    Sem caixa preta


    Conforme a Força Aérea Brasileira (FAB), o avião que transportava o Ministro Teori Zavascki e caiu no mar, na região de Paraty, no Rio de Janeiro, resultando na morte de todos os passageiros e não tinha caixa preta, que é onde ficam armazenadas todas as informações técnicas de uma aeronave, incluindo áudios.


    Férias abortadas


    Responsável pelos processos na Operação Lava Jato, o juiz Sérgio Moro antecipou o retorno da viagem de férias após a morte do Ministro do STF, Teori Zavascki, e está a caminho do Brasil. Moro estava no exterior há quase um mês. Ao saber da morte do magistrado, lamentou o fato em nota, dizendo que “sem Teori, não teria havido Lava Jato”. O juiz sinalizou que quer comparecer ao velório de Teori, que acontecerá em Porto Alegre. A informação é da Folha de S. Paulo.


    Eleições já!


    Nesta quinta-feira (19), o ex-presidente Lula defendeu que o PT faça campanha pela antecipação das eleições presidenciais de 2018. “Não podemos esperar 2018. Precisamos saber se temos forças para antecipar. A gente pode suportar. Mas o brasileiro não aguenta esperar”, declarou. Em discurso para 400 petistas, Lula disse que os membros do partido precisam superar divergências entre si e assinalou que o PT precisa apresentar propostas para reconquistar o eleitor e não se apresentar apenas como uma sigla de oposição.


    Homologação deve atrasar


    Uma das principais delações da Operação Lava Jato, a da Odebrecht, deve atrasar após a morte do Ministro Teori Zavascki, relator da operação, que morreu na quinta-feira (19), em um acidente de avião. Conforme o colunista Lauro Jardim, do O Globo, os advogados da Odebrecht estão preocupados com o impacto da morte ministro. São mais de 77 executivos da empreiteira que assinaram acordo de delação premiada, considerada “megadelação”, envolvendo mais de 200 políticos. Teori iria homologar as delações no próximo mês de fevereiro, quando será retomado as atividades no Supremo Tribunal Federal.


    Contra Exército em presídios


    O Governador Rui Costa se posicionou contra o uso de militares do Exército em presídios. A medida foi anunciada esta semana pelo Presidente Michel Temer (PMDB). “Eu acho que precisamos pautar e o Governo Federal tem que entrar definitivamente no caso da segurança pública. O lugar do Exército não é nos presídios, mas sim nas fronteiras”, defendeu. Ainda de acordo com o governador, “uma ajuda financeira para custeio dos presídios seria muito bem vinda”.



  • 20/01/2017


    20.01.2017 11h12m
    Recomendar

    Sobe - Operação da PRF por conseguir reduzir em mais de 20% o número de acidentes nas rodovias federais na Bahia.


    Desce - Justiça e Poder Executivo que estão criando novo instrumento de penitenciárias para uso exclusivo de facções.


    Primeira inauguração


    O site Bahia na Política, de Jair Onofre, registrou na quarta-feira passada (18), a inauguração de uma transferência de sede da Previdência Municipal de um imóvel para outro, os dois alugados. Primeiro fato desse nível registrado no município. Parecendo até ironia, Jair Onofre registrou: "para prestigiar esse grande evento, estiveram presentes os deputados Carlos Geilson (PSDB), Targino Machado (PPS) e suplentes de deputado federal Zé Chico e Colbert Filho". Lá estiveram também grande número de secretários. Segundo o site, o prefeito justificou o grande fato como uma diminuição no preço do aluguel. Ehhh!!!foi legal!


    Entregue por um bilhete


    O Deputado baiano Antônio Imbassahy (PSDB) é citado em um bilhete encontrado pela Polícia Federal em posse de um ex-diretor da Camargo Corrêa - empresa investigada na Operação Lava Jato. De acordo com o Jota, o bilhete indica participação em um cartel para construção do Metrô de Salvador, enquanto Imbassahy era prefeito da capital baiana. Apesar disto, o tucano não é investigado pela citação.


    Ainda sob investigação


    O Ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), decidiu convocar mais cinco testemunhas para depor no processo que investiga irregularidades da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer à eleição de 2014. A decisão foi tomada por Benjamin após receber o relatório com o resultado das diligências feitas em três gráficas que prestaram serviços à campanha presidencial dos candidatos. Os nomes das testemunhas estão sob segredo de Justiça, bem como o conteúdo do relatório, elaborado por uma força-tarefa composta por procuradores eleitorais e auditores-fiscais.


    Fila de delações


    Pelo menos 20 envolvidos no esquema da Petrobras investigado pela Lava Jato estão na fila de negociação de delações premiadas. A força-tarefa em Curitiba retoma as tratativas dos acordos de colaboração sob efeito da delação da Odebrecht, que teve 77 executivos no acordo. Segundo a reportagem do jornal O Estado de S. Paulo de ontem (19), entre os candidatos a delatores da Lava Jato estão o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, o ex-marqueteiro do PT João Santana, sua esposa Mônica Moura, o lobista Adir Assad, executivos das empreiteiras Mendes Júnior, Galvão Engenharia, Delta e EIT.


    Crises de choro


    Preso desde novembro de 2016, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral tem violentas crises de choro na prisão, segundo a revista Veja. O político é investigado pela Polícia Federal, suspeito de receber milhões em propina para fechar contratos públicos. O prejuízo é estimado em mais de R$ 220 milhões. Cabral está detido no presídio em Bangu e conforme a revista, os "soluços podem ser ouvidos por carcereiros que ficam a até 50 metros de distância".


    Reforma do ensino médio


    A reforma no ensino médio será a primeira matéria a ser analisada pelo Plenário do Senado no retorno das atividades legislativas, em 2 de fevereiro. A MP (Medida Provisória) 746/2016, que trata do tema, tranca a pauta e precisa ser votada antes de todas as que se encontram na agenda. A medida provisória é considerada como a maior alteração na estrutura do ensino médio desde a implantação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

     

    Farmácia Popular


    O Ministério da Saúde definiu que o Programa Farmácia Popular terá limite mínimo de idade para compra de medicamentos. De acordo com as novas regras, o medicamento para colesterol alto só poderá ser vendido pelo programa para quem tem 35 anos ou mais. Já o remédio que trata de osteoporose só será vendido para maiores de 40 anos. Para comprar o medicamento que trata a Doença de Parkinson, o paciente precisa ter mais de 50 anos, e para hipertensão, pelo menos 20 anos. Os contraceptivos serão vendidos a pessoas entre 10 e 60 anos de idade. Segundo a pasta, as restrições no sistema foram implantadas para maior controle dos medicamentos, levando em conta os parâmetros definidos por protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas do Ministério da Saúde. 



  • 19/01/2017


    19.01.2017 10h18m
    Recomendar

    Sobe - Projeto de urbanização da Lagoa Salgada.

     

    Desce - A diminuição no número de alunos que conseguiram tirar a nota máxima na redação do ENEM e o aumento na quantidade daqueles que tiraram zero.

     

    Nova Policlínica


    O Governador Rui Costa assina nesta quinta-feira (19) a ordem de serviço autorizando à Secretaria de Desenvolvimento Urbano, por meio da Conder, a iniciar a licitação para construção de uma policlínica de saúde em Feira de Santana. A assinatura do documento ocorrerá durante encontro com prefeitos de 28 municípios da região de Feira de Santana, na sala de reuniões da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia.

     

    Visando popularidade


    Em uma nova estratégia para melhorar a imagem do Presidente Michel Temer (PMDB), o Governo decidiu mudar a agenda de eventos, programando mais visitas ao Norte, Nordeste e municípios menores. Também haverá mais compromissos em ministérios. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo. Nesta quinta-feira (19), o peemedebista vai anunciar, em Ribeirão Preto (SP), a liberação de R$ 12 bilhões para o pré-custeio da safra agrícola de 2017 e 2018, com o único objetivo de ganhar popularidade.

     

    Crise carcerária


    Após reunião com órgãos de inteligência, no objetivo de montar uma força-tarefa para combater a crise do sistema carcerário, o Presidente Michel Temer recebeu na quarta-feira (18), em Brasília, oito governadores de estados das regiões Norte e Centro-Oeste para discutir a situação das penitenciárias. Segundo informações do portal G1, Temer se reunirá no Palácio do Planalto com os governadores Tião Viana (AC), José Melo (AM), Pedro Taques (MT), Reinaldo Azambuja (MS), Simão Jatene (PA), Confúcio Moura (RO), Suely Campos (RR) e Marcelo Miranda (TO). As presenças foram confirmadas pela Secretaria de Comunicação da Presidência. Os governadores representam os estados que pediram ajuda ao Governo Federal para controlar a situação nas unidades prisionais. Nesta terça-feira (17), Temer decidiu colocar as Forças Armadas à disposição dos governadores de todo país para a realização de operações específicas em presídios.


    Mandados em aberto


    Mais de 560 mil mandados de prisão estão sem cumprimentos no Brasil, País que ocupa o terceiro lugar no ranking mundial de encarceramento, com aproximadamente 620 mil presos, ficando atrás apenas do Estados Unidos e da China. O Brasil ainda contabiliza 99,9 mil mandados de prisão expirados. No total, são 563.530 mandados de prisão em aberto. A Bahia ocupa o sexto lugar no ranking de estados com maior número de mandados de prisão que ainda não foram cumpridos. De acordo com os dados do Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Bahia tem 23.256 mil mandados de prisão em aberto, 13.404 cumpridos e 5.199 expirados.

     

    Corte de gastos


    O decreto de programação orçamentária, publicado na terça-feira (17), no Diário Oficial da União, prevê o corte de um terço das despesas discricionárias (não obrigatórias) do Governo Federal no primeiro trimestre. A limitação de gastos vigorará até o fim de março, quando a equipe econômica anunciará o contingenciamento (bloqueio) definitivo do Orçamento Geral da União de 2017. Em nota, o Ministério do Planejamento informou que o contingenciamento provisório foi tomado por motivos de "prudência". De acordo com a pasta, a medida é necessária para fazer frente às incertezas econômicas e para respeitar as variações da execução orçamentária ao longo do ano.

     

    Despreocupado


    O Presidente Michel Temer não parece muito preocupado com o processo que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em relação a supostas irregularidades na sua campanha ao lado de Dilma Rousseff, em 2014. De acordo com a coluna Radar Online, da revista Veja, o atual presidente tem defendido, a pessoas próximas, que a Corte não deve julgar o caso em 2017. A avaliação do peemedebista é de que há uma infinidade de recursos possíveis à defesa, o que deve jogar a conclusão do caso para 2018. O problema é que os ministros Gilmar Mendes, responsável pela pauta do tribunal, e Herman Benjamin, relator do processo de cassação, já sinalizaram que a decisão deve sair ainda neste ano.

     

    Omissão


    O Ministério Público Federal (MPF), em Irecê, ajuizou quatro ações civis públicas por atos de improbidade administrativa contra Edicley Souza Barreto, Gean Ângela Rocha e Natã Garcia Hora, por omissão de informações durante as gestões encerradas em 2016, nos municípios baianos de Ibititá, São Gabriel e Wagner, respectivamente. Nas ações ajuizadas pelo Procurador da República Márcio Albuquerque de Castro, o MPF requer, liminarmente, que os três acusados forneçam as informações previamente solicitadas.  



  • 18/01/2017


    18.01.2017 09h37m
    Recomendar

    Sobe - DEAM por começar a funcionar também aos finais de semana.


    Desce - Os órgãos de segurança do País por estarem acuados pelo crime organizado.


    Vítima


    A defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) diz que o ex-vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal está sendo vítima de "perversas conjecturas" e que o peemedebista baiano não cometeu crimes. Geddel é investigado pela Polícia Federal por ter supostamente integrado um esquema na Caixa, durante sua passagem entre 2011 e 2013 pelo posto de vice-presidente de PJ. A operação Cui Bono, deflagrada na última sexta (13), cumpriu mandados de busca e apreensão em suas residências na Bahia.


    Carnaval milionário


    O Prefeito ACM Neto (DEM) realizou coletiva de imprensa no Teatro Gregório de Mattos, em Salvador, onde apresentou novidades para o Carnaval na manhã da terça-feira (17). Apesar de não ter divulgado a grade de atrações completa, ele adiantou algumas informações. Com relação ao investimento da prefeitura, Neto revelou que deverá ser 10% menor que no ano passado. No total, o investimento este ano será de R$ 50 milhões. Mais da metade da festa será bancada, informou, pela iniciativa privada.


    De dentro da cadeia


    O deputado cassado, Eduardo Cunha, preso desde outubro de 2016, por conta da Operação Lava Jato, criticou os ex-aliados políticos que disputam presidência da Câmara dos Deputados. Conforme a coluna Painel, da Folha de São Paulo, de dentro do Complexo Médico Penal, no Paraná, Cunha acompanha atentamente a disputa, ainda não perdoou Rodrigo Maia (DEM-RJ), a quem atribui sua cassação e criticou Rogério Rosso (PSD-DF). Ele teria dito, segunda coluna, que quando Rosso teve a sua chance, em julho, perdeu por causa de uma "campanha errática".


    Segurança é prioridade


    Depois das sucessivas rebeliões em presídios de vários estados que resultaram em mais de 130 mortes, o assunto segurança pública é tema de reunião convocada pelo Presidente Michel Temer. Representantes da Polícia Federal, da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), do Gabinete de Segurança Institucional e das Forças Armadas participaram de encontro ontem (17), no Palácio do Planalto. A ideia é integrar esforços no combate ao crime organizado. O Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, discutiu o assunto também em reunião com secretários de Segurança de todo o país, onde ouviu o relato de cada um sobre a situação carcerária.


    Vetado


    O Governador Rui Costa (PT) decidiu vetar integralmente o Projeto de Lei do Deputado Euclides Fernandes (PSL), que previa a proibição da chamada consumação mínima em bares, boates e similares em todo o Estado da Bahia. O projeto foi considerado constitucional pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da AL-BA, onde foi relatado pelo Deputado Mário Negromonte Júnior (PP). De acordo com o projeto, a cobrança da chamada "consumação mínima", uma espécie de preço pago pelo consumidor para ingressar em boate, discoteca ou similar, faz com que o consumidor se sinta estimulado a consumir bebida alcoólica em excesso para atingir o valor cobrado, que geralmente ultrapassa a casa dos R$ 30,00 por pessoa.


    Expulso


    A executiva nacional do PDT decidiu expulsar do partido o Senador Telmário Mota (RR), que votou a favor da Proposta de Emenda à Constituição que limita os gastos públicos por 20 anos, a chamada PEC do Teto. A decisão foi tomada "ad referendum", ou seja, ainda precisa ser referendada, o que acontecerá na convenção do diretório nacional do partido, em março. Mota pode recorrer.


    Em campanha


    Em campanha pela sexta reeleição, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo (PSL), fez uma retrospectiva no seu site pessoal sobre os dez anos à frente da Casa. Em texto publicado no site, Nilo afirma ter transformado a "Casa em um espaço democrático, de portas abertas para os movimentos sociais, minorias e todos os cidadãos baianos". A publicação traz fotos com membros da oposição - que podem decidir o pleito atual - e o atual presidente argumenta ter "estabelecido uma relação de equilíbrio e respeito entre os 62 deputados". 



  • 17/01/2017


    17.01.2017 16h57m
    Recomendar

    Sobe - Painel solar residencial por associar vantagens econômicas à sustentabilidade.


    Desce - A superlotação e a guerra das facções em diversos presídios brasileiros.


    Esbanjando


    Mesmo com o país enfrentando uma recessão econômica, os parlamentares brasileiros no Senado dobraram seus gastos com combustível, viagens, alimentação e Correios entre 2014 e 2016. Os dados foram levantados pelo jornal Folha de S. Paulo e divulgados na segunda-feira (16). Em 2014, o gasto foi de R$ 2,4 milhões, saltando para R$ 4,8 em 2016. O piauiense Ciro Nogueira (PP) é o campeão dos gastos com verbas de gabinete. Ele gastou R$ 560 mil em 2016, além do seu salário de R$ 34 mil.


    Campeão de pedidos


    Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, é alvo de 12 processos de impeachment no Senado. De acordo com o Estadão, o número é recorde. Metade das representações contra Janot são de autoria do Senador Fernando Collor (PTC-AL), que é investigado na Operação Lava Jato e foi denunciado por 30 crimes de corrupção pelo próprio Procurador-geral, em 2015. Ao contrário das representações contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), os pedidos contra o procurador estão, em sua maioria, ainda em tramitação.


    Eures Ribeiro


    Candidato a presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), Prefeito de Bom Jesus da Lapa, recebeu no domingo (15) a declaração de apoio do Deputado Estadual Alex da Piatã (PSD). O parlamentar do partido do Senador Otto Alencar tem se empenhado na campanha em prol do candidato lapense, que tem como adversário Luciano Pinheiro (PDT), gestor de Euclides da Cunha.


    Apoio


    Seguindo os passos de ACM Neto (DEM), o Prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (PMDB), deve votar em Luciano Pinheiro (PDT) para a presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB). A informação foi confirmada pelo peemedebista ao Blog do Anderson. Além de Pinheiro, concorrem ao comando da entidade o Prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PSD), que conta com o apoio da atual presidente da entidade, Maria Quitéria (PSB). As eleições acontecem no próximo dia 25 de janeiro.

     

    Planos arriscados


    A Odebrecht que passa pela mais grave crise em 72 anos, tem dois ou três planos para tentar superar essa fase, que inclui a troca do nome do grupo, a redução dos negócios em até 60% e a disseminação da ideia de que errou ao subornar políticos, mas mantém a excelência técnica. De acordo com a Folha, de todos os planos, a troca de nome é o mais polêmico pelos riscos embutidos.


    Suplentes


    O Senado Federal é composto atualmente de quase 20% de suplentes. De acordo com levantamento feito pelo G1, dos atuais 81 parlamentares, 16 estão na condição de suplentes, o equivalente a 19,75% da composição da Casa Legislativa. Dos três senadores baianos, um é suplente. É o caso de Roberto Muniz, que assumiu a vaga de Walter Pinheiro (sem partido), licenciado do cargo porque é o atual Secretário de Educação da Bahia. Caso o Senado permitisse uma bancada de suplentes, esta seria a segunda maior da Casa em número de representantes, perdendo apenas para o PMDB, que possui 19 senadores. Entre os motivos que levam os substitutos ao Senado, estão falecimento, cassação e licença do titular. 



  • 14/01/2017


    16.01.2017 17h59m
    Recomendar

    Sobe - O HEC por implantar Terapia Assistida por Animais (TAA).


    Desce - Geddel por mais uma vez ser pego com indícios de corrupção.


    Companhia


    “Dize-me com quem andas que direi que és”. Partindo desse pressuposto, Geddel continuará no seu calvário. Através de um telefone em desuso encontrado no apartamento do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, a Polícia Federal encontrou provas da interferência do ex-ministro baiano na liberação de empréstimos da Caixa, onde ele ocupava o cargo de vice-presidente.


    Eleição 2018


    Com mais um indício de ilicitude na carreira de Geddel Vieira Lima (PMDB) acreditam alguns que ele se enfraquecerá ainda mais até a eleição de Senador em 2018. O interessante é que aqui em Feira, estarão alegres membros do DEM e até do próprio PMDB, partido de Geddel. A vida é cruel e aí vai o adágio: “Miséria de uns, alegria de outros”.


    Atualizando


    Ontem (13), escrevi a vantagem de Rui sobre ACM Neto na corrida para a eleição 2018, mostrando a vantagem para Rui ao está vencendo as disputas dos consórcios territoriais. Aproveito, agora, para atualizar os números. Dos 20 existentes, 11 realizaram eleição até ontem (13). O placar? Rui 11 x 0 ACM Neto. A única recuperação é diminuir a diferença. A vantagem de Neto está em outra questão que é empírica. Vislumbrando apenas a eleição escolhida pelo eleitor no dia, na situação de hoje, levando-se em consideração Salvador, Neto está na frente.


    Férias


    Delator e ex-executivo da Odebrecht, o baiano Cláudio Melo Filho foi visto no início do mês em Orlando, na Flórida, aparentemente em viagem de férias. Segundo informações do site Poder 360, editado pelo jornalista Fernando Rodrigues, ele estava no parque Islands of Adventure, da Universal Studios, em Orlando, na Flórida (EUA), na última segunda-feira (9). Antes disso, ele passou a virada de 2016 para 2017 em Nova York - uma foto registra ele em frente a uma loja da Armani, no dia 31 de dezembro de 2016.


    Nomeações


    O Presidente Michel Temer nomeou Antônio Fernandes Toninho Costa presidente da Fundação Nacional do Índio (FUNAI). A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (13). Também foi nomeado o novo Secretário Nacional de Juventude, cargo ligado à Presidência da República. Francisco de Assis Costa Filho substitui Bruno Moreira Santos, conhecido como Bruno Júlio, exonerado no início da semana após declarar à imprensa que “tinha que ter uma chacina por semana” nos presídios brasileiros, ao se referir às chacinas ocorridas em instituições prisionais da Região Norte do País.


    Banda Larga limitada


    Sabe aquela história de limite de dados na banda larga fixa? Pois é, a novela voltou e a cobrança de planos baseados em franquias deve mesmo acontecer em 2017. E, mesmo que a Anatel tenha dito o contrário no final do ano passado, a confirmação agora veio do próprio Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Em entrevista ao Poder 360, Gilberto Kassab garantiu a regulamentação da venda de pacote de dados e o fim da internet ilimitada na banda larga fixa para o segundo semestre de 2017. Ele argumentou que a prática será benéfica para o setor. “O nosso objetivo é beneficiar o usuário. O Ministério trabalha para que o usuário seja cada vez melhor beneficiado com melhores serviços”, explica.


    Busca e apreensão


    O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, negou o pedido da Polícia Federal para realizar buscas no apartamento funcional de Lúcio Vieira Lima (PMDB). Agentes da PF estiveram na manhã da sexta-feira (13), na residência do irmão do deputado, Geddel Vieira Lima. “Defiro o pedido de busca e apreensão formulado pela autoridade policial, referente aos endereços indicados (com exceção do endereço apontado como residência funcional do Deputado Lúcio Quadros Vieira Lima, em razão de sua prerrogativa de foro), considerando ainda que Geddel não ocupa mais cargo público Federal em Brasília”, escreveu o magistrado.



  • 13/01/2017


    13.01.2017 09h09m
    Recomendar

    Sobe - O Governo do Estado por eleger o maior número de presidentes dos consórcios territoriais.

     

    Desce - A Febre Amarela que volta a ameçar o Brasil.

     

    Lá Vem Elas

     

    Uma pequena parte do PMDB local, sugere ao ex-secretário Rafael Cordeiro que se candidate a deputado estadual. É de estranhar, se o PMDB, de verdade, quisesse fortalecer Rafael para se eleger deputado, o deixaria na Secretaria de Cultura, pois sem mandato público fica difícil o sucesso de uma eleição, mesmo porque é sabido que o PMDB de Feira de Santana não transfere votos para ninguém, com excessão do ex-deputado Colbert Filho, que sempre foi bem votado, levando-se em consideração a herança política do pai, fora disso, pergunta ao advogado Moura Pinho o que aconteceu com ele quando saiu candidato a deputado estadual dobrando com Colbert? Respondo, Colbert teve 58 mil votos em Feira e Moura menos de 2 mil, e olhe que o bloco Lá Vem Elas tem quase 4 mil integrantes e Moura foi fundador e diretor até hoje. Agora imagina Rafael que nunca nem desfilou no bloco.

     

    Consórcios

     

    Quem pensa que 2018 não começou se equivoca. Pelo menos sob o ponto de vista político já estamos nele. ACM Neto e Rui Costa se digladiam nas disputas pela presidência dos consórcios regionais que agrupam as diversas prefeituras da Bahia, o Governador Rui Costa ganha para o Prefeito ACM Neto com uma larga vantagem. A grande expectativa agora é a disputa pela joia da coroa dos municípios que é a UPB, de um lado Rui e Otto Alencar com Eures Ribeiro (PSD), do outro ACM Neto sozinho com Luciano Pinheiro (PDT).

     

    Descansando

     

    Os vereadores em Feira de Santana estão em período de recesso, mas só vão sair para descansar em Cabuçu, a maioria, a partir de hoje, quando viajarão para a bela praia do Recôncavo Baiano, isso porque nos últimos dias se dedicaram ao trabalho de escolha de seus indicados para comporem os gabinetes, poucos estão entregando a documentação hoje para publicação. A partir de 15 de fevereiro, os novos serão mais observados que os velhos para se vislumbrar o que deles devemos esperar.


    Lava Jato

     

    A Polícia Federal (PF) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prorrogação do prazo do inquérito que investiga a ex-presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por suposta obstrução das investigações da Operação Lava Jato. De acordo com a Agência Brasil, no mesmo processo, são investigados os ex-ministros José Eduardo Cardozo e Aloizio Mercadante, o Presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Francisco Falcão, o Ministro do STJ, Marcelo Navarro Ribeiro Dantas e o ex-senador Delcídio do Amaral. A investigação foi aberta pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, em agosto do ano passado, após pedido do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot.

     

    Dever do Estado

     

    A Ministra Cármen Lúcia, Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), manteve a decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), de que o Estado deve transferir presos que estão em delegacias para presídios. O tribunal gaúcho determinou a transferência de pessoas condenadas, recapturadas, em prisão provisória ou presa em flagrante. O Estado do Rio tentou derrubar a decisão do TJ-RS no Supremo sob o argumento de que a decisão causaria risco de grave lesão à ordem, à segurança e às finanças públicas, já que, foi aplicada uma multa diária de R$ 2 mil em caso de descumprimento da decisão. A transferência dos presos em delegacias foi requerida pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS). O Estado, no recurso, ainda alegou que passa por grave crise financeira, com atraso salarial de servidores.

     

    Novo prazo

     

    O Ministério do Trabalho instaurou procedimento especial para a fiscalização de condições de segurança no trabalho em máquinas e equipamentos, conforme as regras da Norma Regulamentadora 12 (NR12). Com isso, empresas em dificuldade financeira terão prazo maior para corrigirem problemas identificados na fiscalização. De acordo com instrução normativa publicada no Diário Oficial da União de ontem (12), a fiscalização fixará prazo de até 12 meses para correção das irregularidades constatadas durante a inspeção, podendo ser definidos prazos diferentes de acordo com as exigências.


    Barrado

     

    Um princípio de tumulto marcou a chegada do Prefeito ACM Neto (DEM) à Colina Sagrada. Cercado por sua equipe e seguranças, o prefeito seguiu rumo à basílica e no adro da igreja acabou sendo barrado por seguranças do Governador Rui Costa (PT). Isso porque a entrada de todos os políticos é pela lateral. Entretanto, o prefeito afirmou que só entraria pela porta do meio, sendo impedido pelos seguranças. "Nenhuma autoridade pode querer mandar no Bonfim", disse Neto em entrevista, culpando a segurança de Rui.  



  • 12/01/2017


    12.01.2017 17h04m
    Recomendar

    Sobe - Consisal por unir prefeitos e conseguir benefícios para todos os municípios da região sisaleira.


    Desce - Desemprego no Brasil por atingir maior nível desde 2005.


    PT


    O ex-governador da Bahia e ex-ministro do Governo Dilma Rousseff, Jaques Wagner afirmou ontem (11) que vai discutir com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a possibilidade de assumir a presidência do PT na Bahia. O petista, assim como grande parte da cúpula nacional da sigla, defende que Lula se encarregue do comando do partido no país. "Vou me dedicar ao PT da Bahia, do Nordeste e do Brasil, mas prioritariamente ao daqui, que eu tenho mais contribuição a dar. Eu creio que ele [Lula] deve ser nosso presidente nacional, porque é ele quem carrega essa simbologia", declarou Wagner.


    PAC bilionário


    O Governo Federal desembolsou R$ 42 bilhões para pagamento de obras previstas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em 2016. Em reunião ontem (11), no Palácio do Planalto, ministros do Núcleo de Infraestrutura do governo apresentaram um balanço das ações do setor. "Os ministérios mostraram que o pagamento de suas obras estão em dia e que conseguiram equilibrar o pagamento das obras com o cronograma de execução", disse o Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira.


    Culpou Temer


    Michel Temer assumiu a presidência do Brasil em agosto de 2016, após o impeachment da então Presidente Dilma Rousseff, mas para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a culpa da crise pela qual o Brasil "passa é desse governo atual". A afirmação do ex-presidente aconteceu na manhã de ontem (11), durante a abertura do 29º encontro estadual do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MST), ocorrida no Parque de Exposição, em Salvador. O ex-presidente não descartou candidatar-se em 2018 para presidência do Brasil. "Se for necessário, serei candidato outra vez", declarou.


    FIES


    Um grupo de estudos composto por técnicos dos Ministérios da Educação e da Fazenda analisa a possibilidade de reformular o Financiamento Estudantil (FIES) a longo prazo. O governo está preocupado com o diagnóstico do Tribunal de Contas da União (TCU), que estima um déficit de R$ 20 bilhões no início da próxima década, e por isso estuda migrar parte do investimento para o Programa Universidade Para Todos (PROUNI).


    TCM


    O Ministério Público de Contas do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) está com novo comando. O Procurador Danilo Diamantino Gomes vai assumir a chefia do órgão em substituição a Aline Paim do Rego Rio Branco. Gomes foi escolhido para o comando do órgão para os próximos dois anos pelos seus colegas e confirmado pelo Presidente do TCM, conselheiro Francisco de Souza Andrade Netto. Atualmente, o órgão ministerial é composto por Danilo Gomes - novo procurador chefe - e pelos procuradores Guilherme Macedo, Camila Vasquez e Aline Paim do Rego Rio Branco.


    Reforma administrativa


    O Governador Rui Costa vai tirar do papel a reforma administrativa que vem sendo talhada no Palácio de Ondina desde outubro do ano passado. Os prazos para o anúncio das mudanças foi alterado em algumas ocasiões devido a necessidade de alinhar os interesses da base aliada. A intenção do petista era iniciar 2017 já com o novo "time" atuando, contudo, as costuras não avançaram e se postergou, inicialmente, para depois da eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. Novamente, Rui Costa mudou o cronograma e a "dança das cadeiras" acontece até a próximo sábado (14).


    Nomeações


    Foram publicadas no Diário Oficial do Município de Salvador de ontem (11), as nomeações do Vereador Cláudio Tinoco (DEM) e da Deputada Federal Tia Eron (PRB) para os cargos de Secretário da Cultura e Turismo e da Promoção Social e Combate à Pobreza, respectivamente. Na terça (10), foi publicada a nomeação do Subsecretário de Tia Eron, Átila Brandão Júnior, filho do bispo Átila Brandão.  



  • 11/01/2017


    11.01.2017 11h02m
    Recomendar

    Sobe - Feira de Santana por ser uma das cidades nordestinas que mais valoriza a agricultura familiar.


    Desce - A forma excessiva como populares agiram espancando até a morte um suspeito de estupro.

     

    Pausa na turbulência


    O Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, acompanhou Michel Temer na viagem que o presidente fez para o funeral do ex-presidente de Portugal, Mário Soares, que aconteceu ontem (10). O peemedebista incluiu Mendes na comitiva oficial para o país. A viagem ocorreu em meio ao julgamento pelo TSE do processo de cassação da chapa presidencial. A campanha de Dilma e Temer, em 2014, é acusada de ter recebido dinheiro ilegal. O julgamento deve ocorrer no segundo semestre deste ano. Caso a chapa seja cassada, a Constituição Federal estabelece realização de eleição indireta para sucessão do atual presidente, no caso, Temer.


    Informante


    O Presidente Michel Temer deu informações sobre a política brasileira à embaixada dos Estados Unidos em troca de eventual apoio político. Ao menos é o que garante Julian Assange, fundador do Wikileaks, site que divulga postagens de fontes anônimas, documentos, fotos e informações confidenciais, vazadas de governos ou empresas. Em entrevista concedida ao site Nocaute, do jornalista Fernando Morais, Assange afirmou ter encontrado telegramas do então cônsul-geral dos Estados Unidos, Christopher J. McMullen, que apontam que Temer atuou como informante da embaixada americana em 2006, quando era deputado federal. "Michel Temer teve reuniões privadas na embaixada dos Estados Unidos e forneceu informações políticas às quais muitos não tinham acesso.

     

    Luta contra os juros

     

    O Presidente Michel Temer disse na segunda-feira (9), em Esteio, no Rio Grande do Sul, que em função da queda recente da inflação, o governo já trabalha com a possibilidade de um cenário com juros mais baixos. Ele voltou a manifestar o interesse de atuar a favor da simplificação da Reforma Tributária, que afirmou, poderá resultar na revisão do pacto federativo. "Quando chegamos, a inflação prevista era de 10,7%, e nós entregamos com 6,7%. Nós a baixamos 4 pontos percentuais em seis meses. Certa e seguramente, com a inflação caindo, os juros também cairão. E caindo responsavelmente [os juros], influenciarão os investimentos do nosso país", disse o presidente, segundo a Agência Brasil.


    Censo penitenciário


    A Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, discutiu com o Presidente Michel Temer no último sábado (7) sobre a realização de um censo do sistema penitenciário do país. De acordo com o G1, o objetivo é colher dados mais atualizados sobre a situação dos presos para lidar com situações como a crise nos presídios. Pela estimativa inicial, o censo custaria cerca de R$ 18 milhões e contaria com apoio do Exército, para segurança dos pesquisadores e indicação de locais, de Organizações Não Governamentais (ONGs) e entidades humanitárias.


    Servidores expulsos


    O Governo Federal exonerou 550 servidores públicos por envolvimento em atividades ilícitas em 2016. O número é o maior dos últimos 14 anos, desde quando foi iniciada a série histórica, em 2003. Nesse período, já foram expulsos 6.209 agentes da União. Do total registrado em 2016, foram registradas 445 exonerações de servidores efetivos, 65 cassações de aposentadorias (recorde no comparativo dos últimos seis meses) e 40 destituições de ocupantes de cargos em comissão. A causa mais frequente de demissões foi a prática de atos relacionados à corrupção, com aplicação de pena em 343 casos (65,3% do total). O abandono de cargo, inassiduidade ou acumulação de cargos dividem o segundo lugar nas causas de demissões, com 158 casos (24,4%).


    Descuido


    O Governo Federal teve as senhas de suas redes sociais publicadas, ontem (10), por engano, pelo Palácio do Planalto, no Twitter. Foram divulgadas as senhas do Facebook, Twitter e Instagram, do Portal Brasil e do Palácio do Planalto. De acordo com a Secretaria de Imprensa da Presidência, o erro aconteceu em uma postagem já apagada do Portal Brasil na rede social, gerida pela equipe de Contas Digitais. No tuíte feito pelo orgão, um link direcionava o leitor para um documento do Google Drive com todas as senhas das redes sociais. Ainda segundo a Secretaria de Imprensa da Presidência, as senhas já foram trocadas e o caso está sendo apurado internamente.



  • 10/01/2017


    10.01.2017 11h25m
    Recomendar

    Sobe - Ministério Público Federal por cobrar reparação ambiental quando da construção do estaleiro Enseda do Paraguaçu.


    Desce - CEF que parece não estar fiscalizando corretamente as pequenas construtoras, ocasionando prejuízos para os adquirentes.


    Prestígio


    Segundo o site da Prefeitura de Feira de Santana, o novo Secretário Interinstitucional Nau Santana será o novo responsável para articular apoio para os projetos em Brasília. É primeira vez que Elionei ocupa um cargo público e já recebeu uma missão de peso. Isso implica relação estreita nos ministérios e interlocução fácil com os deputados. Nada que força de vontade não resolva.


    Pelo Facebook


    O Promotor de Justiça Rogério Zagallo, em seu Facebook, voltou a escrever comentários preconceituosos, mesmo após já ter sido punido por incitar violência policial contra manifestantes, em São Paulo. Neste domingo (8), em seu Facebook, Zagallo disse que a desembargadora do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) tem cara de empregada doméstica. O comentário foi feito num post do advogado Caio Arantes, que havia compartilhado uma notícia sobre a Desembargadora Encarnação das Graças Salgado, acusada de ligação com facção criminosa. Zagallo comentou: "Pela carinha, quando for demitida poderá fazer faxina em casa. Pago R$ 50,00 a diária".


    Proibida de falar


    O Presidente Michel Temer tem enfrentado diversas polêmicas por causa do que seus ministros falam, mas isso ainda não aconteceu com sua sua esposa, Marcela Temer, que nada tenha revelado. De acordo com a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, esse silêncio tem explicação: o presidente teria proibido a mulher de conceder entrevistas. Desde que o marido assumiu o poder, após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, Marcela não falou com a imprensa de forma direta e qualquer declaração foi por meio de assessores.


    Novos partidos


    No último dia útil de 2016, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou o 50º pedido para criar uma agremiação política no Brasil, o Partido Democrático dos Servidores Públicos (PDSP). Além desta, outras 49 aguardam análise da corte para saber se poderão participar de disputas e ter acesso a um quinhão do Fundo Partidário, mesmo após o Senado aprovar medida que restringe os direitos de siglas que não atingirem patamar mínimo de votos. O jornal O Estado de S. Paulo procurou representantes de todas essas siglas e, dos 25 que responderam, indicaram que a chamada cláusula de barreira não vai inibir que iniciativas como a dos entusiastas do PDSP continuem a prosperar no país. A maior parte dos postulantes afirmam não temer as implicações da nova regra e nenhum deles pretende desistir do pedido no TSE.


    Mudança de sexo


    O Ministério de Saúde, através do Sistema Único de Saúde (SUS), habilitou quatro novos serviços ambulatoriais para procedimentos transexualizadores. De acordo com a Agência Brasil, entre eles estão a terapia hormonal e o acompanhamento psicológico dos usuários em consultas antes e depois da cirurgia de mudança de sexo. Entretanto, tais atendimentos só estão disponíveis em São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro e Uberlândia (MG). Em relação à resignação sexual, como processo é irreversível, o Ministério da Saúde exige que antes da cirurgia seja feito um acompanhamento multidisciplinar por pelo menos dois anos. Para ambos os gêneros, a idade mínima para procedimentos ambulatoriais é de 18 anos.


    Mudanças


    O Governador Rui Costa (PT) disse ontem (9), em entrevista à Record TV Itapoan, que anunciará as mudanças em seu governo na próxima semana. De acordo com o petista, as conversas ainda estão se afunilando. "Semana que vem anuncio as mudanças, não somente em secretarias, mas também em empresas e órgãos. Estamos trabalhando para afunilar estas mudanças e na próxima semana estarei anunciando, para que já em janeiro os novos ocupantes possam começar a trabalhar", disse.


    Provas


    Em três anos, a Operação Lava Jato acumulou um acervo criminal e histórico de 30 milhões de documentos, como e-mails, anotações, agendas de encontros e arquivos de textos. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a sala onde os arquivos estão, em Curitiba, possui seis metros por três e uma mesa retangular no centro, onde há um terminal de computador e quatro laptops, todos ligados a dois servidores sob a mesa. Nos servidores, com capacidade de pelo menos 30 terabytes, estão documentos apreendidos nas buscas, laudos, informações de policiais, dados de quebras de sigilo fiscal, bancário e telemático dos investigados. É o maior acervo de provas já produzido pela Polícia Federal em uma investigação contra a corrupção no Brasil.  



  • 07/01/2017


    07.01.2017 09h38m
    Recomendar

    Sobe - PM de Feira por conseguir capturar acusado de incêndio criminoso e matar 5 pessoas de sua própria família.


    Desce - Pai que ateou fogo na casa e matou 5 pessoas, inclusive seus próprios filhos.


    Sem assunto


    A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) registrou 28 sessões ordinárias em que não houve quórum sequer para começar em 2016. Em cada uma delas, um deputado falou sozinho para abrir e fechar os trabalhos. Em 13 delas, isso não durou nem um minuto. O regimento da Casa exige que as sessões sejam abertas, mesmo quando não houver quórum. Maria Del Carmem (PT) foi a campeã em falar “sozinha”. Comandou e encerrou oito sessões, uma delas em apenas 29 segundos. As duas mais rápidas do ano, contudo, ficaram sob responsabilidade de Pedro Tavares (PMDB).


    Da Cadeia para a Câmara


    O suplente de Deputado Nelson Nahim (PSD-RJ) foi empossado na Câmara na quarta-feira (4), três meses após ter sido solto devido a uma liminar concedida pelo Ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF). Condenado em primeira instância a 12 anos de prisão por estupro de vulnerável, coação de testemunhas durante o processo e exploração sexual de adolescentes, Nahim passou quatro meses na prisão. Irmão do ex-deputado e ex-governador Anthony Garotinho (PR-RJ), de quem é rival político, Nahim assumiu a vaga do Deputado Índio da Costa (PSD-RJ), que pediu licença do mandato para comandar a Secretaria Municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação, no Governo do Prefeito Marcelo Crivella (PRB), no Rio.


    Por enquanto, promessas


    Anunciada pelo Presidente Michel Temer na quinta-feira (5) como uma das medidas “concretas” para aperfeiçoar o sistema prisional do país, a construção de cinco novas penitenciárias federais ainda não tem uma data para ser concretizada. A ausência de um prazo foi confirmada pelo Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em coletiva à imprensa, após encontro do núcleo institucional do governo, comandado por Temer. “Nós vamos verificar um presídio em cada uma das regiões e aí abrir imediatamente a licitação. Já temos um modelo, o projeto executivo do presídio, isso já se ganha tempo. Mas não é possível falar num prazo, porque a licitação nem foi aberta ainda”, afirmou Moraes.


    Foi multado


    O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi multado em R$ 3.402,40 por ter atrasado em 24 dias a entrega das chaves do apartamento funcional que ocupava em Brasília, quando era parlamentar. De acordo com o G1, o peemedebista perdeu o direito de usar o imóvel quando teve o mandato parlamentar cassado em setembro de 2016, no plenário da Câmara por 450 votos a 10. Na quinta-feira (5), ele recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender a sua cassação.


    Na “parceiragem”


    Após críticas ao amontoamento de lixo, o Prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM), decidiu assinar um contrato emergencial com dispensa de licitação para os serviços de coleta de lixo da cidade. A empresa contratada nessas condições foi a Naturalle Tratamento de Resíduos, que tem como sócia a RVT Incorporação, de propriedade dos irmãos Vitor e Rodrigo Loureiro Souto. Os empresários são filhos do Secretário da Fazenda de Salvador, Paulo Souto (DEM), que é considerado aliado do Elinaldo, tendo colaborado com a sua campanha.


    Já era previsto


    As medidas anunciadas pelo Presidente Michel Temer resolver a crise no sistema carcerário são soluções “requentadas”. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, os recursos anunciados pelo governo já fazem parte do Orçamento para 2017 - em resposta à urgência da situação, Temer prometeu R$ 200 milhões para construção de cinco novas unidades carcerárias, R$ 230 milhões para aprimoramento do sistema de segurança de presídios estaduais, R$ 150 milhões para bloqueadores de celulares e R$ 80 milhões para compra de scanners corporais.



  • 06/01/2017


    06.01.2017 09h23m
    Recomendar

    Sobe - Feira do Livro usado por oportunizar economia no bolso de pais de alunos.


    Desce - A telefônica Claro, que com 1.277 queixas, lidera o ranking de reclamações no Procon de Feira. 

     

    União


    Ao ler uma declaração do Deputado Federal Bolsanaro (PSC) de que estava conversando com o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, sobre a união dos dois sobre a candidatura de Bolsanaro a presidente da República, só veio à minha cabeça (e sem nenhuma alusão a qualquer um dos dois) o título do filme de Glauber Rocha: "Deus e o diabo na terra do sol".


    Senador


    Cansado, acredito, do tratamento dispensado, respeitosamente, a José Ronaldo de "tudo bem, prefeito?!" pelos quatro mandatos que ostenta, acho que Ronaldo vai terminar gostando mais de ser tratado já a partir de agora de "como vai, senador?!". Novidade sempre é boa! Esforço repetido sempre cansa, LER - Lesão por Esforço Repetitivo.


    Ângelo


    O Deputado recém-empossado Ângelo Almeida (PSB) como um maratonista percorreu todas as Redações dos programas jornalísticos das emissoras de Feira de Santana e aqui também no Folha do Estado. Foram dois dias de périplo incansável. Vale ressaltar que as entrevistas tiveram conteúdo.


    Paz


    A avaliação que alguns da imprensa fazem é que o grande espaço utilizado pelo Deputado Ângelo (PSB), sem contestações e sem divisão de tempo, prevaleceu, também, a sorte. Descobriu-se que o Deputado Zé Neto (PT) aproveitou esta semana para descansar o corpo e a voz nas praias de Itaparica. O resultado é uma cidade silenciosa.


    O silêncio


    Tem me incomodado o silêncio e a frieza nas tratativas políticas em Feira de Santana. o início de ano não tem nem graça se tratando de política. Estou ávido para a chegada do início das sessões da Câmara. Aí sim, teremos espaço para muito sarro e exploração melhor dos que terão conteúdo. Estou até sem vontade de escrever.

     

    Engorda


    Candidato à presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o Deputado Pastor Sargento Isidório (PDT) comemorou a "engorda" da sua candidatura à presidência da Casa. Antes solitário, Isidório diz contar agora com o apoio de Samuel Júnior (PSC).

     

    Racha


    Enquanto brigam Ângelo Coronel (PSD), Marcelo Nilo (PSL) e Luiz Augusto (PP) pela presidência da Assembleia Legislativa, demonstrando um racha da base do governo, o Governador Rui Costa tenta botar panos quentes.

     

    Racha I


    Em conversa com a imprensa na manhã de ontem (5), Rui Costa se recusou a criticar racha da base na disputa pelo comando do Legislativo. "Quem tem tarefa de unificar a candidatura não pode fazer grandes declarações. Vou chamar para conversar, dialogar, ouvir opiniões para ver se conseguimos unificar as candidaturas. É uma tarefa dos deputados, mas vou tentar ajudar", ressaltou.


    A Deus


    No Rio de Janeiro, um prefeito também tem provocado polêmica ao entregar a sua cidade a Deus. Na Bahia, o Prefeito de Guanambi, Jairo Magalhães (PSB), tem recebido críticas por entregar as chaves do município a Deus.


    A Deus I


    Na cidade de Santo Antônio de Pádua, no noroeste fluminense, Josias Quintal de Oliveira, também do PSB, decretou: "fica entregue a DEUS, o destino do Governo deste Município no período de 1º de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2020". 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia