Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 08/08/2020


    09.08.2020 22h16m
    Recomendar

    Sobe - Projeto Live solidária Mercante por estimular ajuda humanitária em tempo de crise.

     

    Desce - Presidente Bolsonaro, ao relativizar 100 mil mortes no Brasil com a afirmação despresível "Vida que segue".

     

    Reação


    Depois que o vereador Roberto Tourinho pontuou falta de transparência em ações do governo do município, o vereador Ron do Povo se dirigiu a tribuna em tom ameaçador disparou, mas começando bem: "Queria ter só um pouco da sua inteligência, mas Deus sabe de tudo. Deus está me dando força, sabedoria e paciência, porque tem vereador aqui, que não tem coragem de falar". E, pouco se importando com a vida. Em seu prêambulo também fez um alerta: "Estamos nesse mundo de passagem".

     

    O verbo


    Feita as considerações iniciais, o vereador Ron começou a dizer o que, de fato, estava em seu coração e, dirigindo-se a Tourinho disparou: "Tem muitos aqui, que quer o poder, o dinheiro e as indicações que tem é tudo nessa vida, mas eu quero honrar a Deus, aos meus pais e ao meu povo. Não quero estar com conversa bonita, prometendo, levando e fazendo as pessoas ir de contra as outras através da 'lábia'. Aqui não tem ninguém tabaréu, ninguém besta, mas o senhor também é malandro. Como o senhor falou que aqui tem muito malandro, o senhor também faz parte da malandragem", disparou.

     

    A ameaça


    Ron não parou, e, agora, mais incisivo, olhando firmemente para Roberto Tourinho (que o desprezava lendo papeis como se ninguém estivesse falando com ele) e irritado mandou: "Se somos quadrilha, o senhor fez parte da quadrilha. O senhor é frio e calculista, vereador. Mas, se no Micareta o senhor se bater comigo, a gente vai conversar particular porque o senhor ofende chamando aqui, de cachorro, de mau-caráter, de moleque, mas tem que ter mais respeito aos colegas vereadores, ao prefeito e ao ex-prefeito". Com esta chamada para um duelo corporal com Tourinho, Ron corre o risco de ficar entre os que, em briga de rua, usam arma branca para atingir o opositor. Ficou feio.

     

    A resposta


    Tourinho pontuou que não estava entendendo e que não sabia que a academia de artes maciais de Renato Pereira fazia parte do circuito da Micareta, mas que fica logo vizinho da Câmara. Com isso, Tourinho indicava o lugar de lutar. Não o dele, que é o da palavra, mas de Ron, o brabo.

     

    Wagner


    O senador Jaques Wagner (PT-BA) apresentou um Projeto de Decreto Legislativo (PDL) para suspender o decreto presidencial que altera a estrutura e reformula cargos da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). O dispositivo editado por Jair Bolsonaro ainda criou o Centro de Inteligência Nacional.

     

    Tocar a vida


    O presidente Jair Bolsonaro disse na última quinta-feira (6), que é preciso "tocar a vida", ao comentar o fato de o Brasil se aproximar da marca de 100 mil mortes pelo novo coronavírus.

     

    Recebeu


    O prefeito Colbert Martins participou em Salvador, ontem (7), de uma solenidade para o recebimento de cinco veículos adquiridos com recursos oriundos de emendas parlamentares para serem utilizados na saúde. Segundo o gestor, os veículos serão utilizados administrativamente. "Vamos aplicá-los sim, na Secretaria de Saúde e principalmente neste momento no combate ao coronavírus", informou.

     

    Tom


    O deputado Pastor Tom (PSL) defendeu, em indicação apresentada na Assembleia Legislativa e encaminhada ao governador Rui Costa, o adiamento do pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) do exercício 2020 para setembro de 2021, dos transportes intermunicipais, dos carros de som e trios elétricos.

     

    Geddel


    O ex-ministro Geddel Vieira Lima pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a manutenção da prisão domiciliar humanitária, concedida durante o recesso forense pelo presidente da corte, Dias Toffoli. 



  • 07/08/2020


    07.08.2020 12h50m
    Recomendar

    Sobe - A sensibilidade do ministro Barroso ao acrescentar mais uma hora para idosos votarem com segurança.


    Desce - Secretário, no Governo João Dória, por ter sido preso pela Polícia Federal.


    Desistências


    Depois da desistência de candidatura ao legislativo, do vereador Sebastião Bastinho, ontem (6), o ex-vereador Beldes também desistiu de disputar o pleito deste ano. São dois nomes fortes que o PSD perde na composição da chapa. Beldes anunciou que não disputará a eleição, mas vai apoiar o pré-candidato a vereador Fernando Torres.


    Medo


    Alguns partidos estão receosos que, levados pela crise econômica e o medo de andarem nas ruas por conta da COVID, alguns pré-candidatos possam desistir de suas candidaturas. O receio dos dirigentes de partidos que pensam em eleger dois, só eleja um, e quem poderá fazer um, fique sem nenhum. É um terror!


    Terror


    O entra e sai na direção do Cidadania em Feira de Santana está causando inquietude nos pré-candidatos do partido. Essa agremiação tem uma constituição híbrida, com metade dos candidatos de Targino, e metade, de José Ronaldo.


    Terror II


    O partido no município, tinha o controle de Ronaldo, mas com o presidente ligado a Targino. Pois bem, o grupo de Ronaldo derrubou Deibson da presidência, e em efeito reverso, Targino derrubou o novo diretório e restituiu Deibson ao cargo.


    Terror III


    Ronaldo foi a forra, e novamente afastou Deibson. Em reunião em Salvador, na última segunda-feira, o presidente estadual do partido, Joceval, que protegia o grupo de Ronaldo deu as costas a este, e está entregando o partido a Targino, que deve indicar Deibson para vice, na chapa de Geilson. Quem avisa, amigo é. O troco está sendo providenciado.


    Dossiê


    O Ministério da Justiça afirmou ao Supremo Tribunal Federal (STF), em documento enviado ontem (6), que a Secretaria de Operações Integradas (Seopi) não produz dossiês “contra nenhum cidadão” e não instaura “procedimentos de cunho inquisitorial”.


    Dossiê II


    A secretaria foi apontada como autora de um relatório sigiloso sobre mais de 500 servidores públicos da área de segurança identificados como integrantes do movimento antifascismo e opositores do governo Jair Bolsonaro. A informação foi revelada por reportagem do site UOL.


    Mudança


    O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) pediu ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) a troca dos promotores que atuam na investigação relacionada ao chamado “esquema das “rachadinhas”. As irregularidades apuradas - confisco de parte dos salários de assessores - teriam ocorrido no gabinete do parlamentar, então deputado estadual, no Rio de Janeiro.



  • 06/08/2020


    06.08.2020 12h39m
    Recomendar

    Sobe - A taxa de crescimento da COVID-19 em Feira que está abaixo de 1%.


    Desce - Embasa, por deixar 35 bairros feirenses sem água por dois dias.


    Indigestão


    A pré-candidata a prefeitura de Feira de Santana pelo partido Novo, Louise Novais ao ver a foto de políticos da cidade reunidos em café da manhã, na articulação de um bloco, fez duras críticas. “Alguns representantes da velha política em Feira de Santana se juntaram para tomar um café da manhã, obviamente eu não fui convidada. Mas, só de ver a foto no jornal, me deu uma indigestão. Traições e mágoas não devem fazer parte do cardápio de quem pretende governar a segunda maior cidade da Bahia. Feira de Santana merece ser administrada de forma técnica, e não no gogó”, disse.


    Alerta


    Mesmo fazendo parte do partido do prefeito Colbert Martins, o vereador Isaías de Diogo não poupou palavras para, segundo ele, alertar o chefe do Executivo. Isaías afirmou na sessão de ontem (5), que algumas pessoas estão atrapalhando a administração de Colbert. “Têm pessoas que estão tentando bloquear seu avanço na cidade. Não vou me cansar em alertar”. Ele não revelou os nomes. Quem será? alguém tem especulações?


    Críticas


    Ao falar de sua pré-candidatura, Roberto Tourinho fez duras críticas aos governos de José Ronaldo (DEM) e de Colbert Martins (MDB). “Nos corta o coração quando vemos a destruição do centro comercial de Feira de Santana. Esse grupo político está aí desde 2001. São 19 anos administrando a cidade. Quem foram os responsáveis pela destruição, pelo abandono do centro de abastecimento, pela expulsão dos pequenos vendedores e pela ocupação dos vendedores nas ruas centrais de Feira de Santana? Estamos conversando com estas pessoas para tornar o centro de abastecimento o maior entreposto comercial do Norte-Nordeste do País”, disse.


    Eleições 2020


    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou ontem (5) o per- fil do eleitorado brasileiro para as eleições municipais. Neste ano, 147.918.483 eleitores poderão votar nas eleições municipais. A maioria do eleitorado é formada por mulheres, que representam 52,49% do total. Entre aqueles com voto obrigatório, a maior parte está na faixa etária de 35 a 59 anos, sendo 67.011.670 eleitores.


    Combate a COVID-19


    O Ministério da Saúde autorizou a liberação de R$ 3.413.290,00 para o governo da Bahia. O montante, oriundo do Fundo Nacional de Saúde, será destinado à compra de equipamentos para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, além da aquisição de material permanente.


    Cartilha


    O Governo do Estado lançou uma nova cartilha que reúne um conjunto de orientações voltadas aos servidores públicos estaduais e que devem ser observadas durante o ano eleitoral de 2020. O documento de 41 páginas é baseado na Lei Eleitoral (no 9.504/1997) e especifica as vedações eleitorais que precisam ser respeitadas pelo agente público na execução das ações governamentais até o final deste ano.


    Bloqueado


    A Justiça Eleitoral de São Paulo determinou, na última sexta-feira (31), o bloqueio de bens até o limite de R$ 11,3 milhões sobre imó- veis e valores constantes nas contas bancárias do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Segundo o portal G1, a informação, contudo, foi divulgada apenas ontem (5) pela Polícia Federal, responsável pelo pedido.


    Redução


    O governo estuda reduzir a alíquota do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física de 27,5%, atualmente a maior na tabela da Receita. Os números finais ainda são calculados, mas técnicos citam percentuais entre 23% e 25%.



  • 05/08/2020


    05.08.2020 12h54m
    Recomendar

    Sobe - A pré-candidatura de Carlos Geilson com o apoio de Targino Machado.


    Desce - Liderança de José Ronaldo, que ao ter perdido o apoio de Geilson, agora também perde a do deputado Targino Machado.


    A chapa


    O apoio de Targino para Geilson representa uma chance maior ao ex-deputado para o pleito deste ano. Caberá a Targino a indicação do vice e, como antecipei, ontem, o nome mais provável é o de Deibson Cavalcante, que até recentemente era o presidente do Cidadania e que é político de confiança do deputado. Deibson tinha uma leve relação política com Ronaldo, mas com a chegada de Targino para fazer política em Feira, Deibson escolheu a luz do seu caminho.


    Críticas


    Targino criticou Zé Ronaldo na coletiva de imprensa, afirmando que não pôde emplacar sua candidatura porque, em Feira, o Democratas tem dono. “A força que vale aqui não é a da democracia. É a da ditadura partidária. Um grupo que se arrasta há 20 anos no poder e quando diretamente Zé Ronaldo não está na administração municipal, tem sempre um aliado dele na prefeitura”, disse o deputado demista.


    Satisfeito


    Satisfeito com o apoio recebido, Geilson revelou que conversava sobre as eleições municipais com Targino desde o ano passado “quando chegamos a um entendimento que não haveria duas candidaturas e que seria ou ele ou eu”, disse.


    Protesto


    Ainda que atrasado na polêmica, o vereador Edvaldo Lima (MDB) não perdeu a oportunidade de fazer um de seus protestos na Câmara Municipal. Ele usou seu tempo na tribuna para reprovar a campanha de Dia dos Pais da empresa Natura com participação de Thammy Miranda. Para o vereador, “se é operado, não é natura”, e utilizar um homem transgênero para estrelar a campanha em homenagem ao Dia dos Pais é uma falta de respeito.


    Questionamento


    O vereador Roberto Tourinho (PSB) questionou na Câmara Municipal sobre o investimento de verbas no âmbito da saúde pública municipal. De acordo com o parlamentar, desde o início da pandemia causada pela Covid-19, Feira de Santana já recebeu cerca de R$ 60 milhões destinados à saúde. Para ele, a Secretaria está completamente desarticulada e a população sofrendo.


    Democratas 2022


    Convicto de que o Democratas deve apresentar um candidato à Presidência da República em 2022, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), vê o prefeito ACM Neto como um possível postulante, já que Neto é presidente nacional do partido.


    Caixa 2


    O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, admitiu o recebimento de caixa dois da JBS, nas campanhas de 2012 e 2014, em acordo de não-persecução penal firmado com a Procuradoria-Geral da República (PGR). O ministro deverá pagar R$ 189 mil como prestação pecuniária para que seja encerrada a investigação sobre o assunto.



  • 04/08/2020


    04.08.2020 12h57m
    Recomendar

    Sobe - O SENAI por oferecer 2.262 vagas gratuitas para Cursos de Aprendizagem Industrial Básica na Bahia.

     

    Desce - Hospital Clériston Andrade por trocar corpos de mulheres que faleceram por covid-19.

     

    A live


    Hoje (4), às 10h, acontecerá a live conjunta do ex-deputado estadual Carlos Geilson (Podemos) e do deputado estadual Targino Machado (DEM). Os convites distribuídos pelas redes sociais têm assinatura conjunta dos dois políticos. Entretanto, antecipo, aqui, o que todos imaginam: Targino vai apoiar Geilson. Já que o DEM, seu partido, não tem candidato a prefeito. Agora segue uma novidade. Pela minha intuição, o nome do candidato a vice, para Geilson que será candidato a prefeito, é o servidor lotado na UEFS, Deibson Cavalcante, um dos articuladores de partidos em Feira de Santana. 

     

    O resultado


    Esse apoio de Targino traz musculatura a Carlos Geilson, que contava com o apoio do Podemos (seu partido) e o PTC. Agora, acompanham essa pré-candidatura o PTB e o Solidariedade, que têm chapas completas e estão sob o comando político de Targino. Com Targino engajado na disputa, a eleição de 2020 tem todos os componentes para se tornar nitroglicerina pura. Sai de baixo.

     

    Convenção


    O PROS é o primeiro partido em Feira de Santana a marcar o dia da sua convenção. A sigla constituída, no município, para apoiar o prefeito Colbert Martins (MDB), marcou para 31 de agosto, quando também definirá a chapa de vereadores e consolidará, oficialmente, seu apoio à chapa majoritária a prefeito. Pelo menos, por enquanto.

     

    Ambulantes


    O vereador Isaías de Diogo (MDB) fez uma proposta para dar uma garantia aos ambulantes do centro da cidade. Para os que forem ao Shopping Popular, sejam isentos tanto dos valores de aluguel particular, quanto as demais taxas. A suspensão acontecerá enquanto perdurar a pandemia, e após, o pagamento sem acréscimos e juros começará com um ano de carência.


    A volta


    Ao voltar para a Câmara após saída de Pablo Roberto (DEM), o vereador Josafá Ramos (Patriota), agradeceu a todos que apoiaram a sua jornada política e declarou que pretende contribuir para a prosperidade do município. Ainda informou que, em breve, irá anunciar o seu posicionamento quanto à base governista e destacou que anseia pelo "convívio mais amistoso e glorioso possível", podendo contar com os seus pares na votação de futuros projetos e encaminhamentos levados ao Legislativo.

     

    Retomada


    Cadmiel Pereira (DEM) falou sobre o planejamento de retomada de ações para todas as áreas feirenses nas quais os seus representantes busquem melhorias após a pandemia. De acordo com o parlamentar: "Sabemos que o Brasil, a Bahia e Feira de Santana foram afetados economicamente com a pandemia, mas não podemos deixar que isso siga acontecendo. Precisamos descruzar os braços".

     

    PSDB-mulher


    Lançada no mês de junho, a "Plataforma PSDB-Mulher: Pré Campanha 2020" foi a principal tônica discursiva da vereadora Eremita Mota. A parlamentar explicou que a plataforma dará suporte a aproximadamente 10 mil candidatas da legenda que participarão das eleições municipais deste ano. O projeto, sob comando da presidente nacional do PSDB-Mulher, Yeda Crusius, teria eventos presenciais, mas foi adaptado devido à pandemia de Covid-19.


    CPMF


    Com o debate em torno do retorno da CPMF já instaurado, o governador Rui Costa (PT) se posicionou entre aqueles que não rejeitam a ideia por completo. Para o petista, o imposto sobre transações pode auxiliar no combate ao crime. Rui destaca que o crime organizado utiliza o sistema financeiro para fazer movimentações. Portanto, o imposto seria útil para rastrear esse dinheiro e movimentações ilegais. Mas, retomar o imposto sob a ótica da arrecadação é algo que ele não concorda. 



  • 01/08/2020


    02.08.2020 20h33m
    Recomendar

    Sobe - JBS pelo trabalho solidário com distribuição de UTI móvel e veículos para São Gonçalo e Feira de Santana.


    Desce - Ministério Público federal por expor suas mazelas publicamente. Um componente forte de vaidade.


    Falando grosso


    O pré-candidato a prefeito, Carlos Geilson que antes estava ancorado no Podemos e no PTC, partidos que têm um espaço pequeno em rádio e tv, não atenderia a necessidade do pré-candidato para propor seu programa nos dois órgãos de comunicação, estava falando fino. Agora não, depois de conversas durante a semana, Geilson anunciou que na terça-feira que vem fará uma coletiva para falar do apoio de outros partidos a sua candidatura.


    Aumentando o tom


    Os indícios levam a crer, que o PTB e Solidariedade serão os partidos, e que ainda pode vir o DC de Clóvis Pedreira, os dois outros têm a liderança do deputado Targino Machado (DEM). Como posso chegar a essa conclusão, o deputado Targino Machado em vídeo no Whatsapp voltou mais uma vez à bateria de críticas ao prefeito Colbert, e fato novo, ele que, a partir do final do ano passado, atendendo a um pedido de ACM Neto diminuiu, quase sumiu com críticas a José Ronaldo, no último vídeo começou a "beliscar" o ex-prefeito.


    Retornando o passado


    Targino atendeu ACM Neto em parte, deixou de fazer acusações a Ronaldo, mas não perdeu de vista as que fazia a secretária de saúde, Denise Mascarenhas, vez ou outra, batia no prefeito e não esquecia da secretária. É que Targino ao não criticar Ronaldo, mandava um recado, nem tanto e nem tão pouco, porque quando fazia antes de dezembro críticas a Denise, botava Ronaldo também no "olho do furacão". Para mim, Targino vai apoiar Geilson. E aí gente, sai de baixo!


    Republicano


    O deputado e pré-candidato a prefeito, José de Arimatéia, andou avisando a alguns blogs que, além do seu partido, teria apoio de mais dois, e não sinalizou mais nada. A ideia que se tem, é que o deputado está levando em "banho-maria" a condução política, mas esquentando nas orações. Amém!


    Eleições 2022


    Quando questionado sobre a possibilidade de Rui Costa ser candidato a presidência em 2.022 pelo PT, o presidente Lula não descartou. "Como é que a gente pode dizer que um candidato não tem chance? Rui Costa não é só um governador, é um grande governador". De acordo com o ex-presidente, Rui transformou a Bahia para melhor e é um grande nome.


    Câmara Municipal


    A Câmara Municipal de Feira de Santana retoma as atividades legislativas na próxima segunda-feira (03), após o fim do recesso parlamentar. Conforme o Regimento Interno será aberta a 2ª etapa do 4º período da 18ª Legislatura da Casa da Cidadania, com a realização de sessões ordinárias de segunda a quarta-feira, a partir das 08h30. As sessões são transmitidas ao vivo pela TV Câmara.


    Mofou


    O presidente Jair Bolsonaro declarou que realizou exames de sangue após sentir "um pouco de fraqueza" na quarta (29). Segundo Bolsonaro, os testes acharam "um pouco de infecção" e, por isso, ele teria passado a tomar antibióticos. Bolsonaro não detalhou o quadro e chegou a fazer piada, dizendo que estaria com "mofo" no pulmão.


    Criticou


    O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, criticou o papel do Ministério Público em meio à gestão de Jair Bolsonaro. Também o ex-juiz federal sugeriu que o presidente, eleito com o mote da luta contra a corrupção, tem enfraquecido o órgão. 



  • 31/07/2020


    31.07.2020 12h24m
    Recomendar

    Sobe - Setor de serviços por recuperar confiança perdida nos primeiros meses deste ano.


    Desce - Detentores de ônibus clandestinos apreendidos em Feira de Santana por colarem a vida das pessoas em risco.


    Canibalismo


    Com a impossibilidade de fazer visitas até para manter contato com lideranças, pré-candidatos a vereador com potencial financeiro estão em busca de outros candidatos, até do próprio partido para fazerem propostas para que os outros colegas desistam do seu sonho. Até dinheiro tem sido oferecido, isso é compra, a legislação não ampara. Quando o demônio chegar com essa tentação, apresente a cruz e o denuncie ao Ministério Público Eleitoral.


    Pesquisa


    A deputada Dayane Pimentel, que reclamou, com razão, que seu nome não estava sendo colocado em algumas pesquisas de opinião, já tinha se precavido. No início de março, o seu partido, PSL já tinha contratado duas pesquisas, pagando uma bagatela de R$ 21 mil. Ela já tem conhecimento do resultado da pesquisa, claro que as pesquisas agora servem apenas de orientação, porque mais de 40% dos eleitores não escolheram, ainda, seu candidato a prefeito e 65% não sabem em quem vai votar para vereador.


    Partido Novo


    O diretório municipal do Partido Novo, em Feira de Santana, informou, por nota, que repudia as condutas de trocas de cargos e apadrinhamento político do prefeito da cidade Colbert Martins (MDB) e do deputado estadual Pastor Tom. "O Partido Novo, baseado em seus princípios, acredita na gestão de excelência, na escolha técnica de quadros político para a maior eficiência na gestão pública. Por isso, todos postulantes se submetem a um rigoroso processo seletivo onde são analisados a idoneidade além de alinhamento político com os princípios do partido".


    Primeira dama


    A primeira-dama Michelle Bolsonaro está com coronavírus, informou ontem (30), a Secretaria Especial de Comunicação Social. Segundo a pasta, ela passa bem. "Ela apresenta bom estado de saúde e seguirá todos os protocolos estabelecidos. A primeira-dama está sendo acompanhada pela equipe médica da Presidência".


    Vem pra Rua


    O movimento de direita 'Vem pra Rua' pediu a saída de Jair Bolsonaro da Presidência da República, em vídeo publicado nas redes sociais. A reivindicação veio após críticas do procurador-geral da República, Augusto Aras, à Operação Lava Jato. O movimento acusou atual presidente de repetir as mesmas práticas do PT.


    Visto


    O Ministério das Relações Exteriores pediu que a Embaixada dos Estados Unidos concedesse um visto 'urgente' para que o então já ex-ministro da Educação entrasse no país. Para isso, o órgão usou dados de um documento diplomático ao qual Abraham Weintraub não teria mais acesso. O Itamaraty disse que se trata de um 'procedimento habitual' e Weintraub não se manifestou sobre o caso.


    Suspendeu


    O juiz federal Diego Paes Moreira suspendeu a ação em que o senador José Serra (PSDB-SP) e a filha dele, Verônica Serra, eram réus. A decisão ocorre após o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, ter determinado a suspensão das investigações da Lava Jato sobre o parlamentar. Serra e Verônica eram réus por lavagem de dinheiro.


    Democracia


    Pesquisa do site DataPoder360 indica que quase metade dos brasileiros (47%) considera que a democracia funciona "mais ou menos bem" no país, enquanto 14% avaliam que a democracia se desenvolve "muito bem". De acordo com o levantamento, o percentual dos que acham que o exercício democrático no Brasil vai "mal" é de 24%. Outros 6% consideram que vai "muito mal".



  • 30/07/2020


    30.07.2020 11h27m
    Recomendar

    Sobe - Administração de São Gonçalo por comemorar aniversário de emancipação com um bom volume de obras no município.

     

    Desce - A prefeitura de Feira e empresários de transportes, que ao suprimirem as ofertas de ônibus, expõem a população a COVID-19.

     

    Pesquisas

     

    Do fim da semana passada, até o início desta, três entrevistas, por telefone, foram realizadas para saber do humor do eleitorado feirense. E, as questões levantadas, por cada uma delas, leva-me a buscar o endereço de quem as contratou. Isso demonstra que há pouco mais de 100 dias das eleições, a situação é de um "bolo doido".

     

    Pesquisas I

     

    Numa delas, a pergunta é: "Em quem votaria para prefeito, no quesito estimulado" E nela constava apenas 3 nomes (Colbert, Zé Neto e Targino). A quem interessa uma pesquisa restrita dessa? Seguramente, as lideranças governistas do município para avaliar o potencial de Colbert e Targino, que tinha desaparecido do cenário recente. Ah sim, como cereja do bolo, perguntaram a avaliação do governo do município.

     

    Pesquisa II

     

    Uma outra, pedia a avaliação eleitoral de quatro candidatos (Colbert, Zé Neto, Carlos Geilson e Arimatéia). A quem interessaria saber o potencial de votos de Geilson e Arimatéia? Para mim, a base ligada ao governo do Estado, sem dúvidas, querendo avaliar se houvesse desistência dos dois últimos, o potencial de votos que poderia agregar as principais chapas antagônicas. Nessa aí, pedindo avaliação do governo do Estado e do Município.


    Pesquisa III

     

    A terceira pesquisa chegou a ser enigmática, e eu tive que me dirigi ao Egito para perguntar a esfinge, por que tantos radialistas, jornalistas e blogueiros foram perguntados nessa pesquisa? Mas, lembrei do Fantástico e preferi, para não correr risco de ser devorado, procurar o "detetive virtual", que me indicou, impossibilitado de detectar, que eu fosse aos porões do Doi-Codi. Nessa constava Zé Neto, Colbert, Targino, Geilson e Arimatéia. Fula da vida, Dayane Pimentel, reclamou no programa de Dilton Coutinho, por que não foi incluída nessas pesquisas? E está certa. Afinal, quem vai confiar em pesquisa capenga?

     

    Zangou

     

    Depois de procurar se aproximar mais ainda do governo de Colbert - no qual ainda faz parte com a detenção de cargos - Tom sentiu-se desprezado e, na semana passada, fez cobrança pública da falta de diálogo com o prefeito. No programa de Dilton Coutinho de ontem (29), Colbert tratou a situação manifestando que Tom tinha diversos cargos no governo e, por isso, já é prestigiado, e está sempre aberto ao diálogo. Tom virou "um tostão".

     

    A resposta

     

    Usando o site O protagonista, conduzido pelo jornalista Augusto Ferreira, como porta-voz, Tom respondeu a entrevista do prefeito "Quero informar, primeiro, que nunca tratei de política com ele (Colbert). Até tentei algumas vezes, mas não consegui. Entendo que nesse governo não há conversa com deputados". Afirmou também que a briga não é por cargos. "Não briguei por cargos em momento algum. A reivindicação é por diálogo. Se faz política é conversando". Deixou a entender que não vai ficar no costumeiro entra e sai.

     

    Assédio

     

    A Controladoria-Geral da União (CGU) registrou 54 denúncias de assédio sexual, em órgãos do governo federal, no primeiro semestre de 2020. A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época. De acordo com a publicação, os dados são do "Painel Resolveu?", mantido pela CGU para receber reclamações, denúncias e reclamações sobre assuntos diversos, como abusos, programas, atendimentos e serviços. 



  • 29/07/2020


    30.07.2020 11h21m
    Recomendar

    Sobe - Tecnologia brasileira que produz etanol a partir do bagaço da cana.

     

    Desce - Juiz de primeira instância que autorizou busca de documentos em gabinete da Câmara, que é papel do STF.

     

    O sinal

     

    O ex-deputado Carlos Geilson, que foi acometido de COVID-19, passou três dias e meio em uma UTI em Salvador e foi curado dentro dos 14 dias. Mas, ao participar do seu programa de rádio, contando o sacrifício que teve para voltar a viver exclamou que depois de está à beira da morte, e dado ao sentimento da informação, disse que recebeu tudo como um sinal de Deus para uma missão e decretou que continua no propósito de ser candidato a prefeito de Feira de Santana.


    Firme

     

    Em comentário no Acorda CIdade, avaliando que depois de Jairo Carneiro se aproximar do Governo do Município, Dilton Coutinho levantou uma possibilidade: "Só falta, agora, Geilson cair nos braços de Ronaldo". O ex-deputado e pré-candidato negou essa possibilidade, informando que continua "cada vez mais firme a nossa campanha para prefeito de Feira de Santana. Na próxima semana, anunciaremos o nosso arco de alianças", ressaltou.

     

    Pecado

     

    Um vereador, que também é pré-candidato, está tentando o apoio de um outro pré-candidato de grande porte do PSC. Parece que o objetivo, além de ter um apoio de porte, é contribuir que com a saída desse outro candidato que poderia ter 1.500 votos, o PSC deixe de fazer dois nomes na Câmara, para fazer só um. Só não digo o nome do adquirente porque o pessoal do PSC se diz cristão, mas já avisou que não dá a outra face. Pecado.

     

    Ataque

     

    O deputado federal Zé Neto levanta a bandeira de que o momento não é de intrigas eleitorais, mas tem um ditado que diz: "quando um não quer, dois não brigam". O petista vem sendo alvo de fake news de um grupo político da oposição, nas últimas semanas, e agora decidiu que é hora de acionar a equipe jurídica para "jogar pesado". "Não vão degradar minha imagem. Ainda sou advogado, meu nome é limpo, não temo a justiça", afirmou. Vamos esperar os próximos capítulos. 

     

    Sem críticas

     

    Embora pronto para defender seu nome, Zé Neto não criticou as últimas ações do prefeito Colbert Martins (MDB), que dentre pré-candidatos a prefeitura de Feira vem sendo um ato comum. O deputado federal explicou que o que está em jogo não é a abertura do comércio, mas sim a falta de um planejamento que ouça empresários e trabalhadores que sofrem com as decisões do executivo feirense. Ele ressaltou ainda a falta de um centro de pronto atendimento na cidade, que garante maior segurança para os munícipes.

     

    Blocão

     

    O MDB e o Democratas anunciaram na segunda-feira (27), que devem sair do "blocão", grupo de 221 parlamentares comandado por Arthur Lira (PP-AL). O progressista é também o principal articulador do centrão, grupo que apoia o governo de Jair Bolsonaro, na Câmara dos Deputados.

     

    Explicações

     

    O procurador regional dos Direitos do Cidadão Enrico Rodrigues de Freitas pediu à Secretaria de Operações Integradas, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que em até dez dias, preste informações sobre a ação do órgão de investigar e produzir relatórios sigilosos a respeito de opositores políticos do presidente Jair Bolsonaro _entre eles um dossiê contra 579 servidores federais e estaduais da área de segurança e professores identificados como integrantes do 'movimento antifascismo'.


    Distribuição

     

    Partidos políticos poderão distribuir recursos a candidatos por meio de aplicativos nas eleições municipais, segundo a coluna de Guilherme Amado, da revista Época. De acordo com a publicação, o serviço digital registrará a partilha de doações, verbas dos fundos partidário e eleitoral, além da cota de 30% para candidaturas femininas. O produto custa de 12 a 25 reais por cada candidato. 



  • 28/07/2020


    28.07.2020 22h11m
    Recomendar

    Sobe - Feira de Santana por ter taxa de letalidade por covid-19 inferior as da Bahia, do Nordeste e do Brasil.

     

    Desce - Caminhoneiro de 28 anos, que transportava quase 6 toneladas de maconha, apreendida pela PRF em Feira de Santana.

     

    Miau

     

    Depois da indicação de Jairinho Carneiro por Iure do PSDB, e o ato contínuo do terceiro retorno do que nunca foi (Pablo Roberto), Tom, se insubordinou. Desde quarta-feira da semana passada, no programa de Juarez Fernandes e em sites da cidade, o deputado estadual Tom (sem partido) "estrebuchou", reclamando que a periferia não estava tendo espaço, e sugerindo que ele gostaria desse espaço para indicação sua. Por conta disso, ele ameaçou buscar outro rumo, e depois foi se queixar com o líder José Ronaldo (DEM), informando que sairia do barco governista. Continua esperando ser chamado.

     

    Voz do povo

     

    O prefeito Colbert Martins (MDB) espera a declaração pública de José Ronaldo (DEM) apoiando sua pré-candidatura. E precisa? A essa altura, Ronaldo não tem mais saída, inventar um nome novo que tanto foi procurado, e não encontrou e não é agora que vai encontrar. Para Ronaldo, é Colbert na cabeça.

     

    Bíblia

     

    Colbert deve seguir o ditado popular: "faz por ti, que te ajudarei". O dito foi elaborado com referência em uma passagem da Bíblia, quando ao aparecer para Josué, no período de transmissão de comando para a conquista da terra santa, foi dito: "Assim como estive com Moisés, estarei com você. Não o desampararei nem o abandonarei. Seja corajoso e forte, pois você que fará este povo herdar a terra que darei a eles".

     

    Ter cuidado

     

    No caso das duas notas acima, é ter cuidado para que esta alusão a um ditado popular e parte do texto bíblico em Josué, não deixe que a oposição entenda que está se querendo colocar Ronaldo, no lugar de Deus, e que não seja proferida a frase em que se impute a um pensamento de Ronaldo a ser utilizado na campanha, pois vão dizer que partiu do ex-prefeito (faz por tí, que te ajudarei, como ajudei Tarcízio a se eleger. Assim com você, farei).


    Encalhou

     

    Técnicos de um comitê de emergência que presta assessoria ao Ministério da Saúde alertaram que o governo pode ficar com estoques gigantescos de cloroquina encalhados. Em julho, o governo federal tinha uma reserva de 4.019.500 comprimidos do medicamento. Como o Pazuello vai desovar os comprimidos? 1) só recebe auxílio emergencial se levar 4 caixas de cloroquina. 2) só entra em shopping portando 10 caixas de cloroquina. 3) militar só entra pra reserva com 500 caixas. Fica a dúvida.

     

    Denúncia

     

    No domingo, 26, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi denunciado por crimes contra a humanidade e genocídio no tribunal em Haia (Holanda). O protocolo foi por uma coalizão de trabalhadores da saúde e entidades internacionais. Outra denúncia contra Bolsonaro já foi realizada no mesmo tribunal, mas envolvendo risco de genocídio devido a situação dos indígenas. A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) protocolou uma representação contra o presidente no Tribunal Penal Internacional por conta de suas ações em meio à pandemia.

     

    Delação

     

    De acordo com a coluna Satélite, do Correio, o advogado Vasco Rusciolelli Azevedo, filho da desembargadora Sandra Inês Moraes Rusciolelli, que está presa, citou 12 desembargadores baianos em sua delação premiada que estariam envolvidos no esquema de grilagem e venda de sentenças do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Vasco ainda teria apresentado à Procuradoria-Geral da República (PGR) a microfilmagem de um cheque depositado na conta de um dos desembargadores citados por ele.

     

    Culpou

     

    Jair Bolsonaro voltou a culpar as medidas de isolamento social adotadas por estados e municípios pela alta do desemprego. "Volto a trabalhar hoje [ontem]. Muitos problemas para resolver que outros fizeram e colocaram no meu colo", afirmou Bolsonaro ontem (27), após testar negativo para Covid-19 e retornar ao trabalho. "Acabaram com o emprego no Brasil e a gente agora vai ter que trabalhar para recuperar", completou. 



  • 25/07/2020


    25.07.2020 22h32m
    Recomendar

    Sobe - Procon por realizar operação em agências bancárias para garantir medidas de segurança contra a covid-19.

     

    Desce - Flu de Feira por perder partida para o Jacuipense e, por isso, foi eliminado do Baianão 2020.

     

    Certezas

     

    Mesmo com a política em segundo plano, por enquanto, Colbert Martins (MDB) está tendo reuniões com o ex-prefeito José Ronaldo (DEM) e com seu grupo político. Isto foi o que o prefeito explicou em live com o site Bahia.Ba, realizada na última segunda-feira. Quanto ao apoio do ex-gestor, Colbert está seguro e afirmou que só falta é publicizar. Para quem achava que Colbert estava inseguro pode "tirar o cavalinho da chuva", como se dizia antigamente.

     

    Aí tem!


    Em entrevista ao Bahia Meio Dia, o secretário Fábio Vilas-Boas se queixou dos prefeitos do interior do Estado que flexibilizaram a abertura do comércio, afirmando que neste momento, o interior está sofrendo com a COVID-19. Cidades citadas por Vilas-Boas foram Vitória da Conquista, Feira de Santana e Barreiras, municípios governados justamente pelo MDB e DEM. Já Itabuna, com 4.476 casos confirmados até quinta-feira (23), e comércio reaberto, não despertou o lado crítico do secretário. Vale lembrar que a cidade é governada pelo PTC e mais ainda, que o prefeito Fernando Gomes disse "morra quem morrer, vou abrir". Nada foi dito.

     

    A EMA


    O remédio não fez efeito, mas o presidente não desistiu dele. De bobeira no Palácio da Alvorada, Bolsonaro foi flagrado tentando convencer uma ema (isso, o animal mesmo) a tomar cloroquina. Mostrar uma caixinha de remédio para uma ema não é suficiente para tornar alguém incapaz psiquiatricamente de governar um país? Fica a dúvida. A propósito, a ave o ignorou e seguiu seu passeio. Ficou claro que Ema não gosta do presidente, a Ema anterior que ele procurou fazer interlocução bicou sua mão.



    Camelôs

     

    Após definição da data-limite para saída de camelôs e ambulantes do centro de Feira, o vereador Luiz da Feira (PROS) procurado pela reportagem do Jornal Folha do Estado, intercedeu pela classe "Não vejo o momento apropriado para essa mudança, existem muitas coisas a serem resolvidas, preço, carência. Nossa economia passa por um momento delicado por conta da pandemia. Muita gente fechando seus pontos e ficando sem renda. 90% dos camelôs não tem possibilidade de fazer essa mudança agora por não terem como pagar o preço que eles pedem. E além disso levar os camelôs agora seria colocar a saúde deles em risco, por conta do vírus", disse.

     

    Moeda eleitoral

     

    O governador Rui Costa (PT) voltou a criticar a distribuição de cloroquina e outros remédios por políticos no interior e classificou a atitude como 'moeda eleitoral'. Os medicamentos não possuem nenhuma comprovação científica da eficácia na prevenção ou tratamento da doença provocada pelo novo coronavírus.

     

    Moeda eleitoral II

     

    O petista ainda revelou que tem conversado com prefeitos alertando para os riscos que isso pode trazer à saúde dos pacientes, fazendo com que os gestores públicos respondam pelos problemas. "Vejo isso com muita tristeza porque a saúde do ser humano está sendo tratada como política, como ideologia, quando deveria ser tratada como ciência", afirmou Rui.

     

    Suspensas

     

    O Twitter suspendeu contas de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro na rede social. Entre as contas suspensas, estão a da militante Sara Winter, a do ex-deputado federal e presidente do PTB, Roberto Jefferson, a do empresário Luciano Hang e as dos blogueiros Allan dos Santos, do site Terça Livre, e Bernardo Kuster, do site Brasil Sem Medo. Na rede, apoiadores do presidente reclamam da ação, muitos deles, vivem pedindo a volta do Ai-5… não é agora o momento de calar e gozar da censura?

     

    No sigilo

     

    O Ministério da Justiça colocou em prática uma ação sigilosa sobre um grupo de 579 servidores federais e estaduais de segurança identificados como integrantes do "movimento antifascismo" e três professores universitários, um dos quais ex-secretário nacional de direitos humanos e atual relator da ONU sobre direitos humanos na Síria, todos críticos do governo de Jair Bolsonaro. A atividade contra os antifascistas, é realizada por uma unidade do ministério pouco conhecida, a Seopi (Secretaria de Operações Integradas). Uma secretaria atuando como polícia política. 



  • 24/07/2020


    24.07.2020 12h36m
    Recomendar

    Sobe - Feira de Santana por apresentar o menor índice de letalidade pela covid 19 na Bahia, com uma taxa de 1,88%.


    Desce - Bahia por ainda manter 42,2% da população sem rede de esgoto.


    Lives

     

    Em ano de campanha, os vereadores que irão concorrer ao pleito estão tendo que se reinventar para chamar atenção do eleitorado. Sucesso entre os cantores, as lives também chegaram para os políticos e claro, a disputa pelos melhores convidados. Na bancada governista, o ex-prefeito José Ronaldo (DEM) tem sido bastante cotado pelos vereadores de mandato, o deputado e pré-candidato a prefeito Zé Neto (PT) faz as próprias lives semanalmente com a chapa.


    Lives II


    O que chama atenção mesmo, é que enquanto os holofotes estavam voltados para José Ronaldo, o prefeito Colbert Martins ainda não participou de nenhuma. Até agora. De uma vez, só Lulinha (DEM) e Marcos Lima (DEM) marcaram lives com Colbert Martins, no mesmo dia, com apenas 1h30 de diferença. Quem será que marcou primeiro? Quem terá a maior audiência?


    Cutucadas


    Desde a inauguração do Clériston Andrade II, o deputado Zé Neto (PT) tem cutucado os políticos que chamaram a unidade de “puxadinho” durante sua construção. Em seu Instagram, o deputado petista publica memes insinuando que quem acusou o HGCA2, agora está “boquiaberto” com a estrutura. Será que alguém já vestiu a carapuça?


    Voltou


    Com a volta de Pablo Roberto (DEM) para a Secretaria de Desenvolvimento Social, quem assume a cadeira na Câmara de Vereadores é Josafá Ramos (Patriota). Este tomou posse na manhã de ontem (23), e iniciará os trabalhos na Casa da Cidadania, assim que o recesso terminar.


    Patrono


    O governador Rui Costa sancionou ontem (23), o projeto de lei que transforma Anísio Teixeira o patrono da educação baiana. A homenagem faz parte de uma série de comemorações pela passagem dos 120 anos do educador baiano. O projeto foi aprovado na última semana por unanimidade dos deputados da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).


    Antecipação


    De acordo com o presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia, a pressão para criar um novo tributo e flexibilizar o teto de gastos para financiar um novo programa de transferência de renda do atual governo Bolsonaro é um sinal claro da antecipação do debate da eleição presidencial de 2022.


    Investigação


    O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou para a Procuradoria-Geral da República (PGR) notícia-crime contra Jair Bolsonaro e seus filhos, Flávio Bolsonaro, senador pelo Republicanos, e Eduardo Bolsonaro, deputado pelo PSL. A ação foi apresentada pela deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), após o Facebook tirar do ar páginas e contas vinculadas a políticos do PSL e a pessoas próximas ao presidente da República.


    FUNDEB


    O senador Flávio Arns (Rede-PR) afirmou que vai apresentar o relatório da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) de renovação do Fundeb até hoje (24). Segundo ele, o texto votado pelo Senado será o mesmo aprovado pelos deputados. A expectativa é que a apreciação da proposta ocorra até a primeira semana de agosto.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia